Modelos de carros que pagam o IPVA mais alto do Brasil em 2021

O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é a taxa paga sobre os veículos comprados no Brasil. Esse imposto geralmente é pago no início do ano e pode ou não ser parcelado. O valor dessa taxa varia em função do tipo de veículo (carro, moto ou caminhão), do modelo e do tipo de combustível (gasolina, álcool, flex ou diesel), além de variar em função do estado brasileiro onde o carro foi comprado. Os estados que apresentam as taxas mais altas desse imposto são Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Nos últimos anos, o valor dessa taxa tem diminuído. No entanto, alguns veículos ainda apresentam valores extremamente altos, como mostraremos. Confira abaixo os modelos de carro que pagam os valores mais altos de IPVA no Brasil e não se esqueça de fazer o cálculo do IPVA. 

Modelos de Carro Com Maiores Valores de IPVA no Brasil

Os carros das marcas Ferrari e Lamborghini são geralmente os que apresentam os valores mais altos para compra no Brasil, podendo chegar a mais de R$1 milhão. Isso acontece porque são marcas bem valorizadas e reconhecidas internacionalmente. Se você ainda não sabe o que é feito com o IPVA 2021 vale a pena conferir aqui. Consequentemente, essas marcas apresentam os maiores valores de IPVA. Soma-se a isso, o fato de que alguns estados apresentam porcentagens mais altas de cobrança desse imposto. Assim, os modelos de carros superesportivos acabam pagando valores tão altos quanto carros das marcas acima. Confira os modelos que apresentam os maiores valores de IPVA no Brasil atualmente:

Ferrari FF

  • Valor aproximado: R$2.496.304
  • Valor do imposto: R$99.852
 

Lamborghini Aventador

  • Valor aproximado: R$1.919.703
  • Valor do imposto: R$76.788
 

Ferrari GTB 599

  • Valor aproximado: R$1.770.725
  • Valor do imposto: R$70.829
 

Rolls Royce Ghost

  • Valor aproximado: R$1.381.220
  • Valor do imposto: R$55.248
Rolls Royce Ghost  

Porsche 911 GT2

  • Valor aproximado: R$1.358.904
  • Valor do imposto: R$54.356
 

Ferrari California

  • Valor aproximado: R$1.189.566
  • Valor do imposto: R$47.582
 

Aston Martin Virage

  • Valor aproximado: R$959.189
  • Valor do imposto: R$38.367
 

Aston Martin DBS Coupé

  • Valor aproximado: R$876.052
  • Valor do imposto: R$35.042

Bentley Continental GT

  • Valor aproximado: R$724.498
  • Valor do imposto: R$28.979
 

Audi R8 V10

  • Valor aproximado: R$629.576
  • Valor do imposto: R$25.183
*Os valores aproximados dos modelos são com base no valor venal dos veículos.  

Carros que pagam as maiores alíquotas de IPVA em São Paulo

No estado de São Paulo, onde o imposto é mais alto, os valores mudam um pouco. Os dez modelos que apresentam IPVA mais caro no estado são:

McLaren Senna Coupe

  • Valor aproximado:  R$7,2 milhões
  • Valor do imposto: R$288 mil

Lamborghini Aventador SuperVeloce Jota

  • Valor aproximado:  R$6,9 milhões
  • Valor do imposto: R$276 mil

Rolls-Royce Phantom

  • Valor aproximado: R$6,2 milhões
  • Valor do imposto: R$248 mil
 

Ferrari 488 Pista

  • Valor aproximado: R$4,5 milhões
  • Valor do imposto: R$180 mil
 

Rolls-Royce Cullinan

  • Valor aproximado: R$4,4 milhões
  • Valor do imposto: R$176 mil
 

Ferrari 812 Superfast

  • Valor aproximado: R$4,3 milhões
  • Valor do imposto: R$172 mil
 

Rolls-Royce Dawn

  • Valor aproximado: R$4,2 milhões
  • Valor do imposto: R$168 mil
 

Ferrari GTC4 Lusso

  • Valor aproximado: R$3,9 milhões
  • Valor do imposto: R$156 mil
 

Rolls-Royce Wraith

  • Valor aproximado: R$3,6 milhões
  • Valor do imposto: R$144 mil
 

Lamborghini Huracan Coupe Performante LP 640-4

  • Valor aproximado: R$3,3 milhões
  • Valor do imposto: R$132 mil
 

IPVA 2021 em cada estado brasileiro

Como mencionamos anteriormente, a porcentagem sobre o valor que resulta no IPVA varia de estado para estado no Brasil. Com taxa de 2% estão os estados do Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Rondônia e em Santa Catarina. Taxa de 2,5% é cobrada nos estados da Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Sergipe e Tocantins. A taxa de 2,75% é cobrada apenas em Alagoas. Taxa de 3% é cobrada nos estados do Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Roraima. A taxa de 3,5% é cobrada sobre os veículos em Mato Grosso do Sul e no Paraná. A taxa mais alta, de 4% ocorre em Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Levando isso em conta, é fundamental que o comprador sempre faça um planejamento no momento de escolher o veículo que irá adquirir.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Deixe seu comentário