Parceria SENAI e Huawei oferece cursos gratuitos para setor de telecomunicações

SENAI e Huawei divulgam cursos gratuitos para jovens interessados no setor de telecomunicações. Os interessados podem se especializar em 5G, inteligência artificial e outros temas.

Cursos gratuitos

O setor de telecomunicações está exigindo cada dia mais profissionais altamente capacitados para atuarem no mercado de trabalho, especialmente em grandes empresas.

Diante desse cenário, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial anunciou a abertura de cursos gratuitos voltados para o setor de telecomunicações. 

A iniciativa é realizada em parceria com a Huawei Brasil diante dos constantes investimentos feitos ao setor pelo governo federal.

pessoa com celular nas mãos
Os cursos serão ministrados presencialmente e virtualmente.

A criação do programa ICT Academy Senai/Huawei tem como objetivo promover cursos à distância e presenciais nas áreas de Cloud, Inteligência Artificial, fibra óptica e 5G.

A expectativa do programa é formar 2 mil alunos até o final do ano nos próprios laboratórios fundados pela parceria.

O público alvo do programa são jovens com idades entre 20 e 24 anos que não estudam e não trabalham. 

Os interessados em saber mais informações sobre a parceria SENAI e Huawei e sobre os cursos oferecidos para o setor de telecomunicações podem acompanhar o vídeo de lançamento clicando aqui.

Parceria

A divulgação dos cursos foi feita hoje, 8, no canal do YouTube da Huawei Brasil com a participação de membros do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, da diretoria de relações governamentais e de relações públicas da Huawei e da diretoria de operações do SENAI.

A união do SENAI com a Huawei tem em vista solucionar o déficit de mão de obra qualificada no setor de telecomunicações.

De acordo com pesquisa realizada pela Teleco, aproximadamente 62% das empresas provedoras de internet não encontram profissionais qualificados, especialmente nas regiões Norte e Nordeste.

Além disso, 81% dessas empresas contam com equipes próprias e, por isso, precisam investir na capacitação dos funcionários.

Bruno Zitnick, diretor de Relações Públicas e Governamentais da Huawei, alega que existe um gap no mercado de fibra óptica e com a chegada das redes 5G a demanda por profissionais capacitados aumentará.

O diretor também afirma que o público alvo de jovens ociosos contribui com a redução do desemprego e, consequentemente, com o desenvolvimento da infraestrutura do país.

Telecomunicações

Os cursos gratuitos para o setor de telecomunicações oferecidos por meio de parceria entre o SENAI e Huawei abordam temas como inteligência artificial, fibra óptica, cloud e 5G.

Para saber um pouco mais sobre os temas abordados nos cursos acompanhe as descrições abaixo.

Inteligência artificial

O conceito de inteligência artificial é basicamente a capacidade de computadores e sistemas atuarem em busca de soluções práticas, rápidas e inteligentes para questões e problemas relevantes.

Geralmente esse processo é feito por meio de automação de atividades e contribui com a redução de falhas e pontos fracos em sistemas operacionais.

Fibra óptica

A fibra óptica consiste em uma tecnologia capaz de interligar residências e sistemas de telefonia, como internet, rádio ou tv, com qualidade, rapidez e sem interferência.

Cloud

No caso do sistema cloud, mais conhecido como “nuvem”, ele atua como um sistema de armazenamento de dados sem a necessidade de utilização de programas.

O processo é feito remotamente por meio da internet e, por isso, existe a ideia de alusão à nuvem.

5G

O 5G é um novo modelo de internet móvel que promete qualidade da cobertura, segurança e velocidade aos usuários de dispositivos portáteis, seja em qualquer momento e de qualquer lugar.

A aplicação do 5G pode revolucionar a indústria 4.0 gerando mais produtividade e competitividade de mercado, tanto interna quanto externa.

Mercado de trabalho

Os jovens que estiverem interessados em ingressar no mercado de trabalho no segmento de telecomunicações podem se deparar com diversas oportunidades de acordo com os avanços tecnológicos.

A ampliação do setor será cada vez mais comum e a capacitação e qualificação profissional será o diferencial aos olhos de empresas que necessitam dos serviços de telecomunicações.

Felipe Calbo
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo atuante na chamada "massa de mídias", trazendo mais um braço da pluralidade de opinião em detrimento do mito da imparcialidade.
Linkedin

Deixe seu comentário