Vale-gás de cozinha Ceará: Atente-se para os prazos para troca! Confira como fazer!

botijões de gás
Vale-gás de cozinha Ceará: Atente-se para os prazos para troca! Confira como fazer!

Para minimizar os efeitos da pandemia do coronavírus, o governo do cearense lançou o vale-gás de cozinha Ceará. 

O programa já está em vigor e as famílias contempladas devem estar atentas ao prazo de validade dos tíquetes. 

Publicidade

Publicidade

De acordo com a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), o prazo vai até junho.

Sedo assim, um representante familiar precisa solicitar a troca do vale junto à Nacional Gás. A medida deve atender 255.577 famílias. 

Além do apoio da Nacional Gás, o Grupo Edson Queiroz, também está participando da ação. 

Publicidade

Publicidade

O presidente executivo do Grupo, Carlos Rotella, destacou a importância do vale para o combate aos efeitos da pandemia, principalmente sobre a população mais vulnerável. 

O Grupo Edson Queiroz, por meio da Nacional Gás, mais uma vez contribui para o enfrentamento da pandemia no Ceará. Viabilizamos a aquisição, por parte do Governo do Estado, de 250 mil recargas de gás, que serão repassadas às famílias em dificuldades neste momento. Nos unimos ao esforço conjunto de ajudar a milhares de cearenses com o nosso gás de cozinha, produto essencial para as necessidades básicas neste período de isolamento rígido. 

botijões de gás
Vale-gás de cozinha Ceará: Atente-se para os prazos para troca! Confira como fazer!

Como trocar o vale-gás de cozinha Ceará?

Para fazer a troca do vale – que já foi entregue – pelo botijão de gás, basta ligar para o número 0800 702 1200. Vale ressaltar que a ligação é gratuita.

Outra observação é que cada prefeitura pode adotar uma estratégia diferente de entrega. Sendo assim, é preciso entrar em contato com a prefeitura da sua cidade para se informar. 

Após fazer a ligação, o cidadão deve ir até um dos revendedores habilitados e levar o botijão de gás vazio. Assim, será feita a troca, mesmo que o botijão seja de outra marca, que não da Nacional Gás. 

Em nota, a empresa informa que é possível receber o gás em casa, por meio do atendimento domiciliar: 

“Em cidades que as revendas entregam em domicílio, recomenda-se solicitar essa modalidade de atendimento e aguardar o recebimento do produto na residência, pois é uma maneira de o cidadão não precisar sair de casa. Para isso, basta ligar para a revenda Nacional Gás mais próxima e agendar a entrega do botijão”, ressalta a Nacional Gás. 

Já nos casos de cidades que não tem pontos de revenda da Nacional Gás, os beneficiários serão comunicados sobre uma nova data, hora e local para a troca do vale.

Quem tem direito ao vale-gás de cozinha Ceará?

Publicidade

Publicidade

Para fazer parte do programa que dá o vale-gás de cozinha Ceará, é preciso atender alguns requisitos, como:

  • Ser uma das famílias assistidas pelo Cartão Mais Infância Ceará;  
  • Participar do Bolsa Família, porém com renda “per capita” igual ou inferior a R$ 89,34
  • Ter jovens em situação de vulnerabilidade social inscritos no Programa Superação, na composição familiar. 
  • Ser inscrito no CadÚnico, Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. 

O que é o Vale-Gás?

Como dito, essa medida foi tomada para minimizar os danos causados pela pandemia da Covid-19. O governo, em acordo com as prefeituras, irá distribuir tickets para serem trocados por botijões cheios de gás de cozinha 

Para evitar aglomerações, o governo dividiu a distribuição em duas etapas. O primeiro lote já começou, mas o segundo está previsto para os dias 4 e 5 de maio. Esse, deve atender pelo menos 125.263 famílias. 

O governo informou, ainda, que há possibilidade de ampliação do projeto e abertura de uma terceira entrega dos vales remanescentes. 

Publicidade

O vale-gás Ceará foi instituído pela primeira vez no ano passado (2020). Inicialmente, a distribuição foi feita por meio dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), que distribuíram os vales aos cidadãos mediante apresentação de documentos e comprovante de residência.

Publicidade

Amanda LinoJornalista com mais de 8 anos de experiência. Trabalhou como redatora, repórter e produtora na emissora Nossa Rádio FM e produtora na Metropolitana AM, depois foi diretora-geral do conhecido podcast Mamilos, passou por algumas agências de São Paulo e Rio de Janeiro e agora, além de colaboradora da WebGo Content, é Copy Content na In House da divisão agrícola da Bayer e Host/Criadora do podcast "Me Empresta Seus Óculos".
Veja mais ›
Fechar