10 profissões que mais abrem e fecham vagas de emprego em 2021

Está procurando um emprego? Então, esse artigo vai te ajudar. 

Segundo levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, algumas profissões do setor de serviços e ocupações relacionadas a atividades operacionais e de início de carreira foram as que mais abriram novas vagas de trabalho com carteira assinada no país em 12 meses. 

Publicidade

Publicidade

Os dados foram obtidos por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Vale ressaltar que, das 10 ocupações que mais criaram postos de trabalho, 8 são do setor de serviços, mostrando cada vez mais a força do setor.

10 profissões que mais abrem e fecham vagas de emprego em 2021
10 profissões que mais abrem e fecham vagas de emprego em 2021

 

Publicidade

Publicidade

Profissões que mais abrem e fecham vagas de emprego 

Conforme o estudo, a lista com as profissões que mais abrem e fecham vagas contém atividades na área de alimentação, linha de produção, vendedor do comércio, faxineiro, auxiliar de escritório e servente de obras. 

Confira a lista completo, com seus respectivos saldos de vagas:

  • 1 – Alimentador de linha de produção – Saldo de empregos: 289.322; 
  • 2 – Vendedor de comercio varejista – Saldo de empregos: 201.302; 
  • 3 – Faxineiro – Saldo de empregos: 170.972; 
  • 4 – Auxiliar de escritório: Saldo de empregos: 154.283; 
  • 5 – Servente de Obras: Saldo de empregos: 147.627; 
  • 6 – Assistente administrativo: Saldo de empregos: 146.648; 
  • 7 – Motorista de caminhão: Saldo de empregos: 97.974 
  • 8 – Operador de caixa: Saldo de empregos: 95.066; 
  • 9 – Atendente de lojas e mercados: Saldo de empregos: 86.594; 
  • 10 – Técnico de Enfermagem: Saldo de empregos: 80.813.

A contagem levou em consideração as adições e desligamentos nos últimos 12 meses. O encerramento aconteceu no mês de julho.

Geração de emprego no Brasil 

Como contra-partida, segundo dados do Ministério da Economia, o Brasil gerou 316.580 empregos formais em julho, atingindo um saldo de 41,2 milhões de brasileiros empregados, contra 38,1 milhões em julho do ano passado. 

Entretanto, como sabemos que já temos mais de 14 milhões de brasileiros desempregados. Sobre isso, o autor do levantamento, Fabio Bentes, comenta que:

Por mais que a economia esteja crescendo alguma coisa, o mercado de trabalho não consegue empregar todas as pessoas que estão procurando emprego. Existem vagas sendo criadas, mas a geração não se tem dado no ritmo da procura, destaca o economista Fabio Bentes, autor do levantamento da CNC.

Ele também comenta que o setor de serviços é o que mais emprega no país, porém também foi o mais afetado pela pandemia de coronavírus. Por outro lado, o avanço da vacinação favorece o crescimento:

O setor de serviços está reabrindo e quando por qualquer motivo ele cresce, precisa contratar, porque é intensivo em mão de obra. Então estamos numa janela de geração de vagas pelo menos até o final do ano, destaca Bentes.

Profissões mais atingidas pela pandemia

Publicidade

Publicidade

Dentre as profissões que mais perderam vagas neste ano, estão: 

  • Motorista de ônibus
  • Cobrador
  • Escriturário de banco
  • Carteiro
  • Professor 

Enquanto isso, entre as profissões com maiores expectativas de crescimento, estão: empregado doméstico, auxiliar de logística, engenheiro de aplicativos, operador de segurança de informação, entre outros. 

As informações são do Portal G1.

Jornalista com mais de 8 anos de experiência. Trabalhou como redatora, repórter e produtora na emissora Nossa Rádio FM e produtora na Metropolitana AM, depois foi diretora-geral do conhecido podcast Mamilos, passou por algumas agências de São Paulo e Rio de Janeiro e agora, além de colaboradora da WebGo Content, é Copy Content na In House da divisão agrícola da Bayer e Host/Criadora do podcast "Me Empresta Seus Óculos".
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário