Hoje é o último dia para cadastramento de universidades públicas no Sisu

Todos os anos os estudantes que estão se preparando para entrar no ensino superior, seja em instituições públicas ou privadas, realizam uma série de provas, sendo assim, suas notas avaliadas dentro dos padrões do SISU.

Veja abaixo como funciona esse procedimento, visto que hoje é o último dia para cadastro nas universidades públicas dentro do SISU, quais são os impactos disso na educação e tudo que precisa saber.

Publicidade

Publicidade

Continue lendo e fique por dentro de todo o procedimento.

Hoje é o último dia para cadastramento de universidades públicas no Sisu

Hoje é o último dia para cadastramento de universidades públicas no Sisu

O prazo para que a adesão das instituições de educação de ensino superior públicas dentro do Sisu – Sistema de Seleção Unificada -, tem sua data limite até o dia de hoje, às 23h59.

Ela é referente a segunda edição do ano de 2021.

Publicidade

Publicidade

Esse edital do qual possui cronograma e demais procedimentos, acabam valendo tanto para as instituições federais quanto estaduais ou municipais, conforme foi publicado dentro do Diário Oficial da União, pelo MEC – Ministério da Educação.

Como funciona o SISU?

O SISU é um sistema do qual é totalmente informatizado, onde não há o envolvimento direto de provas ou inscrições presenciais, sendo assim, tudo é realizado diretamente pela internet, mais precisamente no site do Sisu.

O candidato que tem interesse em uma vaga de universidade pública deve fazer sua inscrição no Sisu, onde se usa o mesmo número de inscrição e senha que foram usados para participar da última edição do Enem.

Ou seja, para fazer o seu Sisu em 2021, você deve usar o número da inscrição referente ao Enem de 2020. Caso tenha feito o Enem em um ano diferente desse que tenha sido solicitado pelo Sisu, o sistema não aceitará essa inscrição.

O Sisu possui a recuperação automática das notas que o candidato teve no Enem, efetuando assim a seleção das melhores para que as vagas sejam preenchidas dentro do curso em questão, da faculdade ou modalidade escolhida.

O candidato que possui maior pontuação dentro do Enem ganha a primeira vaga, sendo que aquele que tiver a segunda maior pontuação, fica com a segunda vaga e assim de maneira conseguinte, até que todas as demais vagas estejam preenchidas.

Publicidade

Publicidade

Dessa forma, quanto maior for sua nota dentro do Enem, maiores são as chances de passar no Sisu com mais folga.

Pesos diferenciados para notas do Enem

Além da possibilidade de se exigir uma pontuação mínima no Enem para assim concorrer a certos cursos, as universidades que participam do Sisu podem dar valores diferentes para as notas referentes as provas do Enem.

Como por exemplo, um curso de medicina pode ter notas mais “pesadas” para as notas de matemática, enquanto um curso de história pode dar mais importância para as provas de redação e de linguagens.

Quando há essa possibilidade, o sistema faz o cálculo automaticamente dentro das notas do candidato, dando para ele uma nova pontuação conforme o peso de cada prova para a vaga destinada.

Publicidade

Assim, pode ser que sua pontuação no geral sofra com mudanças, variando de acordo com o curso que for escolhido dentro do SISU.

Publicidade

Acompanhamento diário das notas do SISU

Diariamente é feito o cálculo das notas pelo Sisu, sendo assim, divulgadas as notas de corte parciais para que assim, se possa entrar em cada curso diante das notas que os concorrentes acabaram tendo no Enem e nas vagas que estão disponíveis para o curso, o turno, a universidade e também a modalidade da concorrência.

Dessa maneira, o candidato pode fazer a consulta das notas de corte e então, verificar se possui a pontuação necessária para a vaga desejada.

Se não tiver a nota suficiente para passar no processo, é possível mudar de curso quantas vezes se desejar, obviamente enquanto as inscrições do SISU estiverem abertas.

Publicidade

Publicidade

É importante destacar que serão consideradas sempre a última opção em que o candidato fez a alteração dentro do sistema.

Por isso, você deve ficar de olho no calendário do SISU e das demais atualizações desse processo seletivo, visto que essa pode ser a sua chance de conseguir adentrar na tão sonhada universidade dos seus sonhos e no curso que ama.

Continue acompanhando nosso site para obter esta e demais informações sobre os programas de inclusão do governo e fique por dentro.

Marcela MazettoJornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.
Veja mais ›
Fechar