Já disponível, Auxílio Bitcoin promete R$ 120 a TODO BRASILEIRO; tem pegadinha?

Alexandre G. Peres

25/10/2022

Na última segunda-feira (24), ficou disponível o novo “Auxílio Bitcoin“, uma iniciativa de duas empresas privadas que promete depositar R$ 120 na conta de todo brasileiro com mais de 18 anos — mas que requer MUITO cuidado.

A seguir, nesta matéria do No Detalhe, você vai entender melhor como esse “Auxílio Bitcoin” funciona — e se há ou não alguma pegadinha por trás. Continue lendo e tire suas dúvidas!

Auxílio Bitcoin: como funciona?

O Auxílio Bitcoin é um programa criado pela Vitreo Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. e a Empiricus Research Publicações S.A. e tem como principal objetivo estimular investimentos em criptoativos por parte dos brasileiros.

Aproveite e leia também:
Dê adeus à Poupança: 3 motivos para tirar seu dinheiro dela hoje mesmo!

Todos os brasileiros que fizerem a assinatura anual da Série Empiricus Crypto Legacy (12x de R$ 18, ou R$ 205,20 à vista) e abrirem uma conta na Empiricus Investimentos receberão um depósito de R$ 120,00.

O dinheiro é depositado apenas após a abertura da conta, que envolve uma espécie de análise e aprovação por parte da Empiricus.

Posso gastar os R$ 120,00 como quiser?

De acordo com a Empiricus, sim! Uma vez que você tenha assinado a Série Empiricus Crypto Legacy e aberto sua conta na Empiricus, você receberá os R$ 120,00 e poderá usá-lo da forma como quiser.

Ou seja, você não é obrigado a gastá-lo com investimentos na Empirus, embora a empresa recomende o investimento do dinheiro, especialmente em criptoativos, prometendo multiplicá-lo em até 10 vezes.

Vale a pena resgatar esse dinheiro?

É preciso cuidado: embora libere R$ 120,00 na conta, a assinatura do plano anual da Série Empiricus Crypto Legacy é de R$ 205,00 à vista.

Esse movimento só vale a pena caso o cliente realmente consiga multiplicar os R$ 120 com investimentos dentro da Empiricus, aproveitando as dicas de investimento em criptoativos do curso Empiricus Crypto Legacy.

Porém, mesmo assim é preciso cuidado, pois o mercado de criptoativos é bastante instável e recentemente passou por momentos ruins, afetando até mesmo a principal criptomoeda do mercado: o BitCoin, que teve uma queda de R$ 351.572,48 em 12 de novembro de 2021 para R$ 97.660,58 em 17 de junho de 2022, ou seja, uma queda de aproximadamente 72%.

Ou seja, apenas investidores experientes vão conseguir multiplicar este valor de R$ 120, e definitivamente não vale a pena aproveitar a promoção apenas para resgatar o dinheiro e gastar com outras coisas.

Você também pode gostar de ler:
Este cartão de crédito gera investimento em sua conta a cada compra

Alexandre G. Peres
Escrito por

Alexandre G. Peres

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação, revisão e editoração de textos para Web.

0

Aguarde, procurando sua resposta