Vacinação contra Covid para pessoas com 40 anos ou mais começa sábado, 17 de julho em Brasília

Com a chegada do coronavírus, muito pouco se foi feito de início para que o processo de vacinação fosse ampliado, sendo que muitas vidas acabaram sendo perdidas, a maioria das quais poderiam estar aqui entre nós nesse momento.

Você sabia que a vacinação contra o covid-19 de pessoas com 40 anos ou mais, está começando nesse sábado, na cidade de Brasília?

Publicidade

Publicidade

Veja aqui mais sobre como funcionará esse processo, quais são as principais diferenças entre demais cidades e tudo que precisa saber.

Vacinação contra Covid para pessoas com 40 anos ou mais começa sábado, 17 de julho em Brasília

Vacinação contra Covid para pessoas com 40 anos ou mais começa sábado, 17 de julho em Brasília

O Governo do Distrito Federal – GDF – diante da Secretaria de Saúde – SES -, fez a reorganização do escalonamento via faixa etária da vacinação, liberando assim, nessa sexta-feira no horário das 15h, o agendamento para a população entre 40 até 49 anos.

O avanço desse imunização, do qual começou e continua no final de semana, só se torna possível com a chegada de cerca de 62,5 mil doses desses imunizantes, dos quais foram entregues pelo Ministério da Saúde na noite de quinta-feira.

Publicidade

Publicidade

Desse total, cerca de 46,5 mil são destinadas apenas para essa faixa etária em destaque.

Já na próxima semana, nos dias 24 até 25 de julho, a Secretaria Saúde fará o que foi chamado de “repescagem da imunização” para as pessoas que possuem entre 50 até 59 anos, que ainda não tiveram acesso a primeira dose.

Serão destinadas 8 mil doses, sem que exista a necessidade do agendamento, assim, o governo poderá cumprir cerca de 100% do cronograma para essa faixa de idade.

Essas medidas foram anunciados por meio de uma coletiva de imprensa na última quinta-feira, no Palácio do Buriti. É esperado que mais ou menos 50 mil pessoas que tenham 40 anos e que moram no Distrito Federal possam se imunizar.

Enquanto isso, o Secretário da Casa Civil e também o condutor da coletiva, Gustavo Rocha, disse que o Governo decidiu fazer a reorganização do processo para assim, evitar o desperdício das vacinas.

Agora é o momento de dar mais uma chance de prioridade, porém, depois desse prazo, as doses que forem separadas para a população, das quais não foram aplicadas, serão remanejadas para um agendamento de demais grupos mais jovens.

Publicidade

Publicidade

Outras 500 vagas estão sendo abertas para os demais cidadãos que possuem comorbidades e ainda não puderam se vacinar.

Essa vacinação de grávidas e puérperas, que são mulheres que tem menos de 45 dias depois do parto – será retomada na semana que vem, visto que mais doses de demais fabricantes chegarão, conforme previsão.

Mutirão da segunda dose

Nesse final de semana, a Secretaria de Saúde promoveu um mutirão da campanha para a imunização da segunda fase.

Serão disponíveis cerca de 10 mil doses nessa sexta-feira, sendo que 17 mil serão aplicadas no sábado, enquanto 7,5 mil no domingo, dentro dos drive thru que serão instalados no SESC de Ceilândia, no Taguaparque, em Taguatinga.

Publicidade

Além disso, também serão aplicadas no QG do exército, no Setor Militar Urbano, na Torre de TV e no Estacionamento 12 no Parque da Cidade, onde os dois estão dentro do Plano Piloto.

Lentidão na vacinação e procura pela xepa

O final da tarde de sexta-feira acabou sendo um dos momentos mais esperados da semana por aqueles que ainda não tinham tomado a vacina da covid-19 e moram na cidade de Brasília.

Diante do processo lento da vacinação dentro do Distrito Federal, vários moradores acabaram indo para demais unidades básicas de saúde entre os horários das 16h até às 17h, buscando a dose da vacina chamada de “xepa”, que é a pequena sobra da qual não se pode ser jogada fora e deve ser aplicada no mesmo dia em que é aberta.

Essa busca pela xepa acontece todos os dias da semana, porém, sexta-feira é conhecida por ser o dia de maior procura do processo.

Publicidade

Publicidade

Isso acontece porque os frascos de alguns dos imunizantes, quando são abertos, só podem ser guardados de um dia para o outro.

Porém, como a maioria das unidades de saúde dentro do Distrito Federal não faz a aplicação durante os finais de semana, todas essas sobras precisam ser aplicadas na sexta-feira.

Dessa maneira, é sempre alta a procura especificamente nesse dia da semana, visto que é uma oportunidade única para algumas pessoas conseguirem se vacinar o quanto antes.

Continue lendo aqui essa e demais informações sobre a vacinação e fique por dentro.

Marcela MazettoJornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.
Veja mais ›
Fechar