Santa Cruz empata em casa com Ceará, e se complica na tabela da Série B

0
O Santa Cruz iniciou uma sequência complicada na Série B nesta terça-feira e a partida não teve o resultado esperado. Desde que chegou ao clube, o técnico Marcelo Martelotte vem ressaltando que o time precisa fazer valer o mando de campo. Uma missão incompleta contra o Ceará, já que as duas equipes não saíram do 0 a 0, no Arruda. Com o resultado, o Santa Cruz foi a 29 pontos.
A partida começou intensa e com chances para os dois lados. Após um primeiro avanço perigoso do Ceará com menos de dois minutos, o Santa Cruz respondeu com uma blitz e teve pelo menos três chances em dois ataques. No primeiro, Thiago Primão finalizou, o zagueiro do Ceará tirou em cima da linha e Nininho bateu muito mal no rebote e mandou para fora. No avanço seguinte, Grafite cruzou para Nininho chutar fraco mais uma vez. A resposta do Ceará veio rapidamente e Lima deixou Anderson Salles no chão antes de finalizar e a bola explodir no zagueiro. Tudo isso ocorreu em apenas oito minutos de partida.
O ritmo da partida continuou frenético, mas as chances claras diminuíram. A melhor oportunidade dos cearenses ocorreu quando Lima invadiu a área aos 26 minutos, passou por Anderson Salles e Derley e mandou para fora. Pelo lado coral, Derley é quem poderia ter mudado o placar, mas não aproveitou o bom passe de Grafite já dentro da área.

Segunda etapa

O segundo tempo começou com as equipes tentando ser mais seguras no setor defensivo e tentando evitar tantos perigos como na primeira etapa. Porém, o Ceará voltou mais atento e Lima teve duas chances com menos de dez minutos e ainda colocou uma bola na trave aos 17 minutos da etapa final. O lance acordou o Santa Cruz e Bruno Paulo, que entrou na vaga de André Luis, foi o primeiro a assustar o goleiro Éverson. Martelotte tentou fazer o goleiro adversário trabalhar mais e colocou Ricardo Bueno e William Barbio, que foi muito vaiado antes mesmo de entrar.
As mudanças não surtiram efeito e o Ceará sempre passou a sensação de estar mais próximo do gol do que o Tricolor do Arruda. A bola mais uma vez carimbou a trave de Julio Cesar em uma bela finalização de Richardson. No ataque, porém, o dia não era coral. Isso foi confirmado quando o Bruno Paulo perdeu uma chance inacreditável após bom passe de Ricardo Bueno. O fim de jogo foi eletrizaneto, com mais uma chance para cada lado nos acréscimos. Julio César e Everson foram os herois da partida, salvando os times de saíram de campo com a derrota.
Ficha do jogo
Santa Cruz 0
Julio Cesar; Nininho, Anderson Salles, Sandro e Tiago Costa; Wellington Cézar, Derley e Thiago Primão (William Barbio, aos 20’ do 2ºT); André Luis (Bruno Paulo, aos 11’ do 2ºT), João Paulo e Grafite (Ricardo Bueno, aos 29’ do 2ºT). Técnico: Marcelo Martelotte.
Ceará 0
Everson; Tiago Cametá (Pio, no intervalo), Rafael Pereira, Luiz Otávio e Romário; Leandro Carvalho, Richardson, Ricardinho (Felipe Menezes, aos 32’ do 2ºT) e Pedro Ken; Lima e Elton (Arthur, aos 26’ do 2ºT) . Técnico: Marcelo Chamusca.
Data: 26/9/17
Estádio: Arruda
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Assistentes: João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
Cartões amarelos: Derley (S); Tiago Cametá, Elton, Pio e Luiz Otávio(C)
Público: 9.317
Renda: R$ 58.330,00
Do Superesportes

Comentários