Como consultar Auxílio Emergencial com CPF: saiba se você tem algo a receber

Há uma forma simples de saber se você tem direito ao Auxílio Emergencial 2021: basta realizar uma consulta online informando seu CPF.

Aqui, indicamos como utilizar esse serviço e damos mais informações sobre o benefício. Confira e fique por dentro de novidades!

Publicidade

Publicidade

Homem colocando dinheiro no bolso

Como consultar o Auxílio Emergencial com seu CPF?

Existem três formas principais de consultar o Auxílio Emergencial 2021 com seu CPF: no site da Dataprev, no da Caixa Econômica Federal e por meio da central de atendimento telefônico do benefício. Em todos os casos, a consulta é gratuita e dispensa a ida a uma agência da Caixa Econômica Federal.

Consulta ao Auxílio Emergencial no site Dataprev

A consulta ao Auxílio Emergencial no site da Dataprev é a alternativa que oferece mais informações, principalmente no caso de negativa, indicando por qual motivo o benefício foi negado. A seguir, apresentamos um passo a passo para realizar essa consulta:

  1. Acesse o site de consulta ao Auxílio Emergencial, da Dataprev;
  2. Informe seu CPF, nome completo, nome de sua mãe e data de nascimento;
  3. Marque a caixa de recaptcha;
  4. Clique em “enviar”;
  5. Selecione “auxílio 2021”.

Consulta ao Auxílio Emergencial no site da Caixa

O site da Caixa Econômica Federal também disponibiliza um serviço de consulta, porém com informações menos detalhadas. Confira como realizá-la:

Publicidade

Publicidade

  1. Acesse o site do Auxílio Emergencial 2021, da Caixa;
  2. Clique em “acompanhe o seu benefício”;
  3. Informe seu nome completo, CPF, data de nascimento e nome de sua mãe;
  4. Marque a caixa de recaptcha;
  5. Clique em “continuar”.

Consulta ao Auxílio Emergencial por telefone

Se preferir, existe a possibilidade de consultar o resultado do Auxílio Emergencial por telefone, no número 111 (chamada gratuita). Na ocasião, é obrigatório digitar seu número de CPF.

Quem tem direito ao Auxílio Emergencial 2021?

O auxílio é garantido para quem já recebia o benefício em 2020. Além disso, é preciso cumprir os requisitos abaixo:

  • Ser maior de idade, exceto no caso de mães adolescentes;
  • Estar desempregado;
  • Não receber benefício previdenciário, assistencial, trabalhista ou social, com exceção do Bolsa Família e do abono salarial Pis/Pasep;
  • Ter renda familiar per capita de até meio salário mínimo;
  • Não pertencer à família com renda mensal total acima de três salários mínimos;
  • Residir no Brasil;
  • Não ter recebido, em 2019, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;
  • Não possuir patrimônio superior a R$ 300.000,00 em 31 de dezembro de 2019;
  • Não ter recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40.000,00 em 2019;
  • Não estar preso;
  • Não ter sido declarado, em 2019, como dependente em imposto de renda;
  • Não ter registro de óbito associado ao CPF;
  • Não receber pensão por morte;
  • Não ter o Auxílio Emergencial 2020 cancelado ou não movimentado;
  • Não ser estagiário, residente médico ou multiprofissional, muito menos beneficiário de bolsas de estudo de órgãos públicos.

Qual o valor do Auxílio Emergencial 2021?

O benefício é dividido em três faixas: R$ 150,00 (para famílias com uma pessoa), R$ 250,00 (destinados a famílias com mais de uma pessoa) e R$ 375,00 (pagos a mães chefes de família).

Ao todo, o governo federal pagará quatro parcelas no Auxílio Emergencial 2021.

Possuo acumular benefícios?

Não existe a possibilidade de acumular benefícios com o Auxílio Emergencial. Se a pessoa cumprir requisitos do Auxílio e do Bolsa Família, o governo paga somente o benefício de maior valor e não os dois.

Além disso, caso tenha mais de uma pessoa em sua família apta a receber o Auxílio Emergencial, somente uma terá direito ao benefício.

Como é feito o pagamento do Auxílio Emergencial 2021?

Publicidade

Publicidade

Para o Bolsa Família, o pagamento é feito exatamente da mesma forma que esse benefício. Já demais trabalhadores recebem via crédito no Caixa Tem.

Calendário auxílio emergencial público em geral

Veja, a seguir, as datas de pagamento de acordo com seu mês de nascimento:

Janeiro

  • 1ª parcela: 06/04
  • 2ª parcela: 16/05
  • 3ª parcela: 20/06
  • 4ª parcela: 23/07

Fevereiro

  • 1ª parcela: 09/04
  • 2ª parcela: 18/05
  • 3ª parcela: 23/06
  • 4ª parcela: 25/07

Março

  • 1ª parcela: 11/04
  • 2ª parcela: 19/05
  • 3ª parcela: 25/06
  • 4ª parcela: 28/07

Abril

  • 1ª parcela: 13/04
  • 2ª parcela: 20/05
  • 3ª parcela: 27/06
  • 4ª parcela: 01/08

Maio

  • 1ª parcela: 15/04
  • 2ª parcela: 21/05
  • 3ª parcela: 30/06
  • 4ª parcela: 03/08

Junho

  • 1ª parcela: 18/04
  • 2ª parcela: 22/05
  • 3ª parcela: 04/07
  • 4ª parcela: 05/08

Julho

  • 1ª parcela: 20/04
  • 2ª parcela: 23/05
  • 3ª parcela: 06/07
  • 4ª parcela: 08/08

Agosto

  • 1ª parcela: 22/04
  • 2ª parcela: 25/05
  • 3ª parcela: 09/07
  • 4ª parcela: 11/08

Setembro

  • 1ª parcela: 25/04
  • 2ª parcela: 26/05
  • 3ª parcela: 11/07
  • 4ª parcela: 15/08

Outubro

  • 1ª parcela: 27/04
  • 2ª parcela: 27/05
  • 3ª parcela: 14/07
  • 4ª parcela: 18/08

Novembro

  • 1ª parcela: 28/04
  • 2ª parcela: 28/05
  • 3ª parcela: 18/07
  • 4ª parcela: 20/08

Dezembro

  • 1ª parcela: 29/04
  • 2ª parcela: 30/05
  • 3ª parcela: 21/07
  • 4ª parcela: 22/08

Calendário auxílio emergencial Bolsa Família

Confira as datas de pagamento conforme o número final de seu NIS:

NIS 1

  • 1ª parcela: 16/4
  • 2ª parcela: 18/5
  • 3ª parcela: 17/6
  • 4ª parcela: 19/7

NIS 2

  • 1ª parcela: 19/4
  • 2ª parcela: 19/5
  • 3ª parcela: 18/6
  • 4ª parcela: 20/7

NIS 3

  • 1ª parcela: 20/4
  • 2ª parcela: 20/5
  • 3ª parcela: 21/6
  • 4ª parcela: 21/7

NIS 4

  • 1ª parcela: 22/4
  • 2ª parcela: 21/5
  • 3ª parcela: 22/6
  • 4ª parcela: 22/7

NIS 5

  • 1ª parcela: 23/4
  • 2ª parcela: 24/5
  • 3ª parcela: 23/6
  • 4ª parcela: 23/7

NIS 6

  • 1ª parcela: 26/4
  • 2ª parcela: 25/5
  • 3ª parcela: 24/6
  • 4ª parcela: 26/7

NIS 7

  • 1ª parcela: 27/4
  • 2ª parcela: 26/5
  • 3ª parcela: 25/6
  • 4ª parcela: 27/7

NIS 8

  • 1ª parcela: 28/4
  • 2ª parcela: 27/5
  • 3ª parcela: 28/6
  • 4ª parcela: 28/7

NIS 9

  • 1ª parcela: 29/4
  • 2ª parcela: 28/5
  • 3ª parcela: 29/6
  • 4ª parcela: 29/7

NIS 0

  • 1ª parcela: 30/4
  • 2ª parcela: 31/5
  • 3ª parcela: 30/6
  • 4ª parcela: 30/7

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário