Vale-mercado de R$ 150 em Ponta Grossa tem inscrições abertas até 21 de setembro

A Prefeitura de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, anunciou a quarta etapa do vale-mercado. 

O benefício é destinado às pessoas em estado de vulnerabilidade e tem o valor de R$ 150,00 para uso nas unidades do Mercado da Família. 

Publicidade

Publicidade

As famílias interessadas em solicitar o benefício, devem fazer o cadastro por meio do site da prefeitura. 

Vale-mercado de R$ 150 em Ponta Grossa tem inscrições abertas até 21 de setembro
Vale-mercado de R$ 150 em Ponta Grossa tem inscrições abertas até 21 de setembro.

Quem pode se inscrever no vale-mercado

Conforme a prefeitura, terão direito ao benefício os que atendem os seguintes critérios: 

  • Ter pelo menos 18 anos completos (salvo no caso de mãe adolescente) e não ter renda fixa;
  • Microempreendedores individuais (MEIs) da cidade sem renda nos últimos seis meses;
  • Pessoas inscritas no Programa Ambulante Legal que realizaram o curso pela Secretaria Municipal de Indústria Comércio e Qualificação Profissional;
  • Famílias, trabalhadores informais e autônomos com renda de até R$ 178 per capita;
  • Desempregados há mais de 6 meses.

Como se inscrever

Segundo a prefeitura, serão mensalmente atendidas 4.250 famílias com o auxílio. 

Publicidade

Publicidade

A ação faz parte do plano de 10 medidas anunciadas para auxiliar na retomada econômica e social da cidade em meio à pandemia da Covid-19.

Para receber o auxílio, é necessário fazer o cadastro online no site da prefeitura. A Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA) informa que o cadastramento presencial acontecerá entre os dias 16 de agosto e 21 de setembro de 2021.

A Secretaria também informa que nos feriados dos dias 7 e 15 de setembro não serão realizados atendimentos e as unidades do Mercado da Família estarão fechadas.

O secretário Bruno Costa disse que o Programa está cumprindo com o objetivo de garantir assistência para a população durante a crise sanitária que vivemos: 

Nas três primeiras etapas, cerca de 10.300 atendimentos foram realizados e mais de R$ 1,5 milhão em vale compras foram distribuídos, comenta.

Nesta 4ª etapa do benefício, Costa lembra para os cidadãos que realizaram o agendamento on-line, no momento do atendimento presencial, será necessária a apresentação dos seguintes documentos: 

  • RG
  • CPF
  • Carteira de Trabalho
  • Talão de luz
  • Certidão de Casamento e documentação do cônjuge e seus dependentes, incluindo Carteira de Trabalho para dependentes maiores de 18 anos para pessoa física. 

Vale ressaltar que o vale-mercado tem validade de 30 dias corridos e no mês seguinte, o beneficiário deverá comprovar novamente a necessidade de receber o auxílio.

Jornalista com mais de 8 anos de experiência. Trabalhou como redatora, repórter e produtora na emissora Nossa Rádio FM e produtora na Metropolitana AM, depois foi diretora-geral do conhecido podcast Mamilos, passou por algumas agências de São Paulo e Rio de Janeiro e agora, além de colaboradora da WebGo Content, é Copy Content na In House da divisão agrícola da Bayer e Host/Criadora do podcast "Me Empresta Seus Óculos".
InstagramLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário