Salário Mínimo 2021: Reajuste será em Fevereiro. Confira os valores e regras

O salário mínimo vai ser reajustado em fevereiro de 2021. Em 1º de janeiro, o salário mínimo passou a valer R$ 1.100, mas houve um erro do cálculo do governo, que fez o primeiro reajuste sobre 5,25% do INPC. Mas o índice subiu para 5,45% e o salário mínimo vai passar a valer R$ 1.101,95.

Além disso, o reajuste no salário mínimo também vai influenciar os valores INSS. O teto dos benefícios vai de R$ 6.101,06 para R$ 6.433,57. No caso de que recebe o salário mínimo na aposentadoria, o valor passa a ser R$ 1.102,45.

Percentual de reajuste em 2020

Como citamos anteriormente, o salário mínimo foi reajustado em 2020. Mas, neste caso, o percentual de reajuste é diferente. Confira abaixo a lista com o percentual detalhado por mês de 2020:

  • Reajuste em janeiro de 2020: 5,45%
  • Reajuste em fevereiro de 2020: 5,25%
  • Reajuste em março de 2020: 5,07%
  • Reajuste em abril de 2020: 4,88%
  • Reajuste em maio de 2020: 5,12%
  • Reajuste em junho de 2020: 5,39%
  • Reajuste em julho de 2020: 5,07%
  • Reajuste em agosto de 2020: 4,61%
  • Reajuste em setembro de 2020: 4,23%
  • Reajuste em outubro de 2020: 3,34%
  • Reajuste em novembro de 2020: 2,42%
  • Reajuste em dezembro de 2020: 1,46%

salário mínimo

Mudanças no mínimo pelo INSS

Devido à mudanças no INSS, apenas os salários a partir de R$ 6.156 terão aumento no valor da contribuição em relação a 2020. Isso acontece porque, com a tabela progressiva, momentaneamente os trabalhadores que não tiveram reajuste de salário terão a redução de contribuição. A exceção fica por conta dos trabalhadores que, em janeiro de 2021, tiveram reajustes de salários.

Se houver reajustes dos salários durante o ano, haverá mudança nas contribuições por conta do novo enquadramento nas faixas de contribuição. Por exemplo: se o trabalhador recebe R$ 2 mil e, em abril, tiver seu salário reajustado para R$ 2.500,00, até março ele vai pagar R$ 163,50, e a partir de abril pagará R$ 217,40.

O salário mínimo realmente vai aumentar?

Apesar da divulgação de que o salário mínimo vai ser reajustado em fevereiro, há algumas controvérsias. De acordo com especialistas, está prevista a correção do salário mínimo apenas pela inflação, com base em estimativa do INPC, o que não garante um ganho real.

Esse formato já havia sido adotado pelo governo Jair Bolsonaro em seu primeiro ano de gestão. Mas o congresso aprovou a proposta da ex-presidente Dilma Rousseff de mudar a política de aumentos reais. De 2011 a 2019, a política de reajustes pela inflação e variação do PIB vigorou, mas nem sempre o salário mínimo ficou acima da inflação.

Como exemplo, temos os anos de 2017 e 2018, em que foi concedido reajuste com base na inflação, pois o PIB de 2015 e 2016 havia tido retração. 

O reajuste e as contas públicas

O governo federal vai acabar gastando mais em 2021 devido ao reajuste do salário mínimo. Isso porque os benefícios da previdência não podem ser menores do que o valor do salário mínimo.

De acordo com os cálculos do governo, 2020 teve uma despesa de cerca de R$ 343 milhões a cada R$ 1 aumentado no salário mínimo. Isso significa que uma alta de R$ 2 além do orçamento atual acrescentaria R$ 680 milhões em despesas para as contas públicas em 2021.

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS. Repórter, apresentadora, roteirista e redatora, com experiência em rádio, televisão e online.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Deixe seu comentário