Salário mínimo: o valor ideal seria quase 4,88 vezes maior do que o atual. Entenda!

De acordo com as estimativas realizadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), o brasileiro recebe salário mínimo abaixo do valor esperado.

Assim, segundo essa instituição, a classe assalariada deveria receber o valor de R$ 5.368,00 mensalmente para sustentar uma família.

Publicidade

Publicidade

Quer saber mais sobre o assunto? Preparamos um post com os principais detalhes para te deixar informado! Saiba mais a seguir.

Dados revelados pelo DIEESE sobre o salário mínimo

Salário mínimo

O DIEESE, por meio de pesquisas, revelou que o salário que a população do país vive deveria ser 4,88 vezes maior do que o salário vigente.

Desta forma, foi constatado que os brasileiros têm sobrevivido com um salário mínimo bem menor para manter uma família constituída por duas crianças e dois adultos.

Publicidade

Publicidade

A cesta básica afeta o salário mínimo

Com o objetivo de ter uma média, o DIEESE leva em consideração o preço da cesta básica relativo a 17 capitais brasileiras.

Em vista dessa contabilidade, vale ressaltar que no mês de fevereiro o âmbito alimentício apresentou outra alta — o que torna mais caro o ato de fazer compras.

Assim, Florianópolis foi o município que sofreu maior reajuste no valor da cesta básica. Em contrapartida, a capital do estado de Sergipe (Aracaju), apresentou o menor preço.

Valor das cestas básicas nas capitais do país em fevereiro

Para te deixar por dentro, reunimos as capitais cujos preços das cestas básicas sofreram ajustes em fevereiro. Confira:

  • Recife: R$ 469,71 (-0,95%)
  • Porto Alegre: R$ 632,67 (+1,03%)
  • Aracaju: R$ 445,90 (-1,10%)
  • Belém: R$ 512,95 (+1,11%)
  • Florianópolis: R$ 639,81 (-1,77%)
  • Fortaleza: R$ 523,46 (-1,78%)
  • Salvador: R$ 479,19 (-1,99%)
  • Natal: R$ 464,43 (+2,19%)
  • Rio de Janeiro: R$ 629,82 (-2,20%)
  • São Paulo: R$ 639,47 (-2,24%)
  • Curitiba: R$ 572,77 (+2,33%)
  • Goiânia: R$ 560,67 (-2,45%)
  • Vitória: R$ 609,27 (-2,46%)
  • Campo Grande: R$ 551,58 (-4,67%)
  • João Pessoa: R$ 484,54 (+2,69%)
  • Belo Horizonte: R$ 573,53 (-3,16%)
  • Brasília: R$ 591,44 (-3,72%)

Benefícios que também foram afetados

O salário mínimo brasileiro define uma série de pagamentos atrelados a benefícios como, o seguro desemprego e auxílio-maternidade, por exemplo.

A respeito disso, é possível observar que além da classe de trabalhadores assalariados, os segurados do INSS também vivem com o dinheiro abaixo da média.

Publicidade

Publicidade

Desse modo, vale lembrar que o abono salarial do PIS/PASEP também se refere a um benefício que é definido conforme o piso nacional.

Quanto maior for o valor do salário mínimo, mais altas são as despesas do governo federal tendo em vista sua obrigatoriedade de financiar esses pagamentos.

Média salarial em outros países

Ao comparar o Brasil com outras nações, o piso nacional fica entre os menores de todo os outros países.

O salário mensal que um trabalhador recebe nas Américas, gira em torno de US$ 668,00.

Publicidade

Enquanto que em nações como Guiana, Haiti e México, a média salarial é de aproximadamente US$ 486,00.

Publicidade

Já em países como no Canadá, o valor é de US$ 1,6 mil. E em Luxemburgo, o salário chega a US$ 2,4 mil (PPP).

Paulo Victor Silva
Estudante do curso de Jornalismo pela UFES. Dono de uma mente inquieta e curiosa. Além disso, é amante de leitura e apaixonado por música.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário