Conta de Luz vai ficar mais cara em 4 estados; confira quais são eles

Conta de Luz vai ficar mais cara em 4 estados; confira quais são eles

No último dia 16 de abril, foi encerrada a vigência da Bandeira de Escassez Hídrica, que estava valendo desde setembro de 2021 e fazia com que houvesse um adicional de R$ 14,20 na Conta de Luz a cada 100 kWh consumido. Porém, nem todos os estados terão conta de luz mais barata.

Na última semana, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou aumentos tarifários em quatro estados do Nordeste, que estão valendo desde o dia 22 de abril.

Publicidade

Publicidade

Nesta matéria do NoDetalhe, você fica sabendo sobre os quatro estados brasileiros que terão aumento na conta de luz e por que a conta de energia vai ficar mais barata em outros lugares. Confira!

Conta de luz vai ficar mais cara nesses 4 estados

Conta de Luz vai ficar mais cara em 4 estados; confira quais são eles
Mesmo com a bandeira verde, esses 4 estados brasileiros terão conta de luz mais cara ou um barateamento pouco significativo para a população. (Imagem: Pexels/Divulgação)

Os estados do Ceará, Bahia, Sergipe e Rio Grande do Norte são os principais estados do Brasil a serem prejudicados com aumento ou reduções pouco significativas na conta de luz, diante dos reajustes tarifários.

Para o Estado do Ceará, a Enel, que é responsável pela distribuição em 3,8 milhões de unidades consumidoras, aplicou um reajuste de 24,85% em relação ao acumulado dos últimos dois meses. Desse modo, os cearenses não terão direito a uma redução nos valores da conta de energia, mas a uma alta de 0,90% na conta de luz.

Publicidade

Publicidade

Enquanto isso, no Estado da Bahia, a Neoenergia Coelba, que é a empresa de distribuição que atua na região, optou por aplicar um reajuste de 20,73%. A companhia contempla 6,3 milhões de unidades consumidoras do estado. A fatura de energia elétrica terá uma queda de apenas 1,38% para os moradores da Bahia.

No Rio Grande do Norte, o aumento tarifário estabelecido pela Cosern, que abrange 1,5 milhão de unidades consumidoras, foi de 19,87%, reduzindo a conta de luz em somente 4,11%.

Por fim, em Sergipe, o reajuste implementado foi de 16,46%, resultando em uma queda um pouco melhor, em comparação aos demais estados, na conta de luz. A redução na fatura corresponderá a 6,15%, aplicando-se às 825 mil unidades consumidoras atendidas pela ESE.

Estados da região Centro-Oeste também tiveram reajustes pouco significativos na tarifa, em relação ao barateamento, como é o caso do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que só tiveram queda de 0,04% e 2,75%, respectivamente na conta de luz.

Por que a conta de luz deve ficar mais barata em outros estados do Brasil?

Em diversos estados brasileiros, houve redução na conta de luz desde o dia 16 de abril. A razão de isso estar acontecendo nos estados brasileiros é o retorno da bandeira verde, que não cobra nenhum valor adicional para cada 100 kWh consumidos.

Até então, o que estava em vigência era a bandeira da escassez hídrica, considerada a mais cara de todas as tarifas relacionadas à conta de energia elétrica, que levava a uma alta de 10% a 12% do valor que normalmente seria cobrado. Isso porque havia um custo extra de R$ 14,20 a cada 100 kWh.

Publicidade

Publicidade

A bandeira verde entrou em vigor no dia 16 deste mês, tendo em vista a melhora no nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas do país, e o brasileiro não precisará pagar mais essa taxa adicional que vinha sendo cobrada desde o mês de setembro do ano passado.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) aponta, inclusive, para a possibilidade de a bandeira verde se manter até o final deste ano, o que é uma boa notícia para todos.

Também vale comentar que o economista Alberto Ajzental, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), fez um levantamento e afirma que essa redução no valor da conta de energia faz com que a inflação recue em até 0,6%.

Infelizmente, a situação só não é tão boa para os Estados do Nordeste, mencionados anteriormente.

Publicidade

Veja também: IPVA PB 2022: pagamento com 10% de desconto termina nesta sexta (29) para placas com final 4

Publicidade

Elouise LopesRedatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais.
Veja mais ›
Fechar