Quais as vantagens e desvantagens de ser MEI? Conheça!

Abrir o próprio negócio está cada vez mais acessível, e a opção mais viável é se cadastrar no MEI. Existem muitos benefícios em se tornar um Microempreendedor Individual. Mas será que também existem desvantagens?

Para responder a esta pergunta, criamos um guia de vantagens e desvantagens de ser MEI. Se você deseja se tornar Microempreendedor Individual e ainda está com dúvidas, continue com a gente, pois vamos te auxiliar.

Publicidade

Publicidade

O que significa MEI?

Antes de tudo, vamos entender o significado de MEI. A sigla corresponde a “Microempreendedor Individual”, que são profissionais autônomos, cadastrados no regime do Simples Nacional e que possuem CNPJ.

Se cadastrar no MEI é muito simples, basta acessar o Portal do Empreendedor, do Governo Federal, e preencher o formulário de inscrição. Com apenas estes passos você consegue abrir seu CNPJ MEI.

Mas é preciso estar atento a alguns critérios estabelecidos pelo Simples. Entre eles, estão o faturamento anual do profissional para ser aceito no MEI, que deve ser de até R$ 81 mil por ano.

Publicidade

Publicidade

mulher sentada em sofá com notebook no colo

Vantagens e desvantagens de ser MEI

A principal vantagem de ser MEI é não precisar pagar taxas de registro, pagar menos impostos e burocracia mais simples.

Confira abaixo os detalhes sobre as vantagens de se tornar MEI.

Vantagens de ser MEI

  • Tributos e valores fixos mais baixos: Os valores dependem do tipo de atividade que sua empresa exerce, mas a média mensal é de R$ 60. Porém, o valor é reajustado todos os anos, conforme o salário mínimo.
  • Cobertura Previdenciária do INSS: Entre os benefícios que o MEI possui na Previdência Social, estão: auxílio-doença, auxílio-reclusão, pensão por morte, aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez e salário-maternidade. Todos estes benefícios são concedidos aos Microempreendedores Individuais por um valor irrisório de 5% do salário mínimo.
  • Suporte do Sebrae: Além de todas as vantagens acima, o MEI recebe suporte técnico do Sebrae. Durante este período, o profissional aprende a negociar, obter preços e condições nas compras de mercadorias para revendas, além de prazos com atacadistas e melhor margem de lucros.
  • Crédito facilitado: Quem se torna MEI tem crédito facilitado e taxas diferenciadas em alguns bancos, como a Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. O governo fomenta o desenvolvimento dos microempreendedores através dos bancos públicos, oferecendo acesso ao crédito de forma simples e facilitada.

Desvantagens de ser MEI

  • Limite de crescimento da empresa: Para ser MEI, a empresa deve se encaixar nos critérios estabelecidos. Caso o negócio se expanda e tenha filiais, por exemplo, já não poderá mais ser MEI. Quando a empresa cresce, se enquadra nas categorias de microempresa ou empresa de pequeno porte.
  • Limite anual de renda: O limite de renda anual do MEI é de R$ 81 mil. Se o faturamento ultrapassar este valor, o microempreendedor deverá registrar sua empresa em outra categoria.
  • Aposentadoria limitada: Uma das maiores desvantagens de ser MEI é o valor da aposentadoria. O benefício é limitado, com valor de apenas um salário mínimo, que só pode ser solicitado de acordo com o tempo de serviço do microempreendedor ou por invalidez.

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens de ser MEI, avalie as possibilidades e estude o cenário.

Assim, ao realizar o cadastro no MEI, você estará certo de que tomou a melhor decisão.

Avatar
Jornalista formada pela Universidade Luterana do Brasil de Canoas/RS. Repórter, apresentadora, roteirista e redatora, com experiência em rádio, televisão e online.
FacebookInstagramLinkedinWikipédia

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário