Como regularizar o IPVA 2022 PR atrasado

Você não terminou de pagar o IPVA 2022 PR? O No Detalhe te mostra como fazer isso, mesmo com atraso e quais são as multas cobradas.

O pagamento do IPVA 2022 PR, para quem optou pelo parcelamento em cinco vezes, foi encerrado em maio deste ano. Ainda sim, mais de 23% dos veículos tributáveis paranaenses estão com o imposto atrasado, de acordo com a Secretaria da Fazenda e Receita Estadual.

O Governo do Paraná espera recolher R$ 5,2 bilhões com o tributo neste ano e o valor que ainda não foi pago representa R$ 1,23 bilhão. O No Detalhe te explica como realizar o pagamento do IPVA 2022 PR, mesmo em atraso. 

Publicidade

Publicidade

Como pagar o IPVA 2022 PR com atraso?

Como regularizar o IPVA 2022 PR atrasado
IPVA 2022 PR pode ser parcelado em até 12 vezes. Já o imposto de anos anteriores só pode ser dividido em até 10 vezes. (Imagem: Geraldo Bubniak/AEN)

Os contribuintes paranaenses podem parcelar o IPVA PR 2022 em até 12 vezes pelo cartão de crédito. Isso pode ser feito caso todo o imposto esteja inadimplente ou apenas alguma parcela vencida. 

O parcelamento é realizado diretamente com as empresas credenciadas, que  têm autonomia para definir algumas questões, como as condições comerciais das transações,  as bandeiras dos cartões utilizadas, o número possível de parcelas, os juros aplicáveis e outras taxas a serem cobradas. 

Veja quais são elas:

Publicidade

Publicidade

ASTEROIDE TECNOLOGIA E PAGAMENTOS 

Bandeiras aceitas: Mastercard, Elo, Visa, American Express e Hipercard.

Parcelamento em até 12x/ com juros. 

Quantidade de parcelas e taxas cobradas: 

  • 1: 8,25%
  • 2: 10,88%
  • 3: 12,47%
  • 4: 14,82%
  • 5: 16,78%
  • 6: 18,73%
  • 7: 20,01%
  • 8: 20,99%
  • 9: 22,18%
  • 10: 23,97%
  • 11: 24,83%
  • 12: 26,82%

PAGPLAN PAGAMENTOS

Bandeiras aceitas: Mastercard, Elo, Visa, American Express e Hipercard. 

Parcelamento em até 12x/ com juros. 

Quantidade de parcelas e taxas: 

  • 1: 4,09%
  • 2: 7,60%
  • 3: 9,98%
  • 4: 11,30%
  • 5: 12,98%
  • 6: 13,99%
  • 7: 15,20%
  • 8: 16,95%
  • 9: 17,99%
  • 10: 19,20%
  • 11: 20,30%
  • 12: 21,90%
Publicidade

Publicidade

Quem deixou de pagar o IPVA de anos anteriores, também pode parcelá-lo, mas apenas  em 10 vezes respeitado o limite mínimo de uma Unidade Padrão Fiscal do Paraná – UPF por parcela, que é de R$ 127,31. O parcelamento pode ser feito pelo Portal do IPVA.

O que acontece com o contribuinte que não quita o IPVA?

No Paraná, quem não paga o IPVA na data correta, recebe multa de 0,334% por dia de atraso, acrescido de juros de mora com base na taxa Selic. Depois de 30 dias do não pagamento, o imposto fica 10% mais caro.

De acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda, se o imposto não for quitado até o último dia do exercício anterior ao atual, o contribuinte pode ser inscrito em dívida ativa a qualquer momento.

Por exemplo, se o cidadão não pagar o IPVA 2021 até o último dia para o pagamento do IPVA 2022, ele vai ser colocado na dívida com o estado. Outra situação que pode levar à inscrição em dívida ativa acontece quando o parcelamento é rescindido por falta de pagamento. Nesse caso, é gerada uma dívida ativa para cada crédito tributário objeto do parcelamento.

Publicidade

Além disso, o não pagamento do imposto, impossibilita que o condutor emita o licenciamento do veículo, que ele faça a transferência de propriedade do veículo e restringe a obtenção de Certidão Negativa de Tributos junto à Receita Estadual.

Publicidade

O que se sabe sobre o IPVA 2022 PR?

As alíquotas do IPVA 2022 PR cobradas pelo Governo do Paraná  variam de 3,5% a 1%, dependendo do veículo em questão. Neste ano, foi possível pagar o tributo via PIX, por exemplo, que é o sistema de pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central.

Antes, só era possível efetuar o pagamento por meio de um boleto com código de barras, exclusivamente no Banco do Brasil. Agora, basta emitir a guia via PIX com um QRCode, no banco de preferência, inclusive os digitais.

Metade do valor arrecadado com o imposto é direcionado para o município de emplacamento do veículo. A verba é utilizada para investimentos públicos nas áreas de educação, saúde, segurança e transporte.

Publicidade

Publicidade

De janeiro a maio deste ano, o Estado repassou para as prefeituras R$2,1 bilhões, segundo dados do Sistema Integrado de Acompanhamento Financeiro (SIAF) da Secretaria estadual da Fazenda. 

 

 

 

Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário