Compra de ações da Eletrobras com FGTS termina nesta quarta-feira (8)

A autorização da compra de ações da Eletrobras com FGTS é feita pelo aplicativo do Fundo de Garantia. Veja como fazer isso em 10 passos.

Os trabalhadores com carteira assinada têm até amanhã, 8 de junho, às 12h, para comprar ações da Eletrobras com FGTS, se tiverem interesse. É possível utilizar até 50% do saldo disponível das contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, estejam elas ativas ou inativas. O valor mínimo de investimento é R$200.

Os valores que estiverem bloqueados na conta do FGTS, como a garantia de operações de crédito com antecipação do Saque-Aniversário, não estarão disponíveis para compra de ações da Eletrobras.

Publicidade

Publicidade

Neste momento, não é feita a compra, de fato, dos títulos, mas sim a demonstração de interesse e autorização da administradora a fazer isso. O valor das ações também não foi divulgado. Isso só será realizado a partir do dia 9 de junho.

Cerca de R$ 6 bilhões foram destinados para a venda de ações da Eletrobras com FGTS.

Como autorizar a compra de ações da Eletrobras com FGTS?

Compra de ações da Eletrobras com FGTS termina nesta quarta-feira (8)
Veja como autorizar a compra de ações da Eletrobras com FGTS sem sair de casa. (Imagem: Pexels / Divulgação)

Os interessados em comprar ações da Eletrobras com FGTS precisam fazer duas ações, de acordo com a Caixa:

Publicidade

Publicidade

  • Autorizar a Administradora de escolha do trabalhador a consultar o saldo do FGTS;
  • Realizar a aplicação do saldo do FGTS em um Fundo Mútuo de Privatização, chamado FMP-ELET.

Veja como fazer isso detalhadamente:

  1. Baixar o App FGTS nas lojas Google Play Store ou Apple Store;
  2. Realizar o login;
  3. Clicar na opção “Autorizar bancos a consultarem seu FGTS”;
  4. Na tela de autorização para consulta às informações do FGTS, clique na opção “Aplicação nos Fundos Mútuos de Privatização FGTS”;
  5. Clique em “FMP Eletrobras” e depois em “continuar”;
  6. Clique em “Visualizar termo”;
  7. Leia atentamente as informações, marque “li e aceito os termos e condições” e depois clique em “continuar”;
  8. Digite o nome da Administradora FMP-FGTS escolhida. Elas podem ser: CAIXA, Banco do Brasil, Bradesco, BTG Pactual, Daycoval, Genial Investimento, Itaú, Safra, Santander e XP Investimento;
  9. Autorize clicando na opção “Sim” e confira a Instituição selecionada;
  10. A autorização está feita, mas ainda é possível alterar ou cancelar a autorização, a qualquer momento, até a efetivação da reserva.

Depois da autorização, o trabalhador deve procurar a instituição Administradora escolhida para solicitar a aplicação do saldo do FGTS. A instituição selecionada é responsável pela aplicação do valor disponível nas contas do FGTS.

Quando é válido comprar ações da Eletrobras com FGTS?

Assim como a aplicação em qualquer investimento, a compra de ações da Eletrobras com FGTS também precisa de cautela e de um pensamento estratégico financeiramente. É necessário refletir se vale a pena trocar um dinheiro seguro, em caso de demissão sem justa causa, por um título mais arriscado na Bolsa de Valores.

Um ponto importante que deve ser analisado em relação ao tema é que ao sair desse fundo conservador, que é o FGTS, e transferir para Ações, se toma a decisão de empreender e não investir. Trata-se de uma opção de ganho variável e de risco. A Ação poderá valorizar ou desvalorizar e nesse último caso fazer com que o trabalhador perca dinheiro”, explica Reinaldo Domingos, presidente da Associação Brasileira de Profissionais de Educação Financeira (Abefins). 

O especialista ressalta que o dinheiro investido nas ações não pode ser resgatado facilmente se o trabalhador for demitido e que a melhor opção seria se o Governo Federal possibilitasse a transferência de parte do FGTS para fundos do Tesouro Direto, por exemplo, que é um investimento mais seguro. 

Privatização da Eletrobras

O Governo Federal espera que o processo de privatização da Eletrobras seja finalizado até a próxima terça-feira, dia 14 de junho. O projeto de lei que permite a desestatização foi sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro no ano passado.

De acordo com o Governo Federal, a proposta tem como objetivo aumentar a capacidade de investimentos da empresa em geração e transmissão de energia elétrica no país.

Publicidade

Publicidade

O modelo utilizado para a desestatização é chamado de capitalização. Com ele, a União deixa de controlar a Eletrobras, mas ainda tem uma grande porcentagem das ações, de até 45%. Dessa forma, ela divide a responsabilidade da empresa com acionistas da iniciativa privada.

Formada em Jornalismo pela PUCPR. Atualmente está cursando Pós Graduação em Questão Social e Direitos Humanos na mesma instituição de ensino. Tem paixão por informar as pessoas e acredita que a comunicação é uma ferramenta que pode mudar o mundo!
FacebookLinkedin

Participe dos nossos grupos

WhatsappWhatsApp

Entre no Grupo e receba as notícias do dia

TelegramTelegram

Entre no Canal e receba as notícias do dia

FacebookFacebook

Curta nossa Página e receba as notícias do dia

Deixe seu comentário