Profissional demitido pode sacar saldo total do FGTS

Muitos brasileiros foram demitidos de seus empregos devido à pandemia de Covid-19. Se este é seu caso, saiba que você pode ter direito ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Mais de 804 pessoas, conforme informação do  Ministério da Economia, ficaram desempregadas e precisaram recorrer ao seguro-desemprego. Este número se refere entre o mês de março e a primeira quinzena de abril.

Publicidade

Publicidade

No entanto, é preciso se preparar para as coisas piorarem, já que muitos desempregados ainda não pediram o auxílio por conta das medidas de isolamento. Com isso, segundo estimativa do governo, a fila de espera pode chegar a 200 mil pessoas.

FGTS pode ajudar mais de 804 trabalhadores demitidos devido à pandemia
FGTS pode ajudar mais de 804 trabalhadores demitidos devido à pandemia

FGTS: demissão sem justa causa dá direito ao saque

Vale lembrar que o profissional demitido tem direito ao saque do saldo total do FGTS, desde que ele não  tenha recebido demissão por justa causa.

O valor liberado para demissão sem justa causa é referente ao contrato de trabalho rescindindo e não de todas as contas ativas e inativas do fundo, conforme explica a Caixa Econômica Federal.

Publicidade

Publicidade

Se o trabalhador for demitido por justa causa, vale lembrar que ele não tem direito ao saque da conta e nem a multa de 40%

Saque FGTS: conheça as regras

Saque-rescisão X saque-aniversário

O trabalhador demitido sem justa causa também só poderá sacar o total da conta do fundo que estava recebendo depósitos do empregador, caso esteja sob a sistemática do saque rescisão.

Se ele aderiu ao saque-aniversário, ele não poderá sacar o valor referente a este conta, apenas a multa de 40%.

Saiba que a multa de 40% é calculada sobre todos os depósitos feitos por aquele empregador ao trabalhador e não sobre o valor total que existe nas possíveis contas inativas e ativas do FGTS, segundo a Caixa Econômica Federal.

FGTS: como consultar o valor total?

O trabalhador pode consultar o valor do saldo do FGTS através do site da caixa ou do aplicativo do FGTS. Para isso, ele precisa saber o número do PIS/ Pasep ou o Número de Identificação do Trabalhador (NIT).

Publicidade

Publicidade

O número do NIS/ PIS pode ser encontrado:

  • No Cartão do Cidadão;
  • Nas anotações gerais da sua Carteira de Trabalho antiga;
  • Na página de identificação da nova Carteira de trabalho;
  • No extrato do seu FGTS impresso.

Para consultar o valor através do site da caixa e siga este passo a passo:

  1. Informe o número do seu NIS e clique em “cadastrar senha”;
  2. Leia o regulamento e clique em “aceito”;
  3. Preencha todos os campos com os seus dados pessoais. Aqui, você vai precisar do número do seu Título de Eleitor;
  4. Crie uma senha com até 8 dígitos e confirme;
  5. Você receberá uma notificação de cadastro realizado. Para acessar, preencha os campos e aperte em OK.

Já para acessar o saldo da conta pelo aplicativo do FGTS, o trabalhador precisa baixar o app. É importante saber que é preciso informar o número do PIS/ Pasep ou NIT e ter uma senha cadastrada.

No aplicativo, é preciso seguir esses passos:

  1. Na tela inicial, clique em Primeiro Acesso;
  2. Leia o contrato e clique em “Aceitar”;
  3. Informe o número do seu NIS e aperte em “Continuar”;
  4. Preencha o formulário e aperte em “Próximo”;
  5. Crie uma senha e aperte em “Cadastrar”.

Como sacar o valor do Fundo de Garantia?

Publicidade

O saque digital é um serviço que oferece mais conforto, agilidade, segurança e comodidade, já que o trabalhador não precisa sair de casa. Tudo pode ser resolvido pelo celular, computador ou tablet.

Publicidade

Para sacar o valor disponível no FGTS, basta acessar o aplicativo do FGTS para consultar os valores que já foram liberados e solicitar o saque indicando uma conta de sua titularidade. A conta pode ser de qualquer banco.

Toda a transação pode ser feita 100% digital, sem precisa ir a uma agência.

Jornalista com mais de 7 anos de experiência. Atuou como redatora em jornais impressos, sites especializados em moda e agências de comunicação em Mogi das Cruzes, São Paulo e Goiânia. Fez parte da equipe voluntários da ONG Trupe do Riso, cuidando das redes sociais da instituição. Além de colaboradora da WebGo Content, atua na Agência Conect, especializada em comunicação e marketing para profissionais da Saúde.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário