Bolsonaro vai à REDE GLOBO no fim das contas

Bolsonaro vai à REDE GLOBO no fim das contas (Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom - Agência Brasil/Rede Globo)
Bolsonaro vai à REDE GLOBO no fim das contas (Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom - Agência Brasil/Rede Globo)

Nesta sexta-feira (5), a assessoria do presidente Jair Bolsonaro (PL), que está concorrendo às eleições de 2022, confirmou que o candidato irá para as emissoras da Rede Globo no dia 22 de agosto.

O motivo: participar de uma sessão de entrevistas com os candidatos à presidência realizada no Jornal Nacional. A decisão pegou os seguidores do candidato de surpresa, já que Bolsonaro é bastante crítico tanto à Rede Globo quanto ao JN.

Publicidade

Publicidade

Além de já ter ameaçado um repórter do jornal O Globo ao ser questionado sobre cheques que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, recebeu de Fabrício Queiroz, suspeito de corrupção, ao que Bolsonaro respondeu “vontade de encher sua boca de porrada“, o candidato à reeleição também ameaçou não renovar a concessão da Globo, que expira no dia 5 de outubro desse ano.

Porém, visando a reeleição e o alcance que o canal tem, Bolsonaro decidiu comparecer às entrevistas do Jornal Nacional. Mais detalhes sobre isso adiante.

Bolsonaro vai participar de entrevistas na Globo

Entre os dias 22 e 26 de agosto, a Globo vai fazer sessões de entrevista com os candidatos à presidência nas eleições de 2022 que estão melhores colocados nas pesquisas. São eles Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Simone Tebet (MDB). André Janones (Avante) também estava entre os convidados, mas desistiu da candidatura nesta semana para apoiar Lula.

Publicidade

Publicidade

Inicialmente, Bolsonaro tentou mudar o local da entrevista, solicitando que ela fosse realizada na Residência Oficial da Presidência, em Brasília, como aconteceu em 2006 e 2010. Porém, a Globo afirmou que, para não dar vantagem a nenhum dos candidatos, as regras foram mudadas e que todos os candidatos precisariam se deslocar até os estúdios da emissora, localizados no Rio de Janeiro.

Em nota enviada ao canal na noite da última quinta-feira (4), a assessoria do presidente confirmou a ida de Bolsonaro à Globo: “Como não foi possível, de acordo com a resposta da empresa, o Presidente concorda em ir aos estúdios da Rede Globo no Rio de Janeiro para conceder a entrevista“.

Ordem das entrevistas

Cada entrevista terá 40 minutos de duração, e a ordem foi decidida com base em um sorteio. O resultado foi o seguinte:

  • 22 de agosto (segunda-feira): Jair Bolsonaro (PL)
  • 24 de agosto (quarta-feira): Ciro Gomes (PDT)
  • 25 de agosto (quinta-feira): Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
  • 26 de agosto (sexta-feira): Simone Tebet (MDB)

Você também pode gostar de ler:
Bolsonaro vota a prometer algo que não cumpriu durante mandato; entenda

Alexandre PeresEditor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação, revisão e editoração de textos para Web.
Veja mais ›
Fechar