Auxílio Brasil 2022: Governo acredita que valor pode superar os R$ 400

João Roma, Ministro da Cidadania, acredita que o valor médio do Auxílio Brasil pode superar os R$ 400.

De acordo com João Roma, ministro da Cidadania do Governo Bolsonaro, o valor médio do Auxílio Brasil 2022 pode vir a ser maior que R$ 400. O anúncio aconteceu durante uma entrevista concedida pelo ministro ao programa Sem Censura, da TV Brasil, na última segunda-feira (17). Nela, o ministro comentou também sobre vários outros assuntos além do Auxílio Brasil, como por exemplo a respeito dos desastres causados pelas chuvas em Minas Gerais e na Bahia e sobre a liberação de verbas para emergências como essas.

A respeito do aumento do valor médio do Auxílio Brasil, Roma afirmou que o benefício “chega mais fortalecido, ele interliga programas sociais ao programa de transferência de renda. Já no seu início teve um reajuste de 17%, mais do que o avanço inflacionário [10,06%], e com o benefício compensatório ele vai para R$ 400 no mínimo. Significa que o ticket médio passa a ser até maior“.

Publicidade

Publicidade

Porém, convém observar que, apesar do suposto aumento do ticket médio e do número de beneficiários do programa em janeiro, há grandes chances de que o Auxílio Brasil sofra uma espécie de estagnação, com várias famílias ficando de fora ao longo de 2022 e com o valor do benefício caindo para R$ 217,12 em 2023, já que o valor extraordinário de R$ 400 só tem validade em 2022, ano em que Bolsonaro tenta a reeleição.

Você pode assistir abaixo, na íntegra, a participação do ministro João Roma no programa Sem Censura:

Quem tem direito ao Auxílio Brasil?

Auxílio Brasil 2022: Governo acredita que valor pode superar os R$ 400 (Imagem: Reprodução/R7)
Auxílio Brasil 2022: Governo acredita que valor pode superar os R$ 400 (Imagem: Reprodução/R7)

Têm direito ao Auxílio Brasil famílias em emancipação, em situação extrema pobreza ou de pobreza, que tenham gestantes, mães que amamentam e crianças, adolescentes ou jovens entre 0 e 21 anos incompletos.

Publicidade

Publicidade

Considera-se uma família em situação de pobreza aquela que recebe uma renda familiar mensal per capita entre R$ 105,01 e R$ 210,00. Por outro lado, família em situação de extrema pobreza é a que tem uma renda per capita de até R$ 105,00.

Como se inscrever no Auxílio Brasil?

Para receber o Auxílio Brasil, é preciso que a família esteja cadastrada no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo (através da prefeitura da cidade em que mora) e que esteja enquadrada nos critérios definidos pelo Ministério da Cidadania.

O pagamento é feito mensalmente pela CAIXA. Portanto, é preciso que o beneficiário tenha ao menos um dos itens abaixo:

  • Poupança social Digital, aberta automaticamente em nome dos responsáveis pela família durante o Cadastro Único
  • Poupança CAIXA Fácil, conta simplificada com limite de saldo e movimentação mensal de até R$ 3.000
  • Cartão Auxílio Brasil, permitindo saque nos terminais de autoatendimento da CAIXA

Como funciona o Vale-Gás?

Além disso, fora o Auxílio Brasil, o Governo Bolsonaro começou em 2022 o pagamento também do Vale-Gás. O programa oferece um subsídio para que famílias necessitadas possam comprar um botijão de gás, essencial para o dia a dia familiar.

O valor do Vale-Gás é de 50% da média do preço do botijão de gás no país, divulgado regularmente pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Em dezembro de 2021, famílias afetadas pelas chuvas em Minas Gerais e Bahia já receberam o vale-gás.

Em janeiro de 2022, o valor do vale-gás será igual ao de dezembro de 2021. Ou seja, as famílias cadastradas vão receber um auxílio de R$ 52,00 para a compra do butijão de gás.

Publicidade

Publicidade

Para receber o vale-gás, é preciso que a família:

  • Esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal;
  • Tenha renda mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional (R$ 606, considerando o salário mínimo de 2022);
  • Tenha entre seus membros residentes no mesmo domicílio alguém que receba o Benefício de Prestação Continuada.

Se a sua família estiver inscrita no CadÚnico e cumprir com as regras do programa, ela será portanto automaticamente selecionada pelo Ministério da Cidadania.

Gostou dessa notícia? Pois aproveite e confira também:
Auxílio Brasil 2022: pagamento hoje (19). Quem recebe? Valores e onde receber!

Fonte: Governo Federal

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário