Petrobras anuncia novo aumento de combustíveis; valor pode pesar no seu bolso

Petrobras anuncia um reajuste de 5,2% no preço da Gasolina e de 14,2% no preço do diesel; entenda como isso vai te afetar.

Nesta sexta-feira, 17 de junho de 2022, a Petrobras anunciou um novo reajuste de 5,2% no preço da Gasolina e de 14,2% no preço do Diesel.

A partir já deste sábado (18), motoristas perceberão as seguintes mudanças nas bombas de combustível: uma variação de R$ 0,15 por litro de gasolina e de R$ 0,63 por litro de diesel.

Publicidade

Publicidade

Com isso, o preço médio de venda de gasolina para a distribuidoras vai subir de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro; já para o diesel, o preço médio de venda da Petrobras vai passar de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro.

Petrobras anuncia novo aumento de combustíveis; valor pode pesar no seu bolso (Imagem: Reprodução/Agencia Brasil)
Petrobras anuncia novo aumento de combustíveis; valor pode pesar no seu bolso (Imagem: Reprodução/Agencia Brasil)

A Petrobras não reajustava o preço da gasolina desde 11 de março (99 dias sem reajuste); já o diesel teve sua última alteração no dia 10 de maio (39 dias). Em nota, a empresa fez a seguinte justificativa:

Com esse movimento, a Petrobras reitera seu compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato para os preços internos da volatilidade das cotações internacionais e da taxa de câmbio, ou seja, evita o repasse das variações temporárias que podem ser revertidas no curto prazo. Dessa maneira, observando a evolução do mercado, foi possível manter os preços de venda para as distribuidoras estáveis por 99 dias para a gasolina e 39 dias para o diesel.

Convém lembrar que, para contornar a alta dos preços, forças políticas estão buscando limitar a aplicação de alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre combustíveis a no máximo 17% a 18%. Além disso, o governo estuda também a inclusão de um Auxílio Combustível no atual Auxílio Brasil, como já explicamos aqui.

Publicidade

Publicidade

Reajuste gera críticas nas redes sociais

Em seu Twitter pessoal, o presidente Jair Bolsonaro fez críticas ao recente reajuste da Petrobras. Em um post, Bolsonaro afirmou que “o Governo Federal como acionista é contra qualquer reajuste nos combustíveis, não só pelo exagerado lucro da Petrobras em plena crise mundial, bem como pelo interesse público previsto na Lei das Estatais“.

A Petrobras pode mergulhar o Brasil num caos. Seus presidente, diretores e conselheiros bem sabem do que acontece com a greve dos caminhoneiros em 2018, e as consequências nefastas para a economia do Brasil e a vida do nosso povo“, continuou o presidente em tom alarmista.

Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, também se manifestou, afirmando que “o Presidente da Petrobras [José Mauro Ferreira Coelho] tem que renunciar imediatamente. Ele só representa a si mesmo e o que faz deixará um legado de destruição para a empresa, para o país e para o povo. Saia!!!“, escreveu Lira em suas redes sociais.

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação, revisão e editoração de textos para Web.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário