Título Eleitorial deve ser regularizado até 4 de maio

Título Eleitorial deve ser regularizado até 4 de maio (Imagem: Reprodução/TSE)
Título Eleitorial deve ser regularizado até 4 de maio (Imagem: Reprodução/TSE)

Está com o Título Eleitoral irregular? Pois saiba que você tem até o dia 4 de maio para regularizá-lo caso queira votar nas eleições de 2022. Se você precisa regularizar seu título, confira esta matéria especial do No Detalhe e tire todas as suas dúvidas sobre o processo de regularização!

Como regularizar o título eleitoral em 2022

Antes de regularizar o seu título eleitoral, verifique a sua situação eleitoral no site do Tribunal Superior Eleitoral clicando aqui e apertando em seguida em “situação eleitoral” no canto direito. Você deverá informar o seu nome ou o número do seu título de eleitor ou então o do seu CPF. Dessa forma, você descobrirá se está em situação regular ou não, bem como se concluiu ou não a biometria.

Publicidade

Publicidade

Caso esteja com o título eleitoral irregular, você poderá solicitar a regularização pelo próprio site (no link disponibilizado acima) ou então pelo aplicativo e-Título, disponível para Android e iOS. Para isso, você precisará enviar uma imagem ou um arquivo em PDF de um documento oficial com foto (frente e verso), um comprovante de residência (com três meses de moradia), um recibo de pagamento de débitos com a justiça eleitoral (caso tenha) e um comprovante de quitação do serviço militar (para homens maiores de 18 anos).

Além disso, você também vai precisar tirar uma selfie segurando próximo de si o documento oficial informado na solicitação. Você não poderá estar com nenhum acessório durante essa foto (nem mesmo óculos).

 

Publicidade

Publicidade

O que acontece com quem não regulariza o título de eleitor

Título Eleitorial deve ser regularizado até 4 de maio (Imagem: Reprodução/TSE)
Título Eleitorial deve ser regularizado até 4 de maio (Imagem: Reprodução/TSE)

Embora, por conta da pandemia, as consequências de estar com o título de eleitor irregular tenham sido amenizadas, é muito importante estar em dia com a justiça eleitoral.

Além de não poder votar nas eleições, o eleitor com o título irregular vai ter problemas na hora de obter ou renovar o passaporte ou a carteira de identidade, participar de concursos públicos, renovas matrículas em colégios, faculdades etc.

Caso não haja a regularização, o título será cancelado. Nesse caso, o indivíduo precisará ir até um cartório eleitoral, com documento de identificação com foto e comprovante de residência, a fim de solicitar novamente o alistamento eleitoral.

Eleições 2022

As eleições 2022 estão previstas para acontecer nos dias 2 de outubro (1º turno) e 30 de outubro (2º turno). Nestes dias, os brasileiros vão poder eleger o Presidente e o Vice-Presidente da República, além de senadores, deputados estaduais, deputados federais e governadores.

Para o cargo de presidente, alguns nomes já estão sendo cotados como pré-candidatos, como Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), Sergio Moro (Podemos) e João Dória (PSDB).

Lembrando que, caso você esteja com o seu título de eleitoral irregular, você precisará regularizá-lo até o dia 4 de maio. Do contrário, você não poderá votar nas eleições de 2022.

Publicidade

Publicidade

Gostou dessa matéria? Pois aproveite e confira também:
Fake News nas eleições de 2022: saiba como se proteger da desinformação!

Alexandre PeresEditor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação, revisão e editoração de textos para Web.
Veja mais ›
Fechar