Como antecipar o saque-aniversário do FGTS? Vale a pena?

O saque-aniversário do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço pode ser aderido pelos trabalhadores desde 2019.

Este benefício permite uma retirada anual dos valores das contas dos fundos e, para quem escolheu essa modalidade, alguns bancos do país possibilitam a antecipação de até cinco saques de uma só vez.

Publicidade

Publicidade

Mas, será que é vantajoso fazer o saque antes da hora? Continue lendo para saber!

Veja as vantagens de pedir o saque-aniversário do FGTS. Fonte: Portal Contábeis
Veja as vantagens de pedir o saque-aniversário do FGTS. Fonte: Portal Contábeis

Saque-aniversário vale a pena?

Apesar da facilidade do saque, a educadora financeira Cintia Senna, em entrevista para o site São Paulo Agora, alertou o cidadão que pretende utilizar o serviço. “As pessoas precisam saber que essa antecipação nada mais é do que um empréstimo”, revelou.

Isso significa que assim como as demais operações de crédito, há cobrança de juros, impostos e outras taxas bancárias.

Publicidade

Publicidade

O site São Paulo Agora solicitou uma simulação à especialista: um trabalhador que nasceu em dezembro e com R$ 10 mil de saldo no FGTS poderia, em três anos, retirar R$ 6.466,00 pelo saque-aniversário.

Se esta mesma pessoa antecipar o valor a uma taxa de 1,99% ao mês mais o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), vai poder sacar apenas R$ 4.963,93.

Pagamento

Para contratar o empréstimo, o cidadão precisa ter o mesmo valor no saldo das contas do fundo, pois esse dinheiro será a garantia do banco credor.

Por este motivo, algumas instituições financeiras disponibilizam a antecipação do FGTS para negativados.

É importante saber que, durante o pagamento, o valor que o cliente receberia no saque-aniversário vai direto para o banco credo. Desta forma, ao término do contrato, o trabalhador não terá valores pendentes para pagar.

A educadora financeira sugere que o cidadão que pretende utilizar esse crédito, reflita sobre a necessidade do dinheiro.

Teria que ter uma necessidade muito extrema para olhar para esse tipo de empréstimo e fazer a adesão. Se for simplesmente para pagar conta que está em atraso ou dívida do dia a dia não é interessante. É preciso se questionar: isso vai resolver o problema ou vai ser paliativo?”, questiona.

Publicidade

Publicidade

A educadora financeira da Planejar, Fernanda Melo, também orienta o consumidor sobre a antecipação e pede para ele considerar a finalidade original do fundo, isso porque esse recurso deve ser usado em uma emergência, ela explica.

Vale saber que quem adere ao saque-aniversário não poderá fazer o saque após uma demissão sem justa causa e só poderá ter acesso aos 40% de multa que são pagos pelo empregador.

Vale destacar que a taxa cobrada pelos bancos, com esta finalidade, é maior do que o rendimento do FGTS, que em 2020 foi de 0,4% ao menor. Até agora, a menor taxa foi de 0,99%.

Como funciona a antecipação do saque-aniversário?

Saiba que o número de parcelas varia de acordo com cada instituição financeira, bem como os valores.

Publicidade

Para fazer a antecipação, o solicitante precisa ter aderido ao saque-aniversário e possui saldo suficiente para a operação.

Publicidade

Na data do aniversário, quando a pessoa receberia o saque-aniversário, o valor para o banco em que a contratação foi feita. Mas, vale saber que a antecipação precisa ser autorizada pelo cidadão no aplicativo oi no site oficial do FGTS.

Vantagens

  • O trabalhador termina de pagar o empréstimo sem dívidas, pois as parcelas foram automaticamente pagas;
  • Como essa é uma renda garantida para o bando credo, muitos oferecem esse empréstimo para negativados;
  • A taxa de juros é inferior à média dos empréstimos convencionais.

Desvantagens

  • Quem adere ao saque-aniversário não pode sacar o dinheiro do fundo após uma demissão. Porém, a multa de 40% em casos de demissão sem justa causa é mantida;
  • O trabalhador não receber as parcelas do saque-aniversário enquanto o empréstimo não estiver quitado;
  • A antecipação é como outro empréstimo, isso significa que há aplicação de taxas. Por isso, o trabalhador que optar precisa saber que vai receber menos dinheiro do que recebia normalmente.

Busque informações no banco de sua escolha e veja as condições oferecidas por ele!

Fonte: São Paulo Agora

Jornalista com mais de 7 anos de experiência. Atuou como redatora em jornais impressos, sites especializados em moda e agências de comunicação em Mogi das Cruzes, São Paulo e Goiânia. Fez parte da equipe voluntários da ONG Trupe do Riso, cuidando das redes sociais da instituição. Além de colaboradora da WebGo Content, atua na Agência Conect, especializada em comunicação e marketing para profissionais da Saúde.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário