Caixa libera crédito de até R$ 100 mil. Negativados podem solicitar

Na modalidade de crédito Penhor Caixa, que também está disponível para negativados, é possível oferecer bens como garantia de pagamento.

A Caixa Econômica Federal tem uma linha de crédito disponível até mesmo para consumidores negativados em serviços de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.

Na modalidade “Penhor Caixa”, é possível conseguir crédito de R$ 100 mil, mas para isso é preciso colocar um bem como garantia do empréstimo. Segundo o banco, os limites de crédito podem chegar a até 100% do valor da garantia para clientes Caixa.

Publicidade

Publicidade

Além disso, outra forma de consumidores negativados conseguirem empréstimo na Caixa é oferecendo o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como garantia. A seguir, veja como funcionam estas modalidades de crédito da Caixa.

Crédito de até R$ 100 mil na Caixa para negativados
Na modalidade de crédito Penhor Caixa, clientes podem oferecer bens como garantia. Foto: Valor

Veja também: 3 modalidades de empréstimo para negativados

Como conseguir crédito pelo Penhor Caixa?

No caso desta modalidade de crédito, basta ir até uma agência Caixa com Penhor disponível e levar os bens que pretende empenhar e os seguintes documentos: RG, CPF em situação regular e comprovante de residência.

Publicidade

Publicidade

Para saber quais agências onde encontrar uma agência com Penhor, basta acessar o site da Caixa, escolher essa opção no menu “Tipo de Atendimento”, e informar o seu Estado e Cidade antes de clicar em “Buscar”.

Entre os bens que você pode empenhar para conseguir um empréstimo da Caixa estão joias, canetas ou relógios de valor e metais preciosos.

Um funcionário da Caixa irá avaliar os bens na hora, e os itens ficarão com o banco até que o empréstimo seja quitado. Mas é muito importante manter o pagamento das parcelas, senão a Caixa realizará um leilão com os bens penhorados.

Empréstimo com o FGTS como garantia

Outra modalidade de crédito da Caixa disponível para negativados é a de empréstimo consignado em que o saldo FGTS pode ser usado como garantia de pagamento.

Nesse caso, o trabalhador pode utilizar de 10% a 40% do saldo em conta como garantia, dependendo da sua situação. Mas em caso de inadimplência, o banco pode resgatar o valor negociado.

Para ter acesso a um empréstimo nessa modalidade, é preciso procurar o RH ou Departamento Pessoal da sua empresa para saber se ela tem convênio com o banco.

Jornalista, ator profissional licenciado pelo SATED/PR e ex-repórter do Jornal O Repórter. Ligado em questões políticas e sociais, busca na arte e na comunicação maneiras de lidar com o incômodo mundo fora da caverna.
FacebookLinkedinTwitterYoutube

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário