Quem poderá sacar o auxílio emergencial esta semana (07/06 a 13/06)

dinheiro sendo sacado de caixa eletrônico

Nesta semana (07/06 a 13/06), a Caixa Econômica Federal libera o saque e transferência da segunda parcela do auxílio emergencial para mais um grupo de beneficiários.

A segunda parcela foi paga em maio, mas os beneficiários só conseguiam movimentar o dinheiro pelo aplicativo Caixa Tem, para pagamento de contas e compras por cartão virtual ou QR Code.

Publicidade

Publicidade

Com a liberação dos serviços, parte dos beneficiários poderão sacar ou transferir os valores entre contas. Confira, aqui, quem terá acesso a esses serviços nesta semana!

dinheiro sendo sacado de caixa eletrônico

Quem pode sacar o auxílio nesta semana (07/06 a 13/06)?

O saque, bem como a transferência, da segunda parcela do auxílio emergencial será liberado para os beneficiários nascidos em:

  • Maio: a partir de 8 de junho;
  • Junho: a partir de 9 de junho;
  • Julho: a partir de 10 de junho;
  • Agosto: a partir de 11 de junho.

Calendário de saques do auxílio emergencial

A Caixa Econômica Federal estabeleceu um calendário de saque e transferência do auxílio, para evitar aglomerações em postos onde os serviços podem ser realizados.

Publicidade

Publicidade

Abaixo, indicamos quando o saque e transferência poderão ser efetuados, de acordo com o mês de nascimento dos beneficiários. Acompanhe:

Janeiro

  • Primeira parcela: 30 de abril
  • Segunda parcela: 31 de maio
  • Terceira parcela: 13 de julho
  • Quarta parcela: 13 de agosto

Fevereiro

  • Primeira parcela: 3 de maio
  • Segunda parcela: 1 de junho
  • Terceira parcela: 15 de julho
  • Quarta parcela: 17 de agosto

Março

  • Primeira parcela: 4 de maio
  • Segunda parcela: 2 de junho
  • Terceira parcela: 16 de julho
  • Quarta parcela: 19 de agosto

Abril

  • Primeira parcela: 5 de maio
  • Segunda parcela: 4 de junho
  • Terceira parcela: 20 de julho
  • Quarta parcela: 23 de agosto

Maio

  • Primeira parcela: 6 de maio
  • Segunda parcela: 8 de junho
  • Terceira parcela: 22 de julho
  • Quarta parcela: 25 de agosto

Junho

  • Primeira parcela: 7 de maio
  • Segunda parcela: 9 de junho
  • Terceira parcela: 27 de julho
  • Quarta parcela: 27 de agosto

Julho

  • Primeira parcela: 10 de maio
  • Segunda parcela: 10 de junho
  • Terceira parcela: 29 de julho
  • Quarta parcela: 30 de agosto

Agosto

  • Primeira parcela: 11 de maio
  • Segunda parcela: 11 de junho
  • Terceira parcela: 30 de julho
  • Quarta parcela: 01 de setembro

Setembro

  • Primeira parcela: 12 de maio
  • Segunda parcela: 14 de junho
  • Terceira parcela: 4 de agosto
  • Quarta parcela: 3 de setembro

Outubro

  • Primeira parcela: 13 de maio
  • Segunda parcela: 15 de junho
  • Terceira parcela: 6 de agosto
  • Quarta parcela: 6 de setembro

Novembro

  • Primeira parcela: 14 de maio
  • Segunda parcela: 16 de junho
  • Terceira parcela: 10 de agosto
  • Quarta parcela: 08 de setembro

Dezembro

  • Primeira parcela: 17 de maio
  • Segunda parcela: 17 de junho
  • Terceira parcela: 12 de agosto
  • Quarta parcela: 10 de setembro

Como sacar o auxílio emergencial

Como a conta social digital na qual o pagamento do auxílio é feito não possui cartão físico, o saque do benefício é feito por meio de código autorizador gerado no Caixa Tem.

Mas, como conseguir esse código? A seguir, apresentamos um passo a passo para lhe auxiliar. Confira:

  1. Acesse o aplicativo Caixa Tem;
  2. Toque em “saque sem cartão”, opção que aparece no menu de serviços;
  3. Selecione “saque do auxílio emergencial”;
  4. Toque “gerar código para saque”;
  5. Informe sua senha e finalize o serviço.

O aplicativo exibirá o código autorizador, que deve ser utilizado em até duas horas. Caso não consiga usá-lo, terá de gerar um novo para sacar.

Há três lugares para saque: lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e caixas eletrônicos de agências da Caixa Econômica Federal.

Quem tem direito ao auxílio emergencial em 2021

O auxílio emergencial 2021 foi concedido para quem cumpria os novos requisitos do programa. A seguir, indicamos quais são os principais. Confira e veja se seu perfil se adequa:

  • Ter recebido o auxílio emergencial em dezembro de 2021;
  • Ser trabalhador informal ou beneficiário do Bolsa Família;
  • Não possuir vínculo de emprego formal ou com o serviço público;
  • Ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo (R$ 550,00 por pessoa) e renda familiar mensal total de até três salários mínimos (R$ 3.300,00);
  • Não receber benefícios sociais, assistenciais, previdenciários ou educacionais, exceto Bolsa Família e abono salarial.

Como conferir saldo do auxílio emergencial

Publicidade

Publicidade

Quem é beneficiário do auxílio emergencial 2021 consegue conferir o saldo disponível em conta por meio de consulta no aplicativo Caixa Tem.

Para isso, basta acessar o aplicativo e fazer login informando CPF e senha. Então, acesse o serviço de consulta de saldo ou extrato, disponíveis na tela inicial do Caixa Tem.

Flavio CarvalhoGestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
Veja mais ›
Fechar