Portabilidade de empréstimo: Tudo o que você precisa saber

Flavio Carvalho

24/05/2021

A portabilidade de empréstimo é uma alternativa para quem quer reduzir sua dívida ou ter condições de pagamentos mais flexíveis. Este é o seu caso?

Então, continue a leitura desse guia completo com tudo o que você precisa saber sobre portabilidade de empréstimo!

notas de dinheiro empréstimo

O que é portabilidade de empréstimo?

Trata-se de uma alternativa em que a pessoa que tem empréstimo em uma instituição financeira leva essa dívida para outro banco, normalmente com juros reduzidos em comparação aos originais.

Resumidamente, o contratante acaba pagando menos. Outro benefício da portabilidade é a possibilidade de ter condições de pagamento mais flexíveis, como um maior parcelamento ou datas específicas.

É justamente por isso que a portabilidade de empréstimo costuma ser indicada como uma alternativa para economizar ou mesmo organizar e ter melhor controle sobre suas próprias finanças.

Todas as portabilidades de empréstimos são autorizadas?

Há quem pense que todas as portabilidades de empréstimos são facilmente autorizadas, mas não é assim que funciona, tanto que há uma grande possibilidade de negativa.

O motivo disso é simples: o banco precisa analisar seu perfil de crédito e verificar se compensa financeiramente investir nessa dívida. Caso não compense, a portabilidade não é liberada.

A maior taxa de aprovação está associada ao empréstimo consignado, aquele que tem desconto direto na folha de pagamento, porque o banco tem certeza de recebimento da dívida. Mas, essa alternativa de serviço também pode ser solicitada em demais tipos de empréstimos.

Como fazer a portabilidade de empréstimo?

Há alguns passos e requisitos a serem cumpridos para realizar a portabilidade de empréstimos. Veja, a seguir, quais são eles:

Esteja em dia com os pagamentos

Nenhum banco assumirá um empréstimo de um cliente inadimplente, porque o risco de não receber esse valor é altíssimo. Por isso, a regra principal para tentar a portabilidade é estar com todas as parcelas em dia.

Consulte seu banco sobre a portabilidade

O segundo passo é verificar com o banco em que fez o empréstimo sobre a possibilidade da portabilidade, bem como quais são as condições do contrato, envolvendo multas, juros, formas de pagamento, tarifas adicionais, seguros, entre outros.

De acordo com o Banco Central, toda instituição financeira tem um dia útil para prestar essas informações para o contratante do empréstimo.

Dessa forma, já é possível avisar o banco sobre seu interesse em fazer a portabilidade, o que possibilitará que apresentem uma contraposta, afinal, não querem perder um bom cliente e a oportunidade de ganhar dinheiro.

Além disso, também garantirá que conheça detalhes atualizados do contrato, podendo passar essas informações para outros bancos durante uma cotação para portabilidade do empréstimo.

Compare taxas, simule e peça cotações

Antes de entrar em contato com um determinado banco, compare taxas informadas pelas instituições financeiras, dados que podem ser obtidos em seus sites oficiais.

Se possível simule valores e peça cotações, para ter registrado eventuais valores cobrados pelas instituições financeiras, podendo escolher a que lhe oferece melhor custo-benefício.

Defina o novo banco

Depois de seguir esses passos, defina o novo banco do empréstimo, que deve ser aquele que melhor atenda suas necessidades e orçamento no momento.

Um detalhe importante: de acordo com a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), a instituição financeira original possui um prazo de até cinco dias úteis para apresentar uma contraproposta, contados a partir do registro do pedido.

Se outro banco ofereceu condições mais atrativas, é possível solicitar a portabilidade imediatamente. Neste caso, o contratante deve pedir que o saldo atualizado da dívida seja repassado para o novo banco.

O banco inicial é quem faz todo o processo de portabilidade, comunicando-se com a instituição financeira para a qual a dívida será migrada.

Qual o prazo para a portabilidade de empréstimo?

O prazo para finalização da portabilidade de empréstimo é de 5 a 10 dias úteis e abrange passos como solicitação, análise de crédito e assinatura do novo contrato.

Vale lembrar que esse prazo é o geral, mas pode ser que demore um pouco mais.

Vale a pena fazer a portabilidade de empréstimo?

Sim, a portabilidade de empréstimo compensa, mas somente se encontrar um banco que ofereça melhores condições de pagamento, como taxas reduzidas e formas mais flexíveis.

Para saber se vale a pena é só conferir se o valor e o prazo da nova operação não são superiores aos originais. Caso realmente não sejam, isso significa que você pagará menos com a portabilidade.

Flavio Carvalho
Escrito por

Flavio Carvalho

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.