Pix: Saque pelo serviço será lançado no final do primeiro semestre de 2021!

O Pix, lançado pelo Banco Central há 5 meses, é um sistema de pagamento e transferências instantâneo que vai contar com mais uma novidade: a possibilidade de saque em dinheiro.

O Banco Central divulgou há pouco tempo que o saque Pix vai estar disponível no final do primeiro semestre de 2021. A informação é do diretor de organização do sistema financeiro e resolução do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello.

Publicidade

Publicidade

Através dele, o consumidor conseguirá sacar o valor em espécie em lojas físicas de algumas redes varejistas, mas é importante saber que elas não podem fazer parte de algum sistema de banco.

Atualmente, o domínio é registrado nos bancos e lotéricas. No entanto, a ideia é que o saque tenha novas alternativas para ser realizado e não apenas nessas organizações.

Saque Pix será lançado no final do primeiro semestre de 2021
Saque Pix será lançado no final do primeiro semestre de 2021

No webinar “Pix: Revolução Silenciosa”, o diretor citou uma pesquisa realizada que aponta que 55% dos consumidores escolheriam um varejista, ao invés de outro, se pudessem comprar sem passar pelo caixa.

Publicidade

Publicidade

Já 70% dos entrevistados disseram que já abandonaram uma compra por não poder pagar como desejavam.

De acordo com Pinho de Mello, o Pix será uma forma de complementar outras opções de pagamento.

Pix terá locais seguros para saque

Outro benefício que o consumidor terá, será que os bancos poderão escolher com mais cuidado os locais em que vão disponibilizar os postos de saque.

Isso porque esses locais são mais visados pelos criminosos e o consumidor precisa ter uma segurança na hora de fazer o saque Pix.

Vale lembrar que no último dia 1º de abril, o Pix teve aderência de algumas novas funções.

Agora, o consumidor consegue conectar a lista de contatos do celular com a ferramenta e ter mais facilidade na hora de encontrar as pessoas que deseja enviar o dinheiro.

Publicidade

Publicidade

Além disso, os usuários do Pix podem mudar as informações pessoais em suas chaves, antes de criar uma nova.

Isso significa que as alterações do nome do cadastro, nome empresarial e título de estabelecimento, por exemplo, estão autorizadas.

Como utilizar o saque Pix?

  1. Encontre o caixa de uma loja varejista;
  2. Informe o valor desejado para saque;
  3. Aguarde o atendente gerar um QR Code do Pix;
  4. Leia pelo celular o QR Code disponibilizado;
  5. Receba o valor do saque em dinheiro.

Brasil está em oitavo lugar em transferências

Com a utilização do Pix, o Brasil passou a ser o oitavo colocado na lista de maior quantidade de transferências e pagamentos em tempo real.

Essa quantidade ultrapassou até os Estados Unidos que agora seguem na nona colocação.

Publicidade

Até o momento, o Pix é gratuito para pessoas físicas, mas já há cogitação de mudanças no futuro.

Publicidade

Mas, afinal, o que é o Pix?

O Pix é uma modalidade de pagamentos instantâneos do Banco Central.

O objetivo desse sistema é facilitar as transações e deixar mais baratas as transferências entre usuários e permitir de forma simplificada o pagamento de contas.

Se comparado com outros métodos de pagamento, o Pix funciona de forma rápida e a boa notícia é que ele não restringe o dia e o horário para usar.

Publicidade

Publicidade

Além disso, pessoas físicas podem usar qualquer pagamento via Pix sem ter que pagar nada.

Outra grande facilidade que o Pix oferece é que ao transferir dinheiro para outra conta, o usuário não precisa digitar todos os dados pessoais e bancários do beneficiário.

Ele só precisa informar a chave de quem deseja receber o valor, que pode ser o número de telefone, CPF e e-mail.

É importante saber que o aplicativo já contabiliza mais de 25% dos brasileiros e somou mais de R$ 203 bilhões movimentados entre novembro de 2020 e janeiro de 2021.

A praticidade do serviço superou as operações realizadas via TEd e DOC, em menos de dois meses de lançamento e em um contexto de crescimento significativa dos pagamentos digitais e mobile banking, que ganharam forças em decorrência da pandemia de Covid-19.

O Pix realmente foi uma novidade positiva para a população brasileira!

Bruna Santos
Jornalista com mais de 7 anos de experiência. Atuou como redatora em jornais impressos, sites especializados em moda e agências de comunicação em Mogi das Cruzes, São Paulo e Goiânia. Fez parte da equipe voluntários da ONG Trupe do Riso, cuidando das redes sociais da instituição. Além de colaboradora da WebGo Content, atua na Agência Conect, especializada em comunicação e marketing para profissionais da Saúde.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário