Valor da aposentadoria em 2022 sofrerá reajuste e teto será de R$6.832

Na última terça-feira, 31, o Ministério da Economia encaminhou ao Congresso Nacional o projeto de Lei Orçamentária Anual.

O documento propõe o aumento do salário mínimo de R$1.100 para R$1.169. Caso seja aprovado, o PLOA poderá reajustar o teto dos pagamentos do Instituto Nacional de Seguridade Social em aproximadamente 6,2%.

Publicidade

Publicidade

Inflação

Tal decisão tem como base a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor até dezembro. 

Contudo, o valor ainda pode ser alterado pelo Congresso até o fim do ano, pois o percentual é apenas uma estimativa. 

Aposentados e pensionistas serão beneficiados com as mudanças nos pagamentos de 2022

O índice mais confiável só será gerado em janeiro de 2022 a partir de informações que serão fornecidas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística com base em dados de janeiro de dezembro de 2021.

Publicidade

Publicidade

Além da proposta enviada ontem ao Congresso Nacional, também existe a possibilidade de ser incluído no reajuste a diferença de R$2, que inicialmente não foi incorporada ao salário mínimo deste ano a fim de cobrir a medida final em 2020.

Governos

Apesar de o salário mínimo ter sido impactado pela política de valorização real desde 2006, durante o governo Lula e seguido nos governos de Dilma e Temer, a política de aumento real chegou ao fim no governo do atual presidente Jair Bolsonaro.

Uma correção do valor já havia sido proposta anteriormente ao crescimento do Produto Interno Bruto, mas quando estava zerado, o reajuste do PIB era apenas da inflação.

No atual governo a desvinculação do PIB não foi realizada, mas a previsão do reajuste é menor do que previsto para 2020, quando o INPC terminou o ano em 5,45%, e o mínimo subiu 5,26%.

Reajuste

Diante das mudanças previstas veja como poderá ficar os pagamentos do INSS para o próximo ano com o reajuste:

  • R$1.100 para R$1.169;
  • R$1.200 para R$1.274,40;
  • R$1.300 para R$1.380,60;
  • R$1.400 para R$1.486,80;
  • R$1.500 para R$1.593,00;
  • R$1.600 para R$1.699,20;
  • R$1.700 para R$1.805,40;
  • R$1.800 para R$1.911,60;
  • R$1.900 para R$2.017,80;
  • R$2.000 para R$2.124,00;
  • R$2.100 para R$2.230,20;
  • R$2.200 para R$2.336,40;
  • R$2.300 para R$2.442,60;
  • R$2.400 para R$2.548,80;
  • R$2.500 para R$2.655,00;
  • R$2.600 para R$2.761,20;
  • R$2.700 para R$2.867,40;
  • R$2.800 para R$2.973,60;
  • R$2.900 para R$3.079,80;
  • R$3.000 para R$3.186,00;
  • R$3.100 para R$3.292,20;
  • R$3.200 para R$3.398,40;
  • R$3.300 para R$3.504,60;
  • R$3.400 para R$3.610,80;
  • R$3.500 para R$3.717,00;
  • R$3.600 para R$3.823,20;
  • R$3.700 para R$3.929,40;
  • R$3.800 para R$4.035,60;
  • R$3.900 para R$4.141,80;
  • R$4.000 para R$4.248,00;
  • R$4.100 para R$4.354,20;
  • R$4.200 para R$4.460,40;
  • R$4.300 para R$4.566,60;
  • R$4.400 para R$4.672,80;
  • R$4.500 para R$4.779,00;
  • R$4.600 para R$4.885,20;
  • R$4.700 para R$4.991,40;
  • R$4.800 para R$5.097,60;
  • R$4.900 para R$5.203,80;
  • R$5.000 para R$5.310,00;
  • R$5.100 para R$5.416,20;
  • R$5.200 para R$5.522,40;
  • R$5.300 para R$5.628,60;
  • R$5.400 para R$5.734,80;
  • R$5.500 para R$5.841,00;
  • R$5.600 para R$5.947,20;
  • R$5.700 para R$6.053,40;
  • R$5.800 para R$6.159,60;
  • R$5.900 para R$6.265,80;
  • R$6.000 para R$6.372,00;
  • R$6.100 para R$6.478,20;
  • R$6.200 para R$6.584,40;
  • R$6.300 para R$6.690,60;
  • R$6.400 para R$6.796,80;
  • R$6.443,57 para R$6.843,07.

Vale lembrar que os números podem ser alterados na previsão para o final do ano.

Aposentadoria

Publicidade

Publicidade

Agora que você já sabe sobre as possíveis mudanças no INSS, veja como solicitar a aposentadoria para o próximo ano.

Antes de qualquer coisa será necessário separar alguns documentos, como:

  • RG e CPF;
  • Carteira de trabalho;
  • Extrato de contribuição (CNIS);
  • Comprovante de residência;
  • Requerimento por escrito;
  • Comprovantes de atividade especial;
  • Carnês de contribuição.

Depois basta acessar o site do Meu INSS ou fazer o download do aplicativo no celular e seguir o passo a passo abaixo:

  1. Faça o cadastro;
  2. Preencha as informações solicitadas;
  3. Selecione a opção “Pedir aposentadoria”;
  4. Selecione o tipo de aposentadoria desejada;
  5. Forneça as documentações solicitadas;
  6. Pronto! É só aguardar a aprovação do benefício.

Vale lembrar que alguns procedimentos podem ser diferentes de acordo com o tipo de benefício a ser recebido. Nesse caso, consulte o INSS para mais informações.

Publicidade

Fontes: Folha e IG.

Publicidade

Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo atuante na chamada "massa de mídias", trazendo mais um braço da pluralidade de opinião em detrimento do mito da imparcialidade.
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário