Negociar dívida MEI: passo a passo de como fazer

Quer negociar uma dívida MEI que está atrasada? Pois descubra como fazer isso aqui no NoDetalhe e tire todas as suas dúvidas!

Administrar uma empresa não é uma tarefa fácil, e ,com uma pandemia pelo mundo, muita gente teve que segurar as pontas para não fechar e ficar endividado. Infelizmente o faturamento de algumas empresas caem com essa situação, mas as burocracias e cobranças continuam de pé.

E com essas cobranças e a dificuldade na administração por conta do vírus, muitos portadores de MEI ficaram no vermelho com seus pagamentos. O que acaba por despertar a curiosidade de como efetuar o pagamento dessas questões que ficaram para trás.

Publicidade

Publicidade

Como negociar a dívida MEI?

Os microempreendedores tiveram um prazo de até setembro de 2021 para pagar as obrigações. Mas nem todos conseguiram fazer isso, e, para ajudar, um novo prazo foi estabelecido para o dia 25 de fevereiro de 2022.

Como negociar a dívida MEI
Fonte/Reprodução: original

Para efetuar o pagamento, basta seguir os seguintes passos abaixo:

  1. Acesse o portal REGULARIZE e faça o seu cadastro com o CNPJ
  2. Após acessar, clique em negociar dívidas e depois Acesso ao Sistema de Negociações.
  3. Entre em menu Adesão e na opção Transação.
  4. Selecione as inscrições que são do seu interesse e siga todas as etapas que irá informar na tela.
  5. Confirme a opção
  6. Por fim, você poderá gerar o documento para pagamento da primeira parcela caso queira parcelar o valor.

Por que negociar a dívida MEI?

A negociação das suas pendências é muito importante para que o seu negócio continue funcionando. Isso porque, com o CNPJ sujo, você não consegue realizar várias coisas que necessitam para o andamento do seu MEI.

Publicidade

Publicidade

Com o parcelamento, as dívidas deixam de ficar pendentes e o CNPJ fica limpo novamente.

O que acontece ao não pagar o MEI?

Caso você não cumpra com as burocracias, o seu CNPJ pode ser cancelado, o que vai gerar um grande problema como autônomo. E isso faz com que seu nome permaneça sujo e fique com as dívidas pendentes, além de não poder exercer a função que tinha por ter seu MEI suspenso de forma definitiva.

Ficar no verde com suas pendências como um microempreendedor faz com que você consiga aumentar sua empresa e conseguir empréstimos para utilizar como capital de giro quando necessário. Então parcele o quanto antes as burocracias para que não perca de fato o seu CNPJ.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário