Vai dar para fazer PIX pelo Whatsapp a partir de agosto de 2021

O Banco Central divulgou mais uma novidade para o PIX em 2021: vai dar para fazer transferências pelo Whatsapp. 

Segundo o pronunciamento da instituição realizado na última quinta-feira, 22 de julho, a ideia de integrar os serviços é facilitar pagamentos instantâneos para os comércios online e empresas que fazem uso do PIX e já atendem os clientes por meio do Whatsapp.

Publicidade

Publicidade

A previsão é que a novidade seja liberada para teste dos usuários no dia 30 de agosto de 2021. 

Whatsapp Pay vai aceitar PIX
Whatsapp Pay vai aceitar PIX | Imagem: No Detalhe

Como vai funcionar o PIX pelo Whatsapp?

Para conseguir fazer o pagamento do PIX pelo Whatsapp o usuário precisará ter uma chave PIX cadastrada e também ter realizado uma conta no Whatsapp Pay.

Neste caso, o Whatsapp serve somente como um intermediador do processo, já que a transferência é realizada pelo sistema do Banco Central, pelo aplicativo do PIX. 

Publicidade

Publicidade

Ou seja, ao conversar com um contato do Whatsapp o pagamento poderá ser iniciado a partir do aplicativo de mensagens, sem precisar abrir o app do banco.

Assim, o usuário tem a sensação de que todo o processo de pagamento é feito pelo Whatsapp. Nas a verdade é que a integração dos serviços permite que o aplicativo mensageiro disponibilize as páginas dos processos: informar o valor, a chave do remetente, destinatário e a autentificação. É o mesmo processo que anexar uma foto.

Carlos Eduardo Brandt, chefe de Gerência de Gestão e Operações do PIX no Banco Central explica o funcionamento:

 Assim que eu autorizar a transferência, eu vou autenticar no ambiente do aplicativo do banco A e automaticamente esse aplicativo de mensagem chama o aplicativo do banco A. Depois que autenticar, o dinheiro cai automaticamente na conta corrente ou de poupança do recebedor”, explicou Carlos Eduardo Brandt, chefe de Gerência de Gestão e Operações do PIX no Banco Central em entrevista à Exame.

Outra vantagem de conectar os dois serviços é que o usuário consegue fazer e receber transferências ainda mais rápido, já que pode unificar o pagamento e a conversa num único aplicativo que não precisa nem de login.

Se eu estiver conversando em um aplicativo de mensagens com você e quiser te mandar um Pix, eu tenho que sair do aplicativo de mensagens, entrar no aplicativo do meu banco, colocar minha senha, procurar um ambiente Pix, colocar a chave Pix, autenticar e confirmar”,  exemplifica Breno Lobo, da Gerência de Gestão e Operação do Pix do Banco Central.

Até o momento, o BC já fez uma parceria com o Whatsapp para conseguir a liberação para ser um emissor de valores.  Agora, a plataforma precisa iniciar a operação que permite a inclusão do PIX, assim como já liberou para outras instituições financeiras, como o Nubank. 

Confira outras notícias sobre o PIX

Como fazer uma cobrança PIX para um cliente no Whatsapp

  1. Faça o cadastro no Whatsapp Pay para liberar o uso do seu PIX por meio do aplicativo;
  2. No aplicativo será possível incluir o PIX como forma de pagamento, assim como já é possível cadastrar conta-corrente de bancos;
  3. Na conversa com seu cliente, no momento de pagar a compra, o cliente poderá solicitar a opção de enviar uma transferência PIX;
  4. Ao escolher pela opção o cliente será redirecionado para uma tela da instituição bancária onde tem o PIX cadastrado. Lá deverá ser feita autenticação e transferência do valor combinado;
  5. Ao finalizar a transação o comprovante é enviado diretamente para a conversa no Whatsapp.
Publicidade

Publicidade

O Whatsapp Pay não tem custo nenhum, mas tem algumas limitações. São elas:

  • Limitado a pagamentos de até R$ 1 mil por operação;
  • Limite mensal de R$ 5 mil entre enviados e recebidos;
  • Permite até 20 transações por dia.

Gostou da novidade? Então confira aqui como fazer cadastro no Whatsapp Pay. 

Confira mais notícias sobre o Whatsapp Pay

Fonte: Exame

Publicidade

Avatar
Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e especialista em Negócios Digitais. Tem mais de 600 artigos publicados em sites dos mais variados nichos e quatro anos de experiência em marketing digital. Em seus trabalhos, busca usar da informação consciente como um instrumento de impacto positivo na sociedade.
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário