UFT tem inscrições abertas até 27 de junho para programa de inclusão digital que pagará auxílio de R$ 1.500

auxílio inclusão digital uft
UFT oferece auxílio inclusão digital de R$ 1.500 para estudantes de baixa renda. Foto: Reprodução/TV Anhanguera

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) lançou o Programa Inclusão Digital para estudantes com vulnerabilidade socioeconômica. As inscrições abriram na última semana e seguem até às 23h55 do dia 27 de junho (domingo).

O objetivo do programa é ajudar alunos da graduação presencial com um auxílio financeiro de R$ 1.500 para a compra de notebook ou tablet. Conforme destaca a instituição, a participação nas atividades acadêmicas por meio de ensino remoto ou híbrido pode ser algo difícil para estudantes de baixa renda.

Publicidade

Publicidade

Ao todo, o Programa Inclusão Digital da UFT irá contemplar 600 alunos da instituição com um pagamento em parcela única via crédito em conta bancária do estudante. Para participar, é preciso acessar e se cadastrar no Cadastro Único de Bolsas e Auxílios (CUBO).

auxílio inclusão digital uft
UFT oferece auxílio inclusão digital de R$ 1.500 para estudantes de baixa renda. Foto: Reprodução/TV Anhanguera

De acordo com Kherlley Caxias Batista Barbosa, pró-reitor de Assuntos Estudantis da UFT, o Programa de Inclusão digital é uma ação prioritária de assistência estudantil da instituição durante a pandemia.

O programa teve início no ano passado e já atendemos 2.369 estudantes, que usaram o auxílio financeiro para adquirir notebook ou tablet e ter condições para participar das atividades acadêmicas realizadas online”, explicou o pró-reitor.

Veja também: Como antecipar o auxílio emergencial e receber antes da data liberada pela Caixa

Publicidade

Publicidade

Quem pode se inscrever no Programa de Inclusão Digital da UFT 2021?

O processo seletivo do programa da UFT está aberto para alunos dos cursos de graduação presencial da instituição regularmente matriculados e que tenham vulnerabilidade socioeconômica comprovada.

Além disso, os participantes também devem atender a alguns critérios inclusos no edital:

  • Não ter reprovação completa da carga horária matriculada no último semestre realizado;
  • Não ter ultrapassado dois semestres do tempo de duração do curso inscrito no e-MEC;
  • Não constar no Cadastro de Impedimento da Proest (Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis);
  • Não ter pendência com nos Programas Auxílio Saúde ou Auxílio à Participação em Eventos;
  • Não ter recebido o Auxílio Inclusão Digital em edições anteriores;
  • Não estar matriculado na condição de Aluno Especial de Graduação, Intercâmbio Internacional, em cursos de graduação do Programa de Formação de Professores (Parfor), PRONERA ou em cursos de graduação EaD.

Na inscrição, o estudante ainda terá que enviar o anexo I do edital do programa. Para conferir o edital, basta acessar a página de documentos no site da UFT.

Como se inscrever?

As inscrições para o processo seletivo do Inclusão Digital devem ser realizadas apenas pela internet, e o prazo segue até as 23h55 do próximo dia 27 de junho. Após isso, o sistema de inscrição será bloqueado automaticamente.

Para se candidatar para receber o auxílio do programa, o candidato deve ter cadastro na plataforma CUBO. Depois disso, basta seguir os passos abaixo:

  1. Acesse o site do CUBO e faça login na sua conta;
  2. Em seguida, clique em “Solicitar Auxílio Inclusão Digital Equipamento”;
  3. Se aparecer a mensagem “Certifique de ter feito o recadastramento no SLU para prosseguir”, será necessário clicar no link da mensagem, fazer o recadastro, salvar, fechar a tela e entrar novamente no sistema CUBO;
  4. Se for necessário atualizar os dados bancários, é preciso inserir todos os números da conta, inclusive zeros e dígitos da operação.

Em caso de dúvidas ou dificuldades na inscrição, o estudante pode entrar em contato com o Setor de Assistência Estudantil do seu campus. Os endereços de e-mail para contato com cada campus são os seguintes:

Publicidade

Publicidade

Veja também: Quando desempregados vão começar a receber salário de R$1.100 de auxílio?

Estudantes contemplados terão que prestar contas

Quem for contemplado com o auxílio de R$ 1.500 do programa terá até 45 dias corridos, a partir da data de pagamento do benefício, para fazer a prestação de contas.

Para isso, o estudante terá que apresentar Nota Fiscal ou Cupom Fiscal que esteja em seu nome tenha seu CPF. Além disso, o documento também deve conter o CNPJ do fornecedor, valor e descrição do equipamento adquirido e a data de emissão.

Os contemplados terão que enviar o documento fiscal em formato PDF para o e-mail [email protected] com o assunto “Inclusão Digital – (nome completo do estudante)”.

Publicidade

Caso o valor do notebook ou tablet adquirido seja menor que o do auxílio, o estudante terá que devolver o valor excedente. Enquanto isso, se for maior, o próprio aluno terá que arcar com o valor a mais.

Publicidade

Para mais informações sobre o Programa Inclusão Digital, basta ler o edital com todos os detalhes e critérios da iniciativa.

Fonte: UFT.

Felipe MatozoJornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
Veja mais ›
Fechar