Financiamento imobiliário: ferramentas digitais que facilitam o trabalho

Financiamento imobiliário ferramentas digitais que facilitam o trabalho (1)
Fonte/Reprodução: original

O mercado imobiliário conseguiu se manter mesmo em um momento de crise ocasionada pela pandemia de Covid-19 nos últimos tempos. Isso porque, a busca por financiamento imobiliário começou a acontecer por meios digitais, ou seja, em formato exclusivamente online.

As alterações que ocorreram em relação à compra e financiamento de moradias sucederam-se por causa das novas ferramentas criadas ao decorrer da pandemia com o intuito de melhorar e facilitar todo processo para o comprador.

Publicidade

Publicidade

Essas ferramentas agora se tornam imprescindíveis para o mercado imobiliário.  

Por que facilitou tanto o processo de financiamento imobiliário?

As novas ferramentas tecnológicas trazem cada vez mais facilidade aos usuários. Com apenas um clique o cliente pode visualizar imagens 360º, tour inteiramente virtual e até mesmo facilidades na hora do financiamento imobiliário.

Nesse aspecto, é possível fechar contrato com os corretores, enviar documentações necessárias e receber serviços delivery, como, por exemplo, a entrega das chaves do imóvel. 

Publicidade

Publicidade

Financiamento imobiliário ferramentas digitais que facilitam o trabalho (2)
Fonte/Reprodução: original

Todas as tecnologias desenvolvidas para atender as carências dos clientes no formato online tornam o processo menos burocrático. Em algumas plataformas, a análise da documentação pode ser realizada em menos de duas horas e com repasse em cerca de um mês. 

Entre as ferramentas criadas para o financiamento imobiliário no formato online, evidenciam-se o simulador e o aprovador, que contam com equipes treinadas nas questões de negociações e ajudam nas necessidades de cada cliente.  

Por que as ferramentas digitais estão em alta no financiamento imobiliário?

Essas e outras facilidades foram impulsionadas durante a fase do isolamento social instituído para conter as consequências da pandemia. Conforme um levantamento realizado, muitas empresas especializadas no setor imobiliário precisaram oferecer seus serviços no formato online para não perderem clientes.

Esse foi o início da digitalização dos processos, o que contém números expressivos sobre a mudança de plataforma. De acordo com os dados disponibilizados, foram realizados mais de 86,2 mil financiamentos imobiliários, um valor que corresponde a quase 20% em comparação com os números do mês de maio. 

Outra resposta para este novo cenário estar em alta, é que agora os clientes podem ser protagonistas de suas operações. Muitos deles chegam em empresas do ramo imobiliário já com opiniões construídas por causa das ferramentas disponibilizadas online, como tour e projeções.

Essas ferramentas fazem toda a diferença para que os negócios aumentem cada vez mais. 

Como as ferramentas digitais vão facilitar o processo de financiamento?

Publicidade

Publicidade

A agilidade de todo o processo de financiamento imobiliário tem como resultado cada vez mais procura e fidelização de clientes. A tecnologia presente nessas ferramentas digitais tornam possível a visualização de detalhes, acompanhar a características e detalhes de imóveis sem se deslocar para isso. 

Em caso de negócios, é possível resolver problemas, formalizar venda e fazer simulações eliminando toda a burocracia que antes era prevista. Por isso, as ferramentas digitais trazem comodidade a cada usuário e a tendência é que a busca de imóveis com a utilização desse recurso cresça ainda mais nos próximos anos. 

O financiamento imobiliário no formato digital disponibiliza além de eficiência, a segurança ao cliente. Conforme a Lei Geral de Proteção de Dados, todos os dados pessoais que são enviados às empresas não podem ser divulgados em nenhum momento sem que tenham autorização para isso.

Por isso, todo o processo tende a ser muito seguro até que o financiamento se concretize. 

Flavio CarvalhoGestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
Veja mais ›
Fechar