Como devolver dinheiro pelo PIX – função será liberada em novembro de 2021

O BC (Banco Central) aprovou a criação de uma nova função para o PIX. Trata-se do Mecanismo Especial de Devolução, que entra em operação no dia 16 de novembro de 2021, quando o PIX completará um ano de funcionamento.

Veja, aqui, como funcionará esse recurso de devolver dinheiro, entre outras informações importantes sobre o PIX!

Publicidade

Publicidade

PIX

O que é o PIX?

Trata-se de um sistema de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central, funcionando como uma alternativa ao TED, DOC e cartões.

O PIX possibilita a transferência de valores em até 10 segundos, usando somente aplicativos de celular de bancos cadastrados ao sistema de pagamento.

O PIX é cobrado?

O serviço é gratuito quando feito por pessoa física, por aplicativo do banco em que possui conta. Caso queira fazer pessoalmente numa agência bancária, a instituição financeira pode cobrar uma taxa.

Publicidade

Publicidade

Além disso, o serviço também pode ser cobrado de pessoas jurídicas, seja no envio ou no recebimento de valores. A taxa varia de acordo com as instituições financeiras.

Nova função de devolução de PIX: como funciona?

Curiosamente, o PIX já tem uma função de devolver dinheiro, que permite que o usuário restitua total ou parcialmente o valor que recebeu.

Mas, as regras atuais são bastante limitadas, o que torna o processo de devolução lento e insatisfatório para o cliente, principalmente em casos de fraude ou falha operacional.

A nova função de devolução de dinheiro chega para contornar esse problema e dar celeridade à solução. O Mecanismo Especial de Devolução possibilita que o banco inicie o processo de restituição, desde que comunique ao usuário a realização do débito em sua conta.

Além disso, a transação de devolução precisa constar no extrato de movimentações, para tornar o processo ainda mais transparente para os usuários.

As informações sobre como utilizar o serviço ainda não foram divulgadas, mas a previsão é de que isso ocorra antes do lançamento oficial do Mecanismo Especial de Devolução, o que está programado para acontecer em 16 de novembro.

Como devolver dinheiro pelo PIX

Publicidade

Publicidade

Quer utilizar a função de devolver dinheiro atual do PIX, enquanto o novo mecanismo não é lançado? Abaixo, preparamos um passo a passo para utilizar essa função:

  1. Abra o aplicativo do banco e localize em seu extrato o pagamento / transferência que deseja devolver;
  2. Toque na transação para abrir opções de serviços;
  3. Selecione “devolver” ou “reembolso”;
  4. Informe se deseja devolver o valor total ou parcial, digitando quanto, especificamente;
  5. Conclua a devolução;
  6. Confira o recibo da transação. Se quiser, dá para compartilhá-lo com seu contato.

Recursos do PIX

O PIX possui outros recursos além do de devolução do dinheiro. A seguir, indicamos os principais e mais utilizados pelos usuários do sistema. Conheça:

Cadastro de chave

O cadastro permite a realização de transferências entre contas e pagamentos informando um dado, a chave PIX. Neste caso, não há necessidade de informar agência, conta e número do banco, simplificando todo o processo.

Essa chave pode ser o CPF, CNPJ, e-mail, número de telefone, chave aleatória ou QR Code. Para cadastrá-la é simples, basta acessar o aplicativo de seu banco, selecionar o serviço PIX e selecionar o tipo de chave que deseja cadastrar.

Alteração de limite

Publicidade

Instituições financeiras podem estabelecer um limite máximo de transferência para realização do PIX. Esse limite varia de acordo com o perfil do cliente, horário e dia da semana em que realiza a transação.

Publicidade

De acordo com o Banco Central, todo banco precisa disponibilizar o recurso de alteração do limite da transação dentro de seu app. Se o cliente quiser reduzir o limite, a instituição financeira deve acatar a solicitação imediatamente.

Caso queira aumentar o limite, o banco pode demorar algumas horas para liberar o novo valor, porque precisa fazer uma análise para evitar fraudes e golpes.

Como fazer transações via PIX

É fácil fazer transações via PIX, pagamentos ou transferências, basta acessar o aplicativo de seu banco, informar a chave associada à conta que receberá o valor, digitar o total da transação, conferir se as informações estão corretas e finalizar o processo.

Publicidade

Publicidade

Algumas empresas que utilizam o PIX para pagamento usam o QR Code como meio de recebimento. Neste caso, basta capturar a imagem do QR Code com a câmera de seu celular.

Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.
FacebookLinkedinTwitter

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário