Pix terá limite de R$ 1 mil em transferências das 20h às 6h: confira novas regras

O Banco Central (BC) anunciou nesta sexta-feira, 27 de agosto, que o Pix terá limite de transferências de R$ 1 mil para transações feitas das 20h às 6h. A medida é resposta da revindicação de bancos devido o aumento de golpes e fraudes noturnas.

A nova regra não vai servir somente ao Pix, como também a outras transferências noturnas, como TED, compras no débito e cartão de crédito.

Publicidade

Publicidade

Outra mudança é de que haverá um prazo mínimo de 24 horas e de no máximo 48 horas para efetivação do pedido do usuário que fizer uma transferência de TED, DOC, Pix ou compra de débito.

Confira a seguir todas as mudanças aprovadas:

Limite de transações PIX
Limite de transações PIX será de R$ 1 mil para transações entre 20h e 6h | Imagem: Canva

Qual será o limite do Pix?

O limite definido pelo BC é de R$ 1 mil para transferências feitas à noite, das 20h as 6h. Entretanto, também determinou que os limites transacionais poderão ser determinados pelos próprios bancos.

Publicidade

Publicidade

Ou seja, dependendo de que banco você usa poderá ter limites diferentes para noite ou para o dia.

Limite poderá ser maior para contatos cadastrados

Outra mudança é que será determinado que instituições permitam que os usuários cadastrem contas e contatos que podem transferir Pix acima do valor estabelecido.

Assim, não perdem a liberdade de movimentar conta para pessoas de confiança, mas aumenta a segurança de operações suspeitas.

Os meios de pagamentos digitais sob a supervisão do Banco Central são seguros e trazem grandes benefícios para a população. O aumento de seu uso ao longo dos anos, e especialmente durante a pandemia da covid-19, demonstra o valor dos meios de pagamentos digitais” – afirmou o Banco Central por meio de nota.

Prazo de 24 horas entre transferências

O prazo mínimo será de 25 a 48 horas para a efetivação dos pedidos. O prazo poderá ser acompanhado pelo internet banking ou aplicativo da instituição financeira.

Quando vai começar?

As medidas ainda não entraram em vigor e ainda não foi divulgado quando vai começar a valer. As instituições bancárias precisam primeiro se preparar para as novas regras para então implementá-las. A expectativa é que a partir de setembro já possam ser instauradas.

Pix podem ser retidos para análise

Usuários poderão agendar Pix por 30 a 60 minutos durante a noite para que sejam retidos para análise e possam ter tempo para confirmar a operação.

Obriga marcação no DICT

Publicidade

Publicidade

Obriga aos usuários fazer uso do Diretório de Identificadores de Contas Transacionais que identifica contas com indícios de fraudes em uso do Pix.

Além disso, os usuários também poderão consultar a lista do DICT para conferir se a conta que querem transferir estão listadas como contas suspeitas.

Todo caso em que houver transações suspeitas será necessário reportar as autoridades por meio do aplicativo do banco.

Histórico de crédito será armazenado

O histórico comportamental de crédito será solicitado pelas empresas para antecipação de recebíveis com pagamento no mesmo dia, para evitar fraude no Pix agendado entre outras tentativas de golpe.

Publicidade

Confira também:

Publicidade

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário