Como funciona o PIX Saque que estará disponível em novembro

Por meio do PIX Saque, o usuário consegue sacar dinheiro em qualquer estabelecimento comercial. A outra modalidade, o PIX Troco, também permite o saque, desde que a ação esteja atrelada à prestação de dado serviço ou a uma compra.

O Banco Central informou que todos os indivíduos que possuem conta em alguma instituição associada ao PIX estarão aptos a utilizar os novos serviços disponíveis.

Publicidade

Publicidade

Ao total, mensalmente serão oito operações gratuitas às pessoas físicas, nas quais, os saques tradicionais também estão inclusos.

Como vão funcionar as novas modalidades de PIX

Pessoa segurando aparelho celular com sistema PIX aberto
PIX Saque e PIX Troco ficarão disponíveis em novembro (imagem: reprodução/site Canaltech)

Quanto às transações, as duas novas modalidades de PIX (Saque e o Troco) possuirão limite máximo de R$ 500 ao longo do dia; à noite (das 20 horas às 6 horas), R$ 100.

Contudo, nada impedirá que os comerciantes trabalhem com limites inferiores a esses valores.

Publicidade

Publicidade

Reunimos abaixo como vai funcionar cada um dos recursos PIX.

PIX Saque

  1. O cliente se dirige a um estabelecimento comercial ou demais instituições que tornem possível o PIX Saque.
  2. O usuário faz um PIX após efetuar leitura de um QR Code que lhe foi mostrado, bem como por meio do aplicativo que o prestador de serviços dispuser.
  3. Assim que o pagamento é confirmado, o usuário receberá a quantia transferida.

PIX Troco

A dinâmica no PIX Troco é similar ao PIX Saque. O que diferencia deste é que o cliente tem a possibilidade de sacar dinheiro em espécie enquanto está efetuando o pagamento da compra de um item em um centro comercial. Desse modo, o PIX é realizado pelo valor total: “compra + saque”.

Quando utilizar essa modalidade, o cliente verá no extrato a quantia correspondente ao saque e também ao valor da compra.

Exemplo de transação financeira: caso você compre um produto no valor de R$ 250, ao fazer um PIX de R$ 400, vai receber R$ 150 em dinheiro.

Locais que possibilitam PIX Saque

  • Instituições financeiras que possuem rede própria de ATM — Automatic Teller Machine;
  • Estabelecimentos comerciais;
  • Caixas eletrônicos do Banco24Horas;
  • Entidades associadas à rede independente de ATM.

Demais agentes de saque e estabelecimentos comerciais terão a opção de definir se desejam somente operar com a modalidade PIX Saque, apenas PIX Troco ou ofertar os dois serviços.

Como cadastrar o meu estabelecimento para oferecer PIX Saque

Os lojistas deverão procurar a instituição financeira que os atende e solicitar para aderir às modalidades PIX. De acordo com o Banco Central, basta fazer um ajuste contratual para que o PIX Saque e o PIX Troco sejam oferecidos.

Publicidade

Publicidade

É previsto que o comércio tenha algum gasto relativo à implementação, pois, vai ser preciso treinar os atendentes e adaptação dos sistemas.

Porém, em compensação, e a depender do que foi acordado com a instituição financeira que possui conta, o estabelecimento em questão receberá uma tarifa de R$ 0,25 a R$ 0,95 por cada transação.

Principais dúvidas sobre o PIX Saque

Selecionamos a seguir as principais dúvidas acerca do PIX Saque.

Quando vai estar disponível?

Estima-se que a partir do dia 29 de novembro vai ser possível utilizar a modalidade PIX Saque.

O serviço será gratuito?

Publicidade

As pessoas físicas, bem como as jurídicas, incluindo os Microempreendedores Individuais (MEIs), terão direito a oito saques mensais gratuitos.

Publicidade

Após a oitava transação, a instituição financeira poderá cobrar uma taxa do cliente contanto que a taxa do saque via PIX não ultrapasse a quantia cobrada pelo banco em saques convencionais.

Qual a finalidade do Banco Central (BC) com essa medida?

A intenção do BC é fazer com que o número de pontos de saque no país sofra um aumento, além de facilitar o acesso a essa categoria de serviço à população.

Com isso, vale mencionar que os municípios pequenos serão beneficiados, visto que tais cidades não contam com caixas eletrônicos ou agências bancárias.

Publicidade

Publicidade

Além disso, conforme o Banco Central, ocorrerá diminuição dos custos de gerenciamento numerário para comércios e custos de segurança a esses estabelecimentos.

Fontes: G1, Giro Marília

Paulo Victor Silva
Estudante do curso de Jornalismo pela UFES. Dono de uma mente inquieta e curiosa. Além disso, é amante de leitura e apaixonado por música.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário