Governo define prazo para negociar dívidas do FIES. Veja calendários e condições

Governo define prazo para negociar dívidas do FIES (Imagem: Reprodução/Portal Nacional da Educação)
Governo define prazo para negociar dívidas do FIES (Imagem: Reprodução/Portal Nacional da Educação)

O Governo Federal está terminando de regularizar a medida que vai permitir que estudantes possam negociar e renegociar dívidas atrasadas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Prova disso é que o governo já definiu o prazo para as renegociações: do começo de março ao final de agosto de 2022.

Segundo previsões do governo, cerca de 1,3 milhão de estudantes estarão aptos a participar do programa e negociar suas dívidas, conseguindo descontos que podem variar de 12% a 92% do valor total, a depender de algumas condições.

Publicidade

Publicidade

A renegociação das dívidas do FIES deverá ser solicitada através dos aplicativos da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil, a depender do banco que o estudante escolheu na época para o financiamento. Todo o processo, desde a solicitação até a emissão do boleto de pagamento, poderá ser feito por meios digitais, dispensando a visita uma agência.

Quando começam as negociações das dívidas do FIES

As negociações das dívidas do FIES vão começar no dia 7 de março, uma segunda-feira, e vão durar até o dia 31 de agosto, uma quarta-feira.

Recomendamos que você não deixe para dar início às negociações nos últimos dias do programa, pois pode acontecer de você não ter tempo para correr atrás da documentação necessária.

Publicidade

Publicidade

Quais as condições para negociar a dívida do FIES

Governo define prazo para negociar dívidas do FIES (Imagem: Reprodução/Portal Nacional da Educação)
Governo define prazo para negociar dívidas do FIES (Imagem: Reprodução/Portal Nacional da Educação)

Para ter direito à negociação da dívida do Fies, é preciso que o estudante:

  • Tenha contratado o Fundo de Financiamento até 2017;
  • Tenha débitos vencidos e não pagos há mais de 90 dias.

Estudantes com débitos vencidos há mais de 1 ano e que estejam inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) poderão receber um desconto bem maior da dívida do Fies, chegando até mesmo a 92%. Para quem não está inscrito, mas tem dívida superior a 360 dias, o desconto poderá chegar a 86,5%.

Já para quem está com atraso superior a apenas 90 dias, o desconto no pagamento à vista é de 12% do valor principal da dívida. Para quem optar pelo parcelamento, sendo possível dividir o pagamento em até 150 vezes, haverá redução de 100% dos encargos moratórios.

Se você está planejando negociar as dívidas do Fies,, recomendamos que leia esta nossa outra matéria sobre o assunto para tirar todas as suas dúvidas.

Alexandre PeresEditor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação, revisão e editoração de textos para Web.
Veja mais ›
Fechar