Critérios para aprovação no Auxílio Brasil para quem está na fila de espera

O Auxílio Brasil entrou em vigor neste mês, mas ainda há candidatos que estão na fila de espera para receber o benefício.

Aqui, você confere quais são os critérios para aprovação no programa. Acompanhe!

Publicidade

Publicidade

auxilio brasil

Fila de espera Auxílio Brasil: critérios para aprovação

O Ministério da Cidadania estabeleceu critérios para aprovação no Auxílio Brasil, dando prioridade para grupos específicos. Para seleção, primeiro se considera as famílias identificadas no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais) como em condições de maior vulnerabilidade social.

Veja, a seguir, quais são elas:

  • Famílias com integrantes em situação de trabalho infantil;
  • Grupos familiares com integrantes libertos de situação semelhante à de trabalho escravo;
  • Quilombolas;
  • Indígenas;
  • Famílias com catadores de materiais recicláveis;
  • Outras categorias, desde que permitidas e fundamentadas pelo Ministério da Cidadania.

Depois desse grupo, o governo dá prioridade para famílias com menor renda.

Publicidade

Publicidade

Confira qual o perfil das que serão selecionadas para participar do Auxílio Brasil:

  • Extremamente pobre: trata-se da família que tem renda mensal per capita de até R$ 100,00, mesmo que sem gestantes, crianças ou adolescentes;
  • Pobre: abrange a família com renda mensal per capita entre R$ 100,01 a R$ 200,00 e que tenha gestantes, crianças ou adolescentes.

Um detalhe importante: nos casos acima, ainda há mais um critério! O governo dá prioridade para as famílias a partir de informações de renda mensal por pessoa e pela quantidade de crianças e jovens com idade de 0 a 17 anos.

Ainda de acordo com uma portaria do Ministério da Cidadania, o governo identificará municípios com menor cobertura pelo Auxílio Brasil. As famílias habilitadas serão ordenadas segundo os seguintes critérios, sempre sucessivamente:

  • Menor renda familiar mensal por pessoa;
  • Maior quantidade de integrantes menores de 18 anos de idade;
  • Famílias que estão habilitadas de forma ininterrupta há mais tempo.

Quem tem carteira assinada pode receber o Auxílio Brasil?

Uma das principais dúvidas no que se refere a requisitos é se quem tem carteira assinada pode receber o benefício. Sim, pode receber, não há impedimentos para ser beneficiário do programa.

Aliás, esse direito também é assegurado a pessoas que tenham qualquer fonte de renda, como a aposentadoria.

O importante é estar dentro do limite de renda per capita para concessão do benefício. Se a família cumprir o requisito de renda, há maior chance de ser aprovada na análise feita pelo governo.

Inclusão de novos beneficiários no Auxílio Brasil

Publicidade

Publicidade

De acordo com o Ministério da Cidadania, todos os beneficiários do Bolsa Família têm direito ao Auxílio Brasil e foram incluídos automaticamente no programa.

Quem não pertencia ao Bolsa Família, mas está inscrito no CadÚnico e cumpre os requisitos do programa, poderá ser incluído nos próximos meses. Mas, o governo não dá garantias e nem prazos.

A promessa do Ministério da Cidadania é incluir mais 2,4 milhões de beneficiários no Auxílio Brasil em dezembro. Se você não possui CadÚnico, é preciso se inscrever para ser considerado para o programa.

Como saber se vou receber o Auxílio Brasil?

Está em dúvida se receberá o benefício social? Há duas formas simples de consultar essa informação. A seguir, indicamos quais são elas:

Consulta Auxílio Brasil por telefone

Publicidade

Basta fazer uma ligação gratuita para o número 0800 426 02 07 e digitar a opção 3 (que é o Auxílio Brasil e demais programas sociais). Então, digite a opção 4, para saber se você foi incluído no programa, e informe seu CPF ou NIS.

Publicidade

Consulta Auxílio Brasil por aplicativo

O governo lançou o aplicativo Auxílio Brasil para substituição do app do Bolsa Família. Quem já tinha o do Bolsa Família no celular deve acessar a loja de apps e atualizá-lo para a nova versão.

Veja como consultar pelo aplicativo:

  • Baixe o aplicativo Auxílio Brasil na Play Store ou App Store;
  • Após instalação, abra o app e toque em “consultar”;
  • Informe a senha que já era utilizada no aplicativo Bolsa Família, sua senha Caixa Tem ou cadastre uma senha de acesso no app;
  • Selecione o serviço de consulta do benefício.

Pronto! O app exibirá o status do benefício, sendo possível confirmar se foi liberado ou não.

Publicidade

Publicidade

Vale citar que o aplicativo não funciona offline, portanto, para realizar o serviço de consulta é preciso estar conectado à internet, seja Wi-Fi ou pacote de dados.

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário