Um milhão de pessoas quitaram dívidas no feirão limpa nome da Serasa por R$ 100

Um milhão de inadimplentes já conseguiram quitar dívidas no feirão limpa nome da Serasa, que vai até o dia 22 de agosto. A ação, que começou em julho, abre a possibilidade que pessoas paguem contas em atraso por R$100,00. 

No ano passado, mais de seis milhões de dívidas foram quitadas com o auxílio da Serasa. Neste ano, mais de R$12 bilhões em descontos em mais de 14 milhões de dívidas estão sendo oferecidos para os consumidores brasileiros. 

Publicidade

Publicidade

O propósito da Serasa é oferecer soluções para melhorar a saúde financeira da população e percebemos, pelo resultado dessa ação em 2020, que ela foi essencial para que milhões de brasileiros pudessem pagar as suas dívidas com ótimas condições. Já nesse momento tão difícil, acreditamos que a ação de R$100 é, novamente, uma excelente opção para que os brasileiros negociem suas dívidas por um valor que caiba no bolso e possam retomar o acesso ao crédito” conta o Nathalia Dirani, gerente da Serasa.

Desde o dia 12  de julho foram disponibilizados R$ 3 bilhões em descontos. 

Até o momento, os estados que mais renegociaram débitos foram: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Bahia, Rio Grande do Sul, Ceará, Pernambuco, Goiás e Pará. 

Quais empresas participam do feirão limpa nome da Serasa?

Veja como participar do feirão limpa nome da Serasa
Feirão limpa nome da Serasa vai até o dia 22 de agosto. Veja quais empresas participam e como fazer a renegociação de dívidas em três minutos. (Imagem: Rovena Rosa / Agência Brasil)

A Serasa fez uma parceria com 24 empresas dos mais diversos segmentos, como vestuário e telefonia. A partir deste acordo, os consumidores inadimplentes podem pagar seus débitos com descontos que vão até 99%.

Publicidade

Publicidade

As empresas participantes do feirão limpa nome são:

  • Ativos;
  • Atlântico;
  • Avon;
  • BMG;
  • Bradesco;
  • Calcard;
  • Casas Bahia;
  • Claro;
  • Colombo;
  • Crediativos;
  • Credsystem;
  • Digio;
  • Hoepers;
  • Itapeva;
  • Itaú;
  • MGW;
  • Pernambucanas;
  • Ponto Frio;
  • Recovery;
  • Renner;
  • Riachuelo;
  • Tribanco;
  • Vivo;
  • Zema;

Como fazer para participar do feirão limpa nome da Serasa?

Veja o passo a passo para participar do feirão limpa nome da Serasa até o dia 22 de agosto. A negociação de dívidas leva em torno de três minutos. 

  1. Acessar o site www.serasa.com.br/limpa-nome-online ou baixar o aplicativo;
  2. Digitar o CPF e fazer um cadastro;
  3. Após essa etapa, todas as dívidas do consumidor vão aparecer na tela;
  4. Para conhecer as condições oferecidas para pagamento dos débitos, basta clicar em uma das dívidas;
  5. Escolher uma das opções de valor;
  6. Selecionar se o pagamento vai ser à vista, parcelado e qual a melhor data de vencimento;
  7. A plataforma da Serasa vai gerar um ou mais boletos, dependendo do número de parcelas escolhido pelo consumidor;
  8. O boleto pode ser pago de forma online, em qualquer agência bancária ou em uma lotérica. 

Neste momento, a Serasa aconselha que as pessoas priorizem os meios digitais, mas para quem preferir negociar presencialmente em uma das unidades dos Correios, siga as orientações do Ministério da Saúde e acesse o site www.correios.com.br para conferir os horários de funcionamento antes de se dirigir a uma das agências”, informa a Serasa por meio de nota. 

Quem preferir, também pode usar o canal do WhatsApp para fazer a renegociação de dívidas. O telefone é: (11) 98870-7025.

Como está a inadimplência no Brasil?

De acordo com a Serasa, o valor médio das dívidas por negativado é o maior dos últimos doze meses, chegando a R$3.937,38.

O estudo Mapa da Inadimplência no Brasil, divulgado em maio deste ano, aponta que existem 62,56 milhões de pessoas com contas em atraso no país. Isso representa o valor de R$211,58 milhões em dívidas. 

As principais dívidas são:

  • Banco/cartão (29,7%);
  • Utilities (22,3%);
  • Varejo (13%).
Publicidade

Publicidade

Os Estados com os maiores níveis de inadimplência são:

  • São Paulo: 15 milhões de pessoas;
  • Rio de Janeiro: 6,16 milhões de pessoas;
  • Minas Gerais: 9,5 milhões de pessoas;
  • Bahia: 3,92 milhões de pessoas;
  • Paraná: 3,27 milhões de pessoas. 

O perfil dos inadimplentes é bem dividido. Um pouco mais da metade (50,1%) são mulheres.  A faixa etária com mais contas em haver é dos 26 aos 40 anos (35,8%), seguida por pessoas de 41 a 60 anos (34,8%), idosos com mais de 60 anos (16,9%) e, por fim, jovens de até 25 anos (16,4%). 

 

Fontes: IG e Mapa da Inadimplência no Brasil

Publicidade

Marina Darie
Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário