Conheça a Open finance, sistema de compartilhamento de dados financeiros

Confira aqui No Detalhe tudo que você precisa saber sobre o novo sistema de compartilhamento de dados financeiros, o Open Finance

Como bem se sabe, o país não se encontra em uma situação muito confortável, principalmente, graças à pandemia que influenciou bastante a economia global. O Banco Central ainda encara a inflação e as distintas adversidades econômicas que o Brasil enfrenta.

Conheça a Open finance, sistema de compartilhamento de dados financeiros
Fonte/Reprodução: original

Apesar do ambiente não ser um dos melhores, o Banco Central se esforça para uma renovação dos serviços que promovem a diminuição de custos à população. Justamente em busca de tornar o serviço mais moderno, o Open Finance se torna uma ferramenta de suma importância. 

Publicidade

Publicidade

Qual o objetivo do Open Finance?

Open Finance é uma maneira de regularização do compartilhamento de informações e atividades. Dados compartilhados como informações essenciais para o cadastro: nome, e-mail, endereço e telefone. Dados transacionais: faturamento da empresa, poder aquisitivo, conta corrente, etc. Dados sobre serviços e produtos: empréstimos, financiamentos, etc. 

É claro que todas estas distribuições entre organizações financeiras precisam da aprovação do cliente, e o Open Finance tem como um de seus pilares possibilitar maior liberdade e transparência para seus clientes. 

A padronização é o objetivo da Open finance, ou seja, todas as entidades financeiras devem partilhar conforme a norma regulamentadora do Open Finance, tornando o processo mais ágil, prático e produtivo. 

Publicidade

Publicidade

O cliente receberá uma grande quantidade de ofertas de compartilhamento de seus dados com o objetivo de melhorar os serviços prestados, justamente por esta razão que os bancos deverão aperfeiçoar e desenvolver seus atendimentos para captar um grande número de clientes. Ou seja, os serviços deverão ter uma melhora, por conta da grande concorrência. 

Quais os impactos no mercado com a aplicação da primeira fase?

A implementação deste sistema aberto é empregada em fases, sendo quatro fases, que serão implantadas até a finalização completa. A primeira fase teve início em 1° de fevereiro, envolvendo a abertura dos dados das agências participantes.  

Durante este estágio de implementação estão sendo compartilhados dados relativos às instituições participantes, como horários de funcionamento e atendimento. Neste momento, nenhuma informação de cliente está envolvida. 

Baseado neste período de partilha entre as agências, pode-se ocorrer comparação de diferentes ofertas, serviços e produtos financeiros que afetam diretamente na escolha dos clientes em relação à alternativa mais adequada para si mesmo. Soluções como as comparações de tarifas bancárias, categorias de contas e cartões de crédito. 

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário