Empréstimo Caixa Tem para MEI: como funciona o crédito para microempreendedores?

Empréstimo Caixa Tem para MEI é uma alternativa para os microempreendedores individuais que estão negativados. Veja como ele funciona.

O empreendedorismo individual foi uma alternativa encontrada por muitos brasileiros que perderam renda fixa e o trabalho formal durante a pandemia de covid-19. De acordo com um levantamento do Sebrae, divulgado neste mês, sete em cada dez MEI tinham outro emprego antes de abrir o próprio negócio. Para aqueles que estão tendo dificuldades financeiras no empreendedorismo, o empréstimo Caixa Tem para MEI pode ser uma solução. 

O crédito SIM Digital, que é o nome oficial do empréstimo, é uma das medidas implantadas pelo programa Renda e Oportunidade, criado pelo Governo Federal com o objetivo de estimular o empreendedorismo popular e a formalização dos pequenos negócios. Ele pode ser contratado por pessoas negativadas. O No Detalhe te explica como funciona!

Publicidade

Publicidade

Como funciona o empréstimo Caixa Tem para MEI?

Empréstimo Caixa Tem para MEI: como funciona o crédito para microempreendedores?
Veja detalhes sobre o Empréstimo Caixa Tem para MEI. (Imagem: Pexels / Divulgação)

O empréstimo Caixa Tem está disponível para pessoa física e jurídica que, até 31 de janeiro de 2022, não tinha empréstimos no mercado financeiro com saldo devedor acima de R$ 3 mil. Neste caso, não são considerados financiamentos imobiliários e limites de crédito bancário não utilizado

Veja os detalhes sobre o crédito:

  • Valor do empréstimo: de R$ 1,5 mil a R$ 3 mil;
  • Taxa de juros: de 1,99% até 3,60% ao mês;
  • Parcelamento: de 18 até 24 meses.

Se o MEI teve o empréstimo negado, isso pode ter acontecido por ele ter dívidas acima de R$3 mil até 31 de janeiro de 2022, não ter atualizado a conta Poupança Social Digital para a Poupança Digital+ pelo app Caixa Tem ou por não ter tido a análise de crédito aprovada pelo aplicativo. 

Publicidade

Publicidade

Caso a análise não tenha sido aprovada, o empreendedor pode atualizar o cadastro e tentar novamente. Alguns fatores que a Caixa leva em conta durante a verificação do perfil do cliente, são o pagamento de contas em dia e o histórico de quitação de empréstimos anteriores. 

Como posso usar o dinheiro do empréstimo Caixa Tem para MEI?

De acordo com a Caixa, o crédito é útil para quem precisa fazer o pagamento de fornecedores, salário de ajudantes/funcionários, contas de água, luz e aluguel, compra de matérias-primas e mercadorias para revenda. Essa é uma forma de manter o negócio funcionando, por meio de um empréstimo com taxas e juros mais baixos.

Como contratar o crédito?

É necessário ter pelo menos 12 meses de atividade como microempreendedor para solicitar o empréstimo. Existem duas orientações diferentes para solicitar a abertura de crédito: uma para os MEIs que já têm Conta Pessoa Jurídica na CAIXA e outra para os que não a possuem. 

MEI possui Conta Pessoa Jurídica na CAIXA:

  1. Procure uma agência da Caixa ou entre em contato com o banco pelo WhatsApp, pelo número 0800 104 0 104 e envie a hashtag #microcreditoPJ para iniciar o atendimento;
  2. Atualize o cadastro com os documentos: Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI), DASN SIMEI do último exercício fiscal encerrado e documentos pessoais (RG, CPF e comprovante de residência);
  3. Aguarde a aprovação de crédito;
  4. Se o crédito for aprovado, contrate o empréstimo Caixa Tem na sua agência.

MEI não possui Conta Pessoa Jurídica na CAIXA:

  1. Acesse o formulário e preencha os dados para que a Caixa entre em contato;
  2. Abra a conta na agência mais próxima com os documentos: Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI), DASN SIMEI do último exercício fiscal encerrado, RG, CPF e comprovante de residência;
  3. Aguarde a aprovação de crédito;
  4. Se o crédito for aprovado, contrate o empréstimo Caixa Tem na sua agência.

Por fim, mas não menos importante, o microempreendedor individual precisa estar com o aplicativo Caixa Tem atualizado na sua última versão. Com o empréstimo contratado, o dinheiro será depositado diretamente na Conta Pessoa Jurídica. As parcelas serão debitadas da mesma conta. 

 

Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário