IR 2021: Você ainda tem um mês para entregar sua declaração do Imposto de Renda!

A declaração do Imposto de Renda é um dos momentos que mais causam confusão entre os contribuintes, principalmente sobre seu prazo, como o processo deve ser feito, quais são os cuidados necessários e uma série de possibilidades.

Veja abaixo mais informações sobre o prazo de entrega do documento, como funciona esse procedimento, quais são os cuidados necessários e tudo que você precisa saber para não se atrapalhar durante essa ação.

Continue lendo e fique por dentro.

IR 2021: um mês para entrega – entenda!

imposto de renda 2021

O prazo para fazer a entrega da declaração do IR 2021, normalmente teria acabado no dia de hoje (30), porém, a Receita Federal acabou prorrogando até o dia 31 de maio devido às consequências da pandemia do covid-19.

Essa prorrogação é uma possibilidade, porém, o projeto de lei do qual faz a alteração do prazo de entrega até o dia 31 de julho, ainda está dependendo da aprovação da Câmara dos Deputados, além da sanção realizada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Em prática, no momento, está sendo válido o prazo de 31 de maio, por isso, há apenas o tempo de um mês para preenchimento de todos os documentos, por isso, tome cuidado para não perder o dia final!

Aqueles que perderem essa data de entrega, terão que realizar o pagamento de 1% de multa diante do imposto devido ao mês, com o valor inicial de R$165,74, chegando ao máximo de 20% do imposto devido.

Antes de começar a preencher o Imposto de Renda de 2021, é primeiro necessário que você entenda se possui essa obrigação de fazer a devida declaração.

É interessante destacar que existem versões do programa tanto para serem usadas no computador, como no celular.

Pagamento da primeira parcela

O prazo para conseguir colocar o pagamento da primeira parcela do débito automático acaba no dia 10/5, então, se você tem o imposto para realizar o pagamento e tem a intenção de inserir como cota única ou em parcelas de débito automático, é necessário enviar essa declaração até o dia 10 de maio, dessa forma, terá tempo hábil para que seu banco faça toda a aprovação do débito da primeira parcela dessa conta.

Aqueles que fizerem a entrega dessa declaração por entre os dias 11 e 31 de maio, e queiram escolher entre a opção do débito automático, é necessário fazer o pagamento da primeira parcela, ou, na condição de parcela única diretamente no caixa ou no site do banco por meio da DARF – que é o documento de arrecadação fiscal – , emitido diretamente pelo programa dessa declaração.

Dessa forma, esse débito automático só poderá ser feito a partir da segunda parcela. Essa é uma opção interessante para quem não quer perder o prazo e nem ter que lidar com demais problemas posteriores com a lei.

Tempo limite de pagamento da primeira parcela

A primeira parcela possui o prazo de pagamento até o dia 31 de maio, sendo que é a mesma data da entrega da declaração, no dia 31 de maio.

Caso você tenha impostos a pagar e não tenha feito a entrega da declaração dentro do final da data, estará sujeito a levar duas multas: uma pelo atraso na entrega, e, outra pelo atraso no pagamento desse imposto.

Restituição tem início no fim de maio

O contribuinte do qual possui direito à restituição, precisa ficar atento também no calendário de pagamentos. O primeiro lote possui previsão para o dia 31 de maio, enquanto os demais lotes, tem data de pagamento nos dias 30 de junho, 30 de julho, 31 de agosto e também 30 de setembro.

A Receita não realiza a divulgação de maneira prévia sobre quando será feito o pagamento da restituição, dessa forma, você precisa fazer a consulta direto no site da Receita alguns dias antes do pagamento de cada lote respectivo.

A restituição está dentro de uma fila de entrega, então, o contribuinte do qual realiza a entrega o quanto antes, acabará recebendo primeiro.

Vale destacar que idosos, pessoas com deficiência e professores possuem preferência no recebimento em relação aos demais contribuintes.

É sempre importante que você fique ligado dentro das obrigações do contribuinte brasileiro e como funciona o processo de declaração do imposto de renda, do contrário, terá muitos problemas com a lei.

Continue sempre acompanhando nosso site para receber esta e demais informações importantes sobre Imposto de Renda, contribuinte e muito mais.

Avatar
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário