Programa Mais Social: Principais dúvidas sobre esse auxílio oferecido pelo Governo do MS

O governo do Mato Grosso do Sul (MS) acaba de anunciar a criação de um novo auxílio, voltado às famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade alimentar e nutricional, em razão da pobreza. Trata-se do programa Mais Social.  

Segundo o planejamento apresentado em conjunto com a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), a estimativa é de que pelo menos 100 mil famílias sejam beneficiadas. A princípio, o programa estará presente em 79 municípios. 

Publicidade

Publicidade

A inciativa é uma forma de amenizar as desigualdades socioeconômicas, que ficaram ainda mais evidentes desde a chegada da pandemia. No entanto, esse não é um programa temporário. Pelo contrário, além de não ter data para acabar, a ideia é que cada vez mais pessoas sejam contempladas 

Governador do MS apresentando o Programa Mais Social

Qual o valor? 

Assim como foi incialmente proposto, o programa vai pagar a importância de R$ 200 para cada família que se enquadrar nos requisitos. Em cada grupo familiar, somente uma pessoa poderá receber. Ou seja, não é permitido acumular auxílios. 

Você pode estar se perguntando se é possível ter acesso ao dinheiro pago pelo programa Mais Social, enquanto recebe o Bolsa Família. Saiba que nesse caso em específico não há problema algum, desde que a soma dos valores não ultrapasse o limite de renda estabelecido. 

Publicidade

Publicidade

Por onde será feito o pagamento?

Para que as quantias sejam repassadas de forma eficiente, o governo do Mato Grosso do Sul vai distribuir cartões magnéticos, que poderão ser utilizados em todos os estabelecimentos comercias, para aquisição de alimentos e produtos de higiene.  

Qualquer tentativa de comprar bebida alcoólica ou cigarro com este cartão será recusada no caixa. Além disso, o ato é considerado impróprio e pode levar à suspensão do benefício. 

Como participar?

O programa, que foi regulamentado no dia 16 de abril, está passando pelos ajustes finais. Isso inclui recolher o maior número de dados possíveis e, assim, identificar as famílias que devem receber o novo auxílio. Para isso, serão utilizados como referência os registros ativos no Cadastro Único.

Sendo assim, não é necessário tomar nenhuma providência para participar. Os agentes da Sedhast estarão responsáveis por entrar em contato com as famílias que se encaixarem no perfil de vulnerabilidade alimentar e nutricional, para que elas comecem a receber a quantia. 

Podem ter preferência na seleção para participar do programa, os grupos que apresentarem as seguintes características: 

  • Menor renda média do núcleo familiar,  
  • Chefe de família do sexo feminino  
  • Maior número de crianças na faixa etária de 0 a 6 anos, com acompanhamento pela Rede Pública de Saúde. 

Logo que as famílias forem selecionadas, o dinheiro será depositado nas respectivas contas. Com isso, a previsão é de que a estreia do programa aconteça no próximo mês. 

Onde acompanhar o andamento do programa?

Publicidade

Publicidade

Se quiser ficar por dentro das novidades que devem surgir nos próximos dias, em relação ao programa Mais Social, basta acompanhar as mídias sociais do Governo do Estado do Mato Grosso do Sul, que são o Instagram e o Facebook. Outra opção disponível é o site da Sedhast.

Você também pode se interessar: Bolsa Família: Quando você precisa atualizar as suas informações?

Ludmila Catharina
Uma jornalista de 23 anos, nascida e criada no quadradinho. Encantada por literatura e todas as formas de comunicação. Antes de atuar como redatora, participei dos programas de estágio do Ministério da Justiça, da Defensoria Pública do Distrito Federal e da Câmara dos Deputados. Atualmente, ocupo o papel de estudante, mais uma vez, fazendo especialização em Comunicação Organizacional e Estratégias Digitais no Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB).
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário