Cartão Comida Boa: nova etapa começou ontem (28) e cerca de 61,5 mil pessoas vão passar a receber o benefício

Começou ontem (28) a nova etapa do Cartão Comida Boa, programa que auxilia famílias na compra de alimentos e itens de necessidades básicas.

O Cartão Comida Boa é uma programa de transferência de renda do Governo do Estado do Paraná. Acima de 61 mil novos cadastrados no programa Cartão Comida Boa começam a receber os vales a partir desta segunda-feira (28) em todo o Estado do Paraná.

Esse é um programa do governo do Estado em que há transferência de R$ 80 mensais por família para a compra de alimentos e itens de necessidade básica.

Publicidade

Publicidade

Nesta matéria do NoDetalhe, você fica sabendo o que é o Cartão Comida Boa e fica por dentro de detalhes a respeito da nova etapa do Cartão Comida Boa, que começa hoje, e sabe quem pode participar do programa. Confira!

O que é o Cartão Comida Boa?

Cartão Comida Boa: nova etapa começou ontem (28) e cerca de 61,5 mil pessoas vão passar a receber o benefício
Começou ontem (28) a nova etapa do Cartão Comida Boa, programa que auxilia famílias na compra de alimentos e itens de necessidades básicas. (Imagem: Reprodução/Internet)

Criado durante a pandemia do Covid-19, o Cartão Comida Boa é um programa criado pelo Governo do Paraná que acabou se tornando permanente através da lei estadual Nº 20.747.

Trata-se de um benefício voltado a atender famílias em situação de pobreza (tendo renda familiar mensal, per capita, entre R$ 100 e R$ 200) ou em situação de extrema pobreza (tendo renda familiar mensal, per capita, de até R$ 100), que não são atendidas pelo Auxílio Brasil, oferecido pelo governo federal.

Publicidade

Publicidade

Nesta nova etapa do programa, 61.491 pessoas novas foram cadastradas no programa, tendo entrado no lugar de famílias que por sua vez aderiram ao Auxílio Brasil, de acordo com o governo do Estado do Paraná.

O valor pago pelo benefício pode ser utilizado pelas famílias de baixa renda em estabelecimentos que sejam conveniados da gestão. No dia 25 de cada mês, o beneficiário terá uma recarga no valor de R$ 80,00 no cartão magnético concedido pelo programa.

O objetivo principal do Cartão Comida Boa é contribuir para a erradicação da pobreza, garantir segurança alimentar e redução da desigualdade social no Estado do Paraná. O investimento total já ultrapassa a marca de R$ 21,5 milhões, até o momento.

Nova etapa do Cartão Comida Boa começou ontem (28)

Desde esta segunda-feira (28), estão sendo pagos os valores do benefícios às famílias que estão inclusas no programa. Em conformidade com o governo do estado do Paraná, há um total de 61.491 novas pessoas foram cadastradas no programa que presta socorro alimentar à população que se encontra em situação de pobreza e extrema pobreza.

Quem pode participar do Cartão Comida Boa?

Quem precisar do benefício, preenchendo os requisitos que comentamos anteriormente, deve realizar a retirada do cartão junto aos órgãos de assistência social do município em que reside.

A atualização da lista do benefício acontece a cada três meses e a seleção dos beneficiários do programa se baseia no CadÚnico.

Publicidade

Publicidade

Os critérios para se tornar beneficiário do programa do governo estadual conhecido como Cartão Comida Boa são:

  • Cadastro devidamente atualizado dentro das regras federais;
  • Não ser beneficiário do Auxílio Brasil;
  • Possuir renda família per capita mensal inferior ou igual a R$ 200,00* (duzentos reais). * Renda definida pelo decreto federal 10.852/21;
  • Ser o Responsável Legal com CPF válido, devidamente identificados no CadÚnico.

Devo me cadastrar para participar?

Como comentamos anteriormente, a seleção de famílias de baixa renda se dá por meio da análise da base do Cadastro Único para Programas Sociais. A Folha de Pagamentos do Programa Auxílio Brasil também é levada em conta nesse processo.

Ou seja, a seleção ocorre de maneira automática, não sendo necessária inscrição para o benefício, especificamente. O que o interessado deve fazer, se tiver a intenção de receber o benefício, é se atentar aos dados constantes no  Cadastro Único e verificar, a cada 90 dias, se se insere nos critérios para receber o benefício.

Veja também: Empréstimo Caixa Tem para negativados já disponível: passo a passo de como contratar

Redatora WebGo Content e bacharelanda em Comunicação Organizacional na UTFPR. Fã de café à meia noite e amante de fotografia de paisagens naturais.
Linkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário