Quem trabalha registrado na CLT pode abrir um MEI? Confira as regras

O empreendedorismo está crescendo cada vez mais no Brasil, e com ele, surge uma dúvida:  será que um trabalhador registrado na CLT pode abrir MEI?

A questão está ganhando força, pois muitos profissionais que já atuam no regime da Consolidação das Leis do Trabalho estão procurando o micro empreendedorismo para garantir renda extra ou mesmo realizar uma transição de carreira, a fim de terem o próprio negócio.

Publicidade

Publicidade

A legislação brasileira não proíbe ou impede que funcionários de carteira assinada tenham uma empresa, mas dependendo da atividade exercida, o contratante pode ou não estabelecer uma participação no negócio.

Para evitar confusões, é importante analisar o contrato de trabalho para ver se não há clausulas que estabeleçam alguma restrição quanto a abrir um MEI e possuir a própria empresa.

Trabalhador registrado na CLT pode abrir MEI, mas há desvantagens?

Como dito anteriormente, a lei trabalhista brasileira não proíbe que um funcionário registrado na CLT abra um CNPJ como microempreendedor individual. Mas é preciso ficar atento a alguns detalhes no caso de quem atua de forma simultânea nos dois regimes:

Publicidade

Publicidade

  • Se o colaborador que também é microempreendedor individual for dispensado da empresa em que atua pelo regime CLT, o seguro-desemprego não será concedido a ele, pois o MEI é considerado uma fonte de renda;
  • Trabalhadores de carteira assinada que possuem MEI não são isentos de pagar os valores do INSS, pois as contribuições seguem sendo contadas para os benefícios previdenciários;
  • Microempreendedores individuais que abrem um negócio no mesmo ramo de atividade da empresa em que possuem carteira assinada, poderão ter o contrato em regime CLT rescindido por justa causa, pois se tornarão concorrentes.

Por isso, fique atento a todos os detalhes do seu contrato CLT, pois é obrigatório obter autorização formal da empresa onde você trabalha para abrir o próprio negócio.

clt pode abrir mei

Quais taxas o MEI precisa pagar?

Abrir um MEI é totalmente gratuito, então, fique atento caso algum site queira cobrar pela abertura do CNPJ, pois é golpe. Certifique-se de que você está realmente no Portal do Empreendedor do Governo Federal ou na Secretaria da Fazendo de seu estado para realizar o procedimento.

Após a abertura o MEI, é necessário pagar o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), imposto cobrado mensalmente dos microempreendedores individuais. Os valores são atualizados todos os anos, conforme a atualização do salário-mínimo.

Mas o valor do DAS MEI varia de acordo com o ramo de atividade do seu negócio. Confira a lista abaixo com valores para cada área de atuação empresarial:

  • R$ 56 mensais para comércio ou indústria;
  • R$ 60 mensais para prestação de serviço;
  • R$ 61 mensais para comércio e serviços.

Ao quitar o DAS MEI, você fica em dia com o Simples Nacional e pode exercer as atividades da sua empresa sem nenhum impeditivo fiscal.

Como abrir um MEI?

O procedimento de abrir um CNPJ para atuar como microempreendedor individual é muito simples e pode ser feito no Portal do Empreendedor do Governo Federal. Mas se você ainda está com dúvidas, basta seguir as instruções abaixo:

  1. Clique aqui para acessar o Portal do Empreendedor;
  2. No menu principal, selecione a opção “Quero ser MEI”;
  3. Clique em “Formalize-se”;
  4. Crie uma conta em gov.br;
  5. Ou faça login com seu CPF, caso já possua cadastro;
  6. Autorize os dados de acesso pelo Portal do Empreendedor – Área do Usuário da Redesim;
  7. Preencha o número do recibo da sua declaração de imposto de renda ou do título de eleitor;
  8. Insira o seu número de telefone para receber um código por SMS;
  9. Insira o código recebido para continuar o procedimento de inscrição no MEI;
  10. Defina o nome fantasia, atividades e endereço;
  11. Emita o Certificado de Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI).
Publicidade

Publicidade

Pronto, você já possui um CNPJ como microempreendedor individual! Agora é só tocar o seu negócio e manter a DAS MEI em dia para exercer suas atividades tranquilamente.

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS. Repórter, apresentadora, roteirista e redatora, com experiência em rádio, televisão e online.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário