Não encontrou dinheiro esquecido? Nova rodada de consultas será em Maio

Não encontrou dinheiro esquecido? Nova rodada de consultas será em Maio (Imagem: Reprodução/Pond5)
Não encontrou dinheiro esquecido? Nova rodada de consultas será em Maio (Imagem: Reprodução/Pond5)

Na última segunda-feira (14), o Banco Central (BC) voltou a liberar a consulta a dinheiro esquecido nos bancos. Enquanto muitos brasileiros ficaram felizes por acharem uma graninha extra esquecida no banco, que poderão sacar ao longo de março, outros se decepcionaram por não encontrar nenhum dinheiro esquecido.

Se esse foi o seu caso, ainda há uma luz no fim do túnel. Isso porque o BC vai fazer mais uma rodada de consultas em maio de 2022. Confira esta matéria do No Detalhe, descubra como vai funcionar e tire suas dúvidas!

Publicidade

Publicidade

Nenhum valor encontrado na consulta de dinheiro esquecido

Se você recebeu a mensagem de que não há nenhum valor encontrado na consulta de dinheiro esquecido, isso não significa necessariamente que você não tem nenhum saldo residual em bancos.

A consulta ao dinheiro esquecido em bancos foi dividida pelo Banco Central em duas etapas. Na primeira, que está atualmente em vigor, há cerca de R$ 3,9 bilhões que poderão ser sacados por cerca de 28 milhões de brasileiros, incluindo pessoas físicas e pessoas jurídicas.

O dinheiro dessa primeira etapa originou-se das seguintes fontes:

Publicidade

Publicidade

  • Contas-correntes ou contas-poupanças que foram encerradas ainda com dinheiro a ser sacado;
  • Cobranças indevidas de tarifas ou de obrigações de crédito (previstas em termo de compromisso);
  • Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de associados de cooperativas de crédito;
  • Grupos de consórcio que acabaram extintos.

Se você não se aplica a nenhum dos cenários acima, obviamente não terá dinheiro residual para resgatar. Porém, nem tudo está perdido, pois em maio o Banco Central vai expandir a lista nos meses seguintes, liberando mais R$ 4, 1 bilhões.

Nova rodada será liberada em Meio — entenda!

Não encontrou dinheiro esquecido? Nova rodada de consultas será em Maio (Imagem: Reprodução/Pond5)
Não encontrou dinheiro esquecido? Nova rodada de consultas será em Maio (Imagem: Reprodução/Pond5)

Em maio acontece a segunda etapa da consulta e do resgate de dinheiro esquecido em bancos. Nessa nova etapa, mais R$ 4,1 bilhões serão devolvidos a brasileiros. O dinheiro partirá das seguintes fontes:

  • Cobranças indevidas de tarifas ou de obrigações de crédito (não previstas em termos de compromisso);
  • Contas de pagamento pré-paga e pós-paga que foram encerradas com saldo ainda disponível;
  • Contas encerradas em corretoras e distribuidoras de títulos e de valores mobiliários;
  • Outras situações que resultem em valores a serem devolvidos reconhecidas por instituições financeiras.

Portanto, caso você não tenha sido contemplado na primeira fase, há grandes chances de você ser contemplado nessa segunda.

Cuidado com os golpes aplicados em quem está consultando dinheiro esquecido

Porém, se você está correndo atrás de consultar ou resgatar o dinheiro que foi esquecido em bancos, é preciso tomar alguns cuidados. Isso porque o Banco Central já prevê alguns possíveis golpes dos quais os brasileiros poderão ser vítimas.

No caso, um dos golpes mais comuns certamente envolverá golpistas entrando em contato com a população, passando-se por um representante de banco e informando a vítima de que há dinheiro a ser sacado. Porém, nesse meio tempo, o golpista pedirá informações pessoais, como documentos, e detalhes a respeito da conta do cliente. Depois, ele poderá usar essas informações para invadir a conta bancária da vítima ou aplicar futuramente outros golpes.

Para evitar esse tipo de situação, recomendamos que leia esta outra matéria do No Detalhe com dicas de como fugir dos golpes envolvendo o resgate de dinheiro esquecido em bancos.

Publicidade

Publicidade

Gostou dessa matéria? Pois aproveite e confira também:
PIS 2022: pagamento liberado hoje (15) para beneficiários nascidos em março!

Alexandre PeresEditor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação, revisão e editoração de textos para Web.
Veja mais ›
Fechar