BPC 2023 – Valor, Quem tem direito, Como solicitar e mais!

Elouise Lopes

03/12/2022

O BPC/LOAS é um dos benefícios que devem passar por alguns reajustes em 2023 e é importante ficar por dentro dessas possíveis mudanças.

Na matéria a seguir, você fica sabendo os detalhes sobre o benefício social.

O que é o BPC?

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é um benefício social voltado para pessoas idosas ou portadores de deficiência (neste segundo caso, independente da idade) que se encontrem em situação de vulnerabilidade social.

Veja também: 10 modelos de carros mais econômicos: diminua seus gastos com combustível em 2023!

Em geral, o BPC se diferencia de outros benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) por não requerer contribuição prévia. Atualmente, o valor do benefício é de R$ 1.212, que equivale a um salário mínimo.

Qual será o valor do benefício em 2023?

Em 2023, o benefício deverá ter um reajuste no valor. Afinal de contas, a previsão é que no próximo ano o salário mínimo também seja reajustado, passando de R$ 1.212 para R$ 1.320, já que o governo eleito tem entre suas promessas um “aumento real” do valor deste pagamento.

Ou seja, o valor que o benefício deverá passar possuir equivale a um aumento de 1,4%, quando comparada a proposta prevista no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), encaminhado ao Congresso Nacional pelo atual governo.

Mas o cidadão deve ter em mente que se trata apenas de uma estimativa. Afinal, o valor oficial do salário mínimo deverá ser divulgado apenas em janeiro de 2023.

Quem vai receber?

A fim de receber o benefício social, o cidadão deve se enquadrar em certas condições. Em 2023, as regras devem ser as mesmas, que são as seguintes:

  • Possuir inscrição no sistema do Cadastro Único (Cadúnco);
  • Ser idoso com idade igual ou superior a 65 anos, ou ser uma pessoa com deficiência (física, mental, intelectual ou sensorial) de qualquer idade;
  • Cumprir com limite de renda. A família do requerente deve ter uma renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa, ou ter renda total de até 3 salários mínimos;
  • Passar por avaliação da perícia com o médico do INSS, para garantir elegibilidade do benefício (em casos de pessoas com deficiência).

Veja também: Consignado Banco Daycoval – Valores liberados, como contratar e mais!

Elouise Lopes
Escrito por

Elouise Lopes

Redatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR.

0

Aguarde, procurando sua resposta