Domino’s vai dar uma pizza de graça para quem completar a vacinação contra covid-19

Ter duas doses da vacina contra a covid-19 deve ser motivo de comemoração no Brasil. Em várias cidades, as campanhas de imunização estão atrasando por conta da falta de doses. Há também os casos de pessoas que tomaram a primeira dose e não retornaram aos postos de saúde para a segunda. Mas quem fez isso e está imunizado, pode celebrar com uma pizza! Pelo menos é isso que a Domino’s quer. 

A pizzaria Domino’s vai dar uma pizza de graça para os clientes do estabelecimento. Para participar, basta que os consumidores tenham tomado as duas doses da vacina contra a covid-19. 





É o momento de todas as companhias se unirem, usando suas melhores ferramentas, para incentivar a campanha de vacinação. Todo mundo que já tiver tomado a segunda dose vai ser presenteado”, disse, por meio de nota, a CMO da Domino’s Pizza, Flávia Molina.

Como ganhar uma pizza de graça da Domino’s?

Veja como ganhar uma pizza da Dominos
Veja como ganhar uma pizza de graça da Domino’s, comprando outra. Uma dica: basta ter tomado as duas doses da vacina contra a covid-19. (Imagem: Domino’s / Divulgação)

A promoção, que começou nesta segunda-feira, dia 19 de julho, funciona assim: 

  • O cliente deve adicionar o número de telefone da Domino’s no WhatsApp. Ele é: (21) 97301-5191.;
  • Abrir o contato da Domino’s no WhatsApp;
  • Começar uma conversa com o assistente virtual da pizzaria com um emoji de seringa;
  • O assistente virtual vai solicitar o comprovante de que o cliente tomou duas doses da vacina contra a covid-19;
  • O consumidor deve enviar uma selfie (foto dele mesmo) segurando o comprovante de vacinação;
  • O assistente virtual vai enviar um cupom que dá direito a uma pizza grátis
  • Agora é só escolher os sabores, esperar a entrega e aproveitar a pizza!

Um aviso importante: essa promoção só é válida para quem pedir duas pizzas. Dessa forma, o pedido de menor valor será dado de graça pela Domino’s. Outro fator importante é que a oferta só pode ser pedida pelo WhatsApp. 

E fica a dica: o consumidor que tiver o cupom da pizza grátis, pode usá-lo quantas vezes quiser!





Domino’s não é a única a incentivar vacinação

A pizzaria Domino’s não é a única a incentivar a vacinação contra a covid-19. No início do processo de imunização dos Estados Unidos, tanto governos, quanto empresas, revolveram fazer ações para influenciar os cidadãos a tomarem as duas doses. 

O Governo de Ohio, por exemplo, sorteou cinco prêmios de US$1 milhão para quem estivesse imunizado em maio. Os sorteios, chamados de Os sorteios do “Vax-a-Million”, eram feitos às quartas-feiras e até mesmo anunciados na televisão.

Uma das ganhadoras foi a estudante Abbigail Bugenske, de 22 anos. Ao ser entrevistada após se tornar milionária, ela afirmou que tomou a vacina Moderna, antes mesmo de saber do sorteio. De acordo com Abbigail, o valor recebido será direcionado para investimentos, doação para instituições de caridade e para comprar um carro. 

Esse é só um exemplo do que aconteceu nos Estados Unidos. O Governo de Nova Jersey distribuiu cervejas para os maiores de 21 anos (idade legal para o consumo de bebidas alcoólicas nos EUA) que tivessem tomado pelo menos uma dose de qualquer imunizante para a covid-19. 

Outros incentivos para a aceleração da vacinação nos Estados norte-americanos foram a distribuição de desconto no supermercado, refeições em restaurantes premiados, donuts grátis até 2022, ingressos para jogos de beisebol, flores, cigarro de maconha, sorteio de um Chevrolet Camaro ou, simplesmente, dinheiro.

Os brasileiros querem se vacinar contra a covid-19?

Uma pesquisa do Datafolha divulgada em maio no jornal Folha de S.Paulo mostra que nove a cada dez brasileiros querem se imunizar para a covid-19. Isso representa 91% dos entrevistados. O restante afirmou que não vai se vacinar (8%) ou que preferia não opinar (1%). 





As entrevistas foram feitas presencialmente com 2.071 brasileiros, maiores de 16 anos, em todas as regiões do país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Conforme a vacinação foi avançando no Brasil, mais pessoas afirmaram que iriam se imunizar. A pesquisa feita pelo Datafolha em dezembro, quando as conversas sobre vacina começavam no país, mostra que 73% dos brasileiros aceitavam tomar os imunizantes. 

Em janeiro, esse percentual subiu para 81%. Em março foi para 89% e, de acordo com as pesquisas, em maio, chegou a 91%. 

Fontes: Pequenas Empresas Grandes Negócios, Poder 360, G1 e Correio Braziliense



Marina Darie
Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário