Preço da cesta básica aumentou em 15 das 17 capitais | Ranking de julho

O preço da cesta básica está mais caro em 15 das 17 capitais brasileiras, segundo a análise mensal do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) referente a julho de 2021.

As maiores altas de preços em relação ao mês de junho foram registradas em Fortaleza (+3,92%), Campo Grande (+3,89%) e Aracaju (+3,71%).

Publicidade

Publicidade

 As únicas capitais com diminuições de preços foram João Pessoa (-0,79%) e Brasília (-0,45%).

Se comparado com o mesmo período de 2020, o kit de alimentos básicos está com uma alta acumulada de 11,81% (Recife) a  29,42% (Brasília).

Ranking de preços da Cesta Básica em julho de 2021

Ranking de preços da cesta básica nas capitais do Brasil Julho-Agosto 2021
Ranking de preços da cesta básica por região do brasil em Julho 2021 | Imagem: No Detalhe
  1. Porto Alegre – R$ 656,92 (+2,27%)
  2. Florianópolis – R$ 654,43 (+1,40%)
  3. São Paulo – R$ 640,51 (+2,19%)
  4. Rio de Janeiro – R$ 621,34 (+0,34%)
  5. Curitiba – R$ 619,83 (+0,20%)
  6. Vitória – R$ 612,45 (+0,19%)
  7. Campo Grande – R$ 588,84 (+3,89%)
  8. Brasília – R$ 582,35 (-0,45%)
  9. Fortaleza – R$ 562,82 (+3,92%)
  10. Goiânia – R$ 562,13 (+1,93%)
  11. Belo Horizonte – R$ 549,49 (+3,29%)
  12. Belém – R$ 522,66 (+0,80%)
  13. Natal – R$ 506,51 (+1,26%)
  14. João Pessoa – R$492,30 (-0,70%)
  15. Aracaju – R$ 488,41 (+3,71%)
  16. Recife – R$ 487,60 (+0,76)
  17. Salvador – R$ 482,56 (+3,27%)

Confira as estimativas de meses passados:

Publicidade

Publicidade

Salário mínimo em comparação ao custo com alimentos

Considerando a cesta básica mais cara de junho, no valor de R$ 656,92 em Porto Alegre, o Dieese estima que o salário mínimo deveria ser de R$ 5.518,79 para garantir as necessidades básicas de uma família composta por dois adultos e duas crianças.

O valor estimado é 5,02 vezes maior do que o salário mínimo de 2021, de R$ 1.100,00.

Em julho de 2021, o cidadão brasileiro precisou trabalhar 113 horas ganhando um salário mínimo para conseguir comprar todos os itens da cesta básica, 19 minutos a mais do que em junho.

Para um aposentado ou pensionista do INSS que recebe um salário mínimo os itens básicos de alimentação compromete 55,68% dos custos mensais para sobreviver.

Conforme demonstra a pesquisa, o dinheiro está valendo cada vez menos para os brasileiros. Afinal, em junho, o valor ideal para o salário mínimo foi estimado em R$ 5.421,84, ou 4,93 vezes maior do que o atual. De um mês para o outro, a proporção aumentou em quase 1%.

Entretanto, a cesta básica garantida por lei não inclui produtos fundamentais que também fazem parte da compra do mês dos brasileiros, como itens de higiene pessoal e produtos de limpeza.

Publicidade

Publicidade

A Associação Brasileira de Supermercados (Abrasmercado) faz a mesma análise mensal considerando 35 produtos em 600 estabelecimentos de todo o país. Na última média divulgada em maio o kit estava saindo por R$ 653,42.

O gráfico da Abrasmercado também demonstra o impacto do aumento de preços em itens do supermercado ao longo do ano:

VARIAÇÃO DE PREÇO DA CESTA BÁSICA EM SUPERMERCADOS 
Janeiro/2021 636,40 0,22%
Fevereiro/2021 633,38 -0,47%
Março/2021 637,82 0,70%
Abril/2021 643,67 0,92%
Maio/2021 653,42 1,52%

Considerando os aumentos extras dos produtos desde então, pode-se dizer que o comprometimento salarial é de R$ 60 a R$ 70 do salário mínimo, dependendo da região.

A situação econômica ao longo da pandemia levou o Brasil de volta ao Mapa da Fome, da ONU,  de onde saiu em 2010 com a criação do Bolsa Família. 

Publicidade

Confira também:

Publicidade

Variação do preço dos alimentos em julho

Confira a seguir quais as principais variações nos preços de alimentos que fazem parte da cesta básica:

⬆️ Aumentou de preço

  • 🍅 Tomate: uma das maiores altas de preços do período. A elevação foi de 31,63% a 39,95% dependendo da região. O aumento de preços foi ocasionado pelo clima frio, que diminuiu a produção do fruto no campo;
  •  ☕Café em pó: preço subiu em 15 capitais com uma variação de 8,15% a 10,98%. O valor foi afetado pelas geadas que resultou na baixa produção de grãos
  •  🍚 Açúcar: elevação de preço foi de 1,59% a 8,12% entre as capitais. A variação se deu pela oferta reduzida do açúcar, clima seco e a elevação do preço do petróleo que dificultaram a produção dos canaviais;
  • 🥛 Leite integral: o litro do leite teve variação de 3,20% a 5,60% dependendo da região. A alta se deu pela demanda enfraquecida e o alto custo de produção. O mesmo vale para os produtos derivados de leite, como queijos e iogurtes;

⬇️ Diminuiu de preço

  • 🥔 Batata: a redução de preço foi constatada em 10 das capitais, com uma diminuição média de -9,04% a -23,61%. A baixa se deu pelo aumento da produção de batatas e melhoria nas colheitas;
  • 🍙Arroz: o quilo ficou mais barato em 14 capitais, com uma variação de -4,20% a -5,41%. A diminuição foi ocasionada pela maior demanda das indústrias e o crescimento na exportação de grãos durante o mês de julho.

Conteúdos relacionados:

O que tem na cesta básica?

Em 2021 os itens que compõem a cesta básica são:

  • 🍙 Arroz – 3 kg
  • 🧆 Feijão – 4,5 kg
  • 🌾Farinha de trigo – 1,5 kg
  • ☕ Café – 600g
  • 🛢️ Óleo – 900 ml
  • 🧈 Manteiga – 750 g
  • 🍚 Açúcar – 3kg
  • 🍞 Pão – 6kg
  • 🥔 Batata – 6kg
  • 🍅 Tomate – 9kg
  • 🍌Banana – 7 dúzias e meia
  • 🥩 Carne bovina – 6,6 kg
  • 🧼 Álcool em gel – novo item foi aprovado em junho de 2021 
Publicidade

Publicidade

Entretanto, vale lembrar que os itens que compõem a cesta básica podem variar conforme o fornecedor.

Confira mais informações sobre renda e poder de consumo no Brasil:

Fonte: Dieese, Abrasmercado

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário