12 milhões não fizeram prova de vida do INSS e podem perder o benefício

Conhecido como um dos hábitos que as pessoas que recebem INSS precisam ter, o processo de prova de vida é feito de maneira contínua, provando para as pessoas que você realmente está apto e dentro do esperado para receber o benefício.

Você sabia que mais de 12 milhões de pessoas não fizeram a prova de vida do INSS? Mas, você sabe quais são os riscos para os indivíduos caso não executem essa ação?

Publicidade

Publicidade

Veja aqui quais são as consequências, os cuidados necessários, o que deve ser feito e tudo que precisa saber sobre o assunto.

12 milhões não fizeram prova de vida do INSS e podem perder o benefício

12 milhões não fizeram prova de vida do INSS e podem perder o benefício

Desde o começo de junho, o INSS – Instituto Nacional do Seguro Social – realizou a retomada da obrigatoriedade da prova de vida para aqueles que são aposentados e pensionistas do mesmo.

Até o dia 15 de junho, cerca de 23,6 milhões de pessoas tinham realizado esse procedimento, sendo que 12,1 milhões são somente do ano passado, enquanto 11,4 são desse ano.

Publicidade

Publicidade

Conforme dados repassados pelo instituto, dentro desses 36 milhões de segurados, ainda tem a totalidade de faltantes 12,3 milhões.

Aqueles segurados que possuem vencimento no mês de março e abril, precisam fazer o procedimento até o dia 30 de junho, depois dessa data, pode ser que o benefício seja bloqueado.

Desde março de 2020, os bloqueios não estavam acontecendo, tudo devido a pandemia do coronavírus. O instituto fez a publicação do calendário com as datas conforme o vencimento do ano passado.

Calendário de prova de vida: confira!

  • Data de competência de vencimento da comprovação de vida entre março e abril de 2020: competência da retomada da rotina até junho de 2021;
  • Data de competência de vencimento da comprovação de vida entre maio e junho de 2020: competência da retomada da rotina até julho de 2021;
  • Data de competência de vencimento da comprovação de vida entre julho e agosto de 2020: competência da retomada da rotina até agosto de 2021;
  • Data de competência de vencimento da comprovação de vida entre setembro e outubro de 2020: competência da retomada da rotina até setembro de 2021;
  • Data de competência de vencimento da comprovação de vida entre novembro e dezembro de 2020: competência da retomada da rotina até outubro de 2021.

Como realizar a prova de vida?

Para fazer a prova de vida, só é preciso ir até a agência bancária da qual o aposentado possui conta, levando consigo seu documento com foto, comprovante de residência e o cartão do banco.

Essa comprovação pode ser feita rapidamente por meio de biometria facial, diretamente nos apps do “Meu INSS” e também pelo “Meu.gov.br”, para aqueles que já forem cadastrados.

O cidadão pode ir até o banco que recebe seu pagamento de maneira presencial, é importante lembrar que algumas instituições bancárias possuem demais alternativas, como o processo de prova de vida diretamente por meio do caixa eletrônico ou apps.

Publicidade

Publicidade

O beneficiário precisa fazer a confirmação de opções disponíveis, assim como o horário de funcionamento diretamente com o banco, visto que existem vários horários diferentes para os beneficiários do INSS.

Pelo celular

O INSS está colocando de maneira mais lenta a prova de vida via biometria facial, visto que ainda está em fase de testes. Esse serviço está disponível pelo app do Meu INSS para alguns beneficiários dos quais já tem carteira de motorista ou título de eleitor com biometria facial cadastrada.

Os indivíduos que podem usar esse serviço serão avisados diretamente por SMS – por meio do número 280-41 -, ou diretamente pelo e-mail. Quem não receber nenhum desses tipos de comunicados precisa fazer a prova de vida como nos anos anteriores, ou seja, das maneiras tradicionais.

O INSS procura lembrar que não entra em contato diretamente com o indivíduo para pedir qualquer tipo de informações, dados pessoais ou demais fotografias para fazer sua prova de vida.

Publicidade

Caso tenha demais dúvidas, é indicado que procure os canais de atendimento remoto, como é o caso da assistente virtual, da qual está disponível no site gov.br/meuinss, além do aplicativo Meu INSS.

Publicidade

Também é possível ligar diretamente para o número 135, do qual funciona entre segunda até sábado, das 7h até às 22h – dentro do horário de Brasília.

Como funciona a prova de vida?

Esse procedimento é previsto pela lei, sendo realizado para diminuir os casos de fraudes e pagamentos dos quais não são reais, acontecendo uma vez ao ano.

O bloqueio desse benefício acontece caso o beneficiário não faça essa prova de vida dentro do mês que está previsto no calendário.

Publicidade

Publicidade

Nesse caso, você só precisa ir até a agência bancária da qual tem o recebimento do pagamento para assim, desbloquear o benefício em questão.

Marcela MazettoJornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.
Veja mais ›
Fechar