Saque com PIX em lojas começa a valer hoje. Entenda como vai funcionar

Saque com PIX em lojas começa a valer hoje. Como vai funcionar

A partir de hoje (29/11), você poderá sacar até R$ 500,00 em dinheiro com o Pix em lojas, sem necessidade de cartão ou de ir a uma agência de seu banco.

Isso é possível por meio de dois serviços novos que entram em vigor hoje, o Pix Saque e o Pix Troco. Aqui, você confere como cada um deles vai funcionar!

Publicidade

Publicidade

Saque com PIX em lojas começa a valer hoje. Como vai funcionar

Pix Saque e Pix Troco: para que servem?

Os dois recursos do Pix têm como finalidade o saque de dinheiro em espécie em diferentes pontos, inclusive em lojas, evitando que o consumidor fique tão dependente de agências bancárias e caixas eletrônicos 24 horas.

A proposta é aumentar a competição no mercado e ampliar os serviços de saque. Além disso, o Banco Central diz que os novos recursos visam estimular a inovação no mercado, criando novas possibilidades de negócios para bancos e comerciantes.

Como o Pix Saque e Pix Troco vão funcionar?

Ambos os serviços têm funcionamento simples! Tanto no Pix Saque como no Pix Troco, o usuário deve fazer um pagamento como faz hoje, encaminhando o dinheiro para a conta da loja em que deseja sacar. Ao receber o Pix, o comerciante entrega o dinheiro ao cliente. Veja detalhes:

Publicidade

Publicidade

Pix Saque

No Pix Saque, o usuário vai a uma loja (qualquer uma que disponibilize o serviço) e faz um Pix para a conta do estabelecimento, sem realizar compras no local.

Depois da confirmação da transação, o estabelecimento comercial entrega o valor do Pix para o usuário do serviço, que consegue sacar o dinheiro em espécie.

Pix Troco

O Pix Troco envolve a realização de uma compra no estabelecimento com retirada de dinheiro em espécie. Suponha que vá a um supermercado, faça uma compra de R$ 100,00 e queira sacar R$ 50,00.

Neste caso, você faz um Pix para a conta do estabelecimento no valor de R$ 150,00. Então, o funcionário no caixa lhe entrega os R$ 50,00 ao finalizar a compra.

Quais tipos de chave os serviços aceitam?

Um detalhe importante sobre o Pix Saque e o Pix Troco é que não são todos os tipos de chave que os estabelecimentos aceitam. As lojas precisarão disponibilizar a chave QR Code!

Para Pix Saque, há a possibilidade de usar transações por QR Code estático ou dinâmico. Já para Pix Troco, só o QR Code dinâmico será aceito. A diferença entre eles é que o estático pode ser utilizado para fazer vários pagamentos de um mesmo valor, já o dinâmico tem validade para somente uma transação.

Pix Saque e Pix Troco: onde estarão disponíveis?

Publicidade

Publicidade

Os dois serviços estarão disponíveis em estabelecimentos comerciais e caixas eletrônicos que optarem por disponibilizar esses recursos. Mas, a adesão não é obrigatória, o estabelecimento pode decidir se deseja oferecer a opção de saque ou troco.

Dessa forma, o usuário do Pix consegue verificar quem disponibiliza os serviços no site do Banco Central. Além disso, também é possível verificar informações adicionais sobre a prestação do serviço, como dias e horários para saque.

Qual o limite para Pix Saque e Pix Troco?

De acordo com o Banco Central, o limite para ambas as operações é de R$ 500,00 no período diurno (das 6h às 20h) e de R$ 100,00 para o período noturno.

No entanto, os estabelecimentos participantes podem definir limites adicionais, desde que respeitem o valor máximo definido pelo Banco Central. Na prática, isso significa que se o estabelecimento quiser limitar o saque a R$ 300,00, ele pode sem problema algum.

É possível cancelar o Pix Saque e o Pix Troco?

Publicidade

Conforme o governo, o cancelamento e devolução do valor, seja total ou parcial, só ocorrerá em dois casos:

Publicidade

  • Primeiramente, quando houver erro na transação provocado pelo prestador de serviço;
  • Desacordo entre as partes antes da entrega do dinheiro em espécie, mas o usuário deve manifestar imediatamente o pedido de devolução.

Quem pode usar os serviços de saque?

Todas as pessoas físicas que utilizem o Pix podem usar os serviços. Eles também estão disponíveis para pessoas jurídicas, mas isso vai depender de acordos das empresas com bancos, processadoras de cartões e operadoras de maquininhas.

O que o comerciante ganha ao disponibilizar os serviços?

De acordo com o Banco Central, o comerciante que oferece o Pix Troco e Pix Saque receberá uma remuneração pela transação, valor que pode variar de R$ 0,25 a R$ 0,95. Mas, o estabelecimento não pode cobrar tarifa diretamente do usuário para retirada de dinheiro.

Flavio CarvalhoGestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
Veja mais ›
Fechar