Sesi Ponta Grossa (PR): Estão abertas 300 vagas para cursos de EJA e de qualificação profissional

O Sesi Ponta grossa está com inscrições abertas para os cursos de qualificação profissional e Ensino de Jovens e Adultos, o EJA. 

São cerca de 300 vagas, todas destinadas à Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. 

Todas as oportunidades estão à disposição para funcionários de indústrias da região, familiares destes colaboradores ou comunidade em geral.

alunos do sesi
Sesi Ponta Grossa (PR): Estão abertas 300 vagas para cursos de EJA e de qualificação profissional

Como se inscrever em uma vaga no Sesi Ponta Grossa

Para se inscrever, o interessado deve se dirigir ao Colégio Sesi da Indústria ou o Senai para preencher uma ficha e declarar que é baixa renda. Além de ser necessário estar cadastrado no CadÚnico ou ter estudado em escola pública, ou bolsista em escola particular. 

Quais cursos são oferecidos?

Duas modalidades de cursos serão oferecidas pelo Sesi Ponta grossa. São eles: 

EJA

A EJA – Ensino de Jovens e Adultos – é destinada para todas as pessoas que sejam maiores de 18 anos e que não terminaram o Ensino Médio ou o Ensino Fundamental, ciclo 2, antes chamadas de 5ª a 8ª série. 

As aulas são 100%, enquanto durar pandemia da Covid-19. No Senai, as aulas também serão virtuais enquanto durar a pandemia. 

Quando começam as aulas?

Para as aulas do Ensino Médio, as aulas devem começar já no mês de maio, no dia 17. Já as aulas do Ensino Fundamental devem iniciar em junho, no dia 12. 

Cursos de qualificação

Para se candidatar aos cursos de qualificação profissional, é preciso ter 15 anos ou mais e ter concluído o ensino fundamental ciclo 1, ou seja, dá 5° à 8° série. 

Assim como o EJA, as aulas são online, porém com um encontro presencial por semana.

São dois cursos disponíveis, de almoxarife e de eletricista industrial. O de almoxarife conta com 160 horas de duração e terá início em 17 de maio. 

Já o de eletricista industrial, conta com 380 horas de duração e início em 5 de julho.

Documentos para inscrição

Os documentos necessários para matrícula são:

  • RG
  • CPF
  • Comprovante de residência
  • Certidão de nascimento ou casamento
  • Histórico escolar

O que é o SESI?

O Serviço Social da Indústria, conhecido como SESI, é uma instituição privada brasileira que visa promover: 

  • Bem-estar 
  • Qualidade de vida 

Focando sempre nos funcionários da Indústria, porém com ações para seus dependentes, familiares e da sociedade em geral.

Dentre as áreas de atuação, estão:

  • Assistência social
  • Cultura
  • Educação
  • Lazer
  • Saúde

Abrangendo essas áreas, são criados e promovidos programas ligados à formação, informação e prestação de serviços ao público-alvo, divididos dessa forma:

  • Assistência: Voluntariado; assistência social para grupos vulneráveis; grupos de desenvolvimento da melhor idade.
  • Cultura: Bibliotecas; feiras literárias; mostras de cinema; apresentações de teatro; exposições de artes plásticas.
  • Educação: Ensino infantil, fundamental e médio, além do EJA.
  • Lazer: Avaliação física; grupos de futebol, ginástica, voleibol, basquete.
  • Saúde: Assistência odontológica; prevenção de doenças; orientação para empresas em saúde ocupacional e prevenção de acidentes de trabalho.

O Serviço Social da Indústria, conta com uma ampla estrutura administrativa. E está presente em todos os 27 estados brasileiros, incluindo o SESI Ponta Grossa. 

Quem faz a organização e supervisão é a Confederação Nacional da Indústria – CNI – que também é responsável por outras importantes instituições. Dentre seu portfólio, vemos grandes nomes como Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – o SENAI –  e o Instituto Euvaldo Lodi – o IEL.

Sua criação aconteceu em 1946, o que significa que a mais de 7 décadas, sua expertise está sempre utilizada para ações criativas que favorecem a sociedade, principalmente para o desenvolvimento humano, social e cultural de crianças, jovens, adultos e idosos em diversas áreas do país.

Além disso, sua estrutura conta com unidades regionais. Nelas, o SESI é capaz de criar programas específicos para atender às necessidades especiais de cada uma dessas pessoas , considerando suas possibilidades, cultura, histórico, e o complexo empresarial da área em que vivem.

Amanda Lino
Jornalista com mais de 8 anos de experiência. Trabalhou como redatora, repórter e produtora na emissora Nossa Rádio FM e produtora na Metropolitana AM, depois foi diretora-geral do conhecido podcast Mamilos, passou por algumas agências de São Paulo e Rio de Janeiro e agora, além de colaboradora da WebGo Content, é Copy Content na In House da divisão agrícola da Bayer e Host/Criadora do podcast "Me Empresta Seus Óculos".
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário